Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Agronomy
País:  Brazil
Título:  Análise físico-química, microbiológica e sensorial de brotos de lentilha da variedade PRECOZ - DOI: 10.4025/actasciagron.v31i4.317
Physicochemical, microbiological and sensory analysis of lentil sprouts, Precoz variety - DOI: 10.4025/actasciagron.v31i4.317
Autores:  Loures, Neoraldo Thadeu Pacheco; UNIOESTE - Cascavel
Nóbrega, Lúcia Helena Pereira; UNIOESTE - Cascavel
Coelho, Silvia Renata Machado; UNIOESTE - Cascavel
Data:  2009-08-28
Ano:  2009
Palavras-chave:  5.01.03.04-0 Produção de Mudas sementes germinadas
Análise sensorial
Broto alimentício germinated seeds
Sensory analysis
Sprout
Resumo:  Avaliou-se a variedade precoce de lentilha (Lens esculenta), PRECOZ, desenvolvida e cultivada na Argentina, para uso como broto alimentício, em caixa térmica de poliuretano com dreno lateral para escoamento da água, com ausência de luz e temperatura controlada. A porcentagem de germinação era de 86% e iniciou-se a partir do segundo dia após a embebição, com desenvolvimento dos brotos até o sexto dia. Após 48h, para aumentar a síntese de etileno e melhorar a qualidade dos brotos produzidos, para criar estresse fisiológico, foram usados pesos sobre os brotos, os quais também foram submetidos a provas microbiológicas, cujos valores foram maiores que 1,1 x 104 NMP g-1 para coliformes fecais e com acidez de 2,64% e pH de 5,48 (pouco ácido). Não houve crescimento de Salmonella e, para Escherichia coli, os níveis foram inferiores a 10 UFC g-1. Em 100 g de brotos, foram encontrados 54,34 g de carboidratos, 6,24 g de fibra bruta e 25,56 g de proteínas. Testes sensoriais foram realizados em comparação com brotos de alfafa e feijão, com provadores não-treinados. A aceitabilidade foi de 73,3%, com apenas 13,3% de rejeição e 13,3% de indiferença, valores inferiores aos do feijão, com 96,7% de aceitação e 3,3% de rejeição, e alfafa, com 83,3% de aceitação e 10,00% de rejeição. Pela baixa rejeição e indiferença, é possível sugerir que a variedade de lentilha em estudo pode ser utilizada para produzir brotos alimentícios, como complemento nutricional na dieta alimentar.

This trial aimed to evaluate a precocious variety of lentil (Lens esculenta), developed and grown in Argentina, named PRECOZ, to be used for sprout production, using a thermal polyurethane box with a lateral drain to allow the water to flow off. The process was carried out in darkness at room-controlled temperature. Germination began in the second day after the imbibing practice, while sprouts development came on until the sixth day, with 86% germination percentage. Eight days after sowing, weights were put on sprouts to create a physiological stress as well as to increase ethylene synthesis and improve the quality of produced sprouts. They were also submitted to microbiological tests, whose values were superior to 1.1 x 104 NMP g-1 for fecal coliforms, with acidity of 2.64% and a pH of 5.48, with low acidity. There was no growth of Salmonella or Escherichia coli, once the levels were lower than 10 UFC g-1. The physiochemical analyses, in 100 grams of sprouts, presented 54.34 g of carbohydrates; 6.24 g of crude fiber and 25.56 g of protein. Non-trained taster persons were submitted to sensory tests in order to compare, according to palatability, which was more acceptable – sprouts of alfalfa or beans. The acceptability of lentils was 73.3%, with only 13.3% of rejection and 13.3% of indifference; these results were inferior to beans, which had 96.7% of acceptability and 3.3% of rejection, as well as alfalfa, which had 83.3% of acceptability and 10.00% of rejection. According to the low rejection and indifference, it is possible to suggest that the studied variety of lentil can be used in the production of sprouts, as a nutritional nourishing complement.
Idioma:  Português
Identificador:  http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/317

10.4025/actasciagron.v31i4.317
Editor:  Universidade Estadual de Maringá
Formato:  application/pdf
Fonte:  Acta Scientiarum. Agronomy; v. 31, n. 4 (2009); 599-606

Acta Scientiarum. Agronomy; v. 31, n. 4 (2009); 599-606
Direitos:  DECLARATION OF ORIGINALITY AND CESSATION OF COPYRIGHTI Declare that current article is original and has not been submitted for publication, in part or in whole, to any other national or international journal. I also declare that once published in the Acta Scientiarum. Agronomy, a publication of the Universidade Estadual de Maringá, it will not be submitted by me or by any co-author to any other scientific communication mean. In my name and in the name of co-authors, I shall cede the copyright of the above mentioned article to the Universidade Estadual de Maringá and I declare that I know that the non-observance of this norm may make me liable for the penalties contemplated in the Law for the Protection of Authors’ Rights (Act 9609 of the 19th February 1998).

DECLARACIÓN DE ORIGINALIDAD Y CESIÓN DE DERECHOS DE AUTOR Declaro que el presente artículo es original, no fue sometido a la publicación en cualquier otro periódico nacional o internacional, sea en parte o en su totalidad. Declaro, aun, que una vez publicado en la revista Acta Scientiarum. Agronomy, editado por la Universidad Estadual de Maringá, éste jamás será sometido por mí o por cualquier uno de los demás coautores a cualquier otro periódico. A través de este instrumento, en mi nombre y en nombre de los demás coautores, por ventura existentes, cedo los derechos de autor del referido artículo a la Universidad Estadual de Maringá y declaro estar informado de que la no observancia de este compromiso someterá al infractor las sanciones y penas previstas en la Ley de Protección de Derechos de Autor (Nº9609, de 19/02/98).

DECLARAÇÃO DE ORIGINALIDADE E CESSÃO DE DIREITOS AUTORAISDeclaro que o presente artigo é original, não tendo sido submetido à publicação em qualquer outro periódico nacional ou internacional, quer seja em parte ou em sua totalidade. Declaro, ainda, que uma vez publicado na revista Acta Scientiarum. Agronomy, editada pela Universidade Estadual de Maringá, o mesmo jamais será submetido por mim ou por qualquer um dos demais co-autores a qualquer outro meio de divulgação científica. Através deste instrumento, em meu nome e em nome dos demais co-autores, porventura existentes, cedo os direitos autorais do referido artigo à Universidade Estadual de Maringá e declaro estar ciente de que a não observância deste compromisso submeterá o infrator a sanções e penas previstas na Lei de Proteção de Direitos Autorias (Nº9609, de 19/02/98).
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional