Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Agronomy
País:  Brazil
Título:  Multiplicação in vitro de porta-enxerto de videira em variações do meio MS - DOI: 10.4025/actasciagron.v28i3.954
In vitro multiplication of rootstock grapevine in variations of culture media - DOI: 10.4025/actasciagron.v28i3.954
Autores:  Villa, Fabíola; UFLA
Pasqual, Moacir; UFLA
Pio, Leila Aparecida Salles; UFLA
Assis, Francinely Aparecida; UFLA
Data:  2006-02-10
Ano:  2006
Palavras-chave:  5.01.03.00-8 Fitotecnia Vitis sp.
Micropropagação
Meio de cultura MS 5.01.03.00-8 Fitotecnia
Resumo:  A micropropagação da videira pode gerar plantas livres de vírus e em curto espaço de tempo. Com o objetivo de aprimorar técnicas de propagação in vitro, testaram-se concentrações de meio de cultura MS e de sacarose. Gemas axilares com 2,0 cm, de plântulas preestabelecidas in vitro do porta-enxerto de videira 043-43, foram excisadas em condições assépticas e introduzidas em tubos de ensaio com cinco concentrações de MS (0, 50, 100, 150 e 200%) e cinco diferentes concentrações de sacarose (0, 15, 30, 45 e 60 g L-1), em todas as combinações possíveis. O pH foi ajustado para 5,8 antes da adição de 6,0 g L-1 de ágar e da autoclavagem a 121ºC e 1 atm por 20 minutos. Após a inoculação, os explantes foram mantidos por 60 dias, em sala de crescimento com temperatura de 25 ± 1ºC, irradiância de 32 μmol.m–2.s–1 e fotoperíodo de 16 horas diárias. O delineamento experimental foi inteiramente casualisado, em esquema fatorial (5x5), utilizando-se de quatro repetições com 12 plântulas por tratamento. Foram avaliados os números de folhas, número de raízes por planta, comprimento da parte aérea e peso da biomassa. Há influência da concentração do meio MS e da sacarose sobre o crescimento e desenvolvimento, tanto da parte aérea quanto do sistema radicular do porta-enxerto de videira 043-43. Para a micropropagação do porta-enxerto de videira, melhores resultados são obtidos com o uso do meio MS até na sua concentração original, suplementado com 15-30 g L-1 de sacarose.

The grapevine micropropagation can generate virus-free plants and in short time period. Aiming at improving in vitro propagation techniques, concentrations of MS culture medium and sucrose were tested. Axillary buds (2.0 cm length) of ‘043-43’ rootstocks maintained in vitro were excisaded in aseptic conditions and inoculated in tubes with five concentrations of MS culture medium (0, 50, 100, 150 and 200%) and five different sucrose concentrations (0, 15, 30, 45 and 60 g L-1), in all possible combinations. The pH was adjusted for 5.8 before the addition of 6.0 g L-1 agar and sterilization to 121ºC and 1 atm for 20 minutes. After inoculation, the explants were maintained for 60 days, in growth room with temperature of 25 ± 1ºC, irradiance of 32 mol.m-2.s-1 and photoperiod of 16 hours. The experiment was arranged in a completely randomized design, in a 5x5 factorial scheme, using four repetitions with 12 plants per treatment. The numbers of leaves, number of roots per plant, length of the aerial part and fresh weigh of the aerial part were evaluated. There is influence of the concentration of the culture medium and the sucrose on the growth and development of the aerial part and the roots of grapevine ‘043-43’ rootstock. For the grapevine rootstock micropropagation, better results are obtained with the MS culture medium in its original concentration, supplemented with 15- 30 g L-1 of sucrose.
Idioma:  Português
Identificador:  http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/954

10.4025/actasciagron.v28i3.954
Editor:  Universidade Estadual de Maringá
Formato:  application/pdf
Fonte:  Acta Scientiarum. Agronomy; v. 28, n. 3 (2006); 345-349

Acta Scientiarum. Agronomy; v. 28, n. 3 (2006); 345-349
Direitos:  DECLARATION OF ORIGINALITY AND CESSATION OF COPYRIGHTI Declare that current article is original and has not been submitted for publication, in part or in whole, to any other national or international journal. I also declare that once published in the Acta Scientiarum. Agronomy, a publication of the Universidade Estadual de Maringá, it will not be submitted by me or by any co-author to any other scientific communication mean. In my name and in the name of co-authors, I shall cede the copyright of the above mentioned article to the Universidade Estadual de Maringá and I declare that I know that the non-observance of this norm may make me liable for the penalties contemplated in the Law for the Protection of Authors’ Rights (Act 9609 of the 19th February 1998).

DECLARACIÓN DE ORIGINALIDAD Y CESIÓN DE DERECHOS DE AUTOR Declaro que el presente artículo es original, no fue sometido a la publicación en cualquier otro periódico nacional o internacional, sea en parte o en su totalidad. Declaro, aun, que una vez publicado en la revista Acta Scientiarum. Agronomy, editado por la Universidad Estadual de Maringá, éste jamás será sometido por mí o por cualquier uno de los demás coautores a cualquier otro periódico. A través de este instrumento, en mi nombre y en nombre de los demás coautores, por ventura existentes, cedo los derechos de autor del referido artículo a la Universidad Estadual de Maringá y declaro estar informado de que la no observancia de este compromiso someterá al infractor las sanciones y penas previstas en la Ley de Protección de Derechos de Autor (Nº9609, de 19/02/98).

DECLARAÇÃO DE ORIGINALIDADE E CESSÃO DE DIREITOS AUTORAISDeclaro que o presente artigo é original, não tendo sido submetido à publicação em qualquer outro periódico nacional ou internacional, quer seja em parte ou em sua totalidade. Declaro, ainda, que uma vez publicado na revista Acta Scientiarum. Agronomy, editada pela Universidade Estadual de Maringá, o mesmo jamais será submetido por mim ou por qualquer um dos demais co-autores a qualquer outro meio de divulgação científica. Através deste instrumento, em meu nome e em nome dos demais co-autores, porventura existentes, cedo os direitos autorais do referido artigo à Universidade Estadual de Maringá e declaro estar ciente de que a não observância deste compromisso submeterá o infrator a sanções e penas previstas na Lei de Proteção de Direitos Autorias (Nº9609, de 19/02/98).
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional