Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Diversidade de porta-enxertos de citros sob limeira ácida ?TAHITI? no Bioma Cerrado.
Autores:  RONCATTO, G.
ROMANO, M. R.
OLIBONE, D.
GIRARDI, E. A.
SOARES FILHO, W. dos S.
Data:  2022-09-20
Ano:  2022
Palavras-chave:  Volume copa
Tahiti CNPMF 02
Sorriso-MT
Planta Porta-Enxerto
Poncirus Trifoliata
Cerrado
Limão Taiti
Gomose
Hibrido
Resumo:  No Centro-Oeste e Norte, onde é comum a ocorrência de elevadas taxas de precipitação pluvial, altas temperaturas e manutenção de solo e ar saturados por períodos prolongados, o processo de infecção-doença-disseminação da gomose é acelerado, causando elevada mortalidade de plantas mais precocemente. Assim, o trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar variáveis de crescimento vegetativo de limeira ácida clone ?Tahiti CNPMF 02? enxertada em 12 porta-enxertos. Os porta-enxertos foram gerados e pré-selecionados pelo Programa de Melhoramento Genético de Citros da Embrapa e avaliados no município de Sorriso, MT. Os porta-enxertos utilizados foram: citrandarins ?Indio? [C. sunki (Hayata) hort ex Tanaka x Poncirus trifoliata (L.) Raf. ?English?] (CTRI) e ?San Diego? (C. sunki x P. trifoliata ?Swingle?) (CTRSD), citrumelo ?Swingle? (C. paradisi Macfad. x P. trifoliata) (CTSW), limoeiro ?Cravo?, clones ?Santa Cruz? e ?CNPMF-003?, tangerineira ?Sunki Tropical? (C. sunki) e os híbridos HTR - 069, TSKC x (LCR x TR) - 059, LVK x LCR - 038, TSKC x TRFD 003, TSKC x CTSW ? 028 e 041. O delineamento experimental foi de blocos inteiramente casualizados, quatro repetições e doze tratamentos. As parcelas foram constituídas por cinco plantas. Os dados foram submetidos à ANOVA e as médias ao teste de Scott-Knott à 5% de significância. Com quatro anos e seis meses de idade foram avaliados os seguintes caracteres: altura de planta, diâmetro do caule (10 cm acima e abaixo da linha de enxertia), diâmetro e volume da copa, este calculado pela fórmula V=2/3 x [(π x D/4) x H], o Índice de Vigor Vegetativo (IVV) foi calculado pela fórmula IVV = [(H x 100) + (D x 100) + (DPE)]/100. No conjunto das características avaliadas, observou-se que os limoeiros ?Cravo Santa Cruz? e o ?Cravo CNPMF-003?, TSKC x CTSW ? 028, o citrumelo ?Swingle? e os citrandarins ?San Diego? e ?Índio? foram significativamente superiores à tangerineira ?Sunki Tropical? e aos híbridos TSKC x (LCR x TR) ? 059, LVK x LCR ? 038, TSKC x TRFD 003, HTR ? 069 e TSKC x CTSW - 041, alcançando uma altura média de 3,62 m e diâmetro de 12,59 cm para o porta-enxerto limoeiro ?Cravo Santa Cruz?, enquanto que o crescimento foi menor para os demais porta-enxertos, com altura média de plantas, de 3,17 m e diâmetro do enxerto de 11,62 cm para o híbrido TSKC x (LCR x TR) ? 059 de menor crescimento vegetativo.
Tipo:  Anais e Proceedings de eventos
Idioma:  Português
Identificador:  In: ENCONTRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIAS AGROSSUSTENTÁVEIS, 6.; JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA AGROSSILVIPASTORIL, 11., 2021. Sinop. Resumos... Brasília, DF: Embrapa, 2022. p. 11

978-65-89957-22-5

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1146636
Direitos:  openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional