Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Medidas angulares de equinos da raça quarto de milha utilizados em provas de laço comprido.
Autores:  RAMIRES, G. G.
REZENDE, M. P. G. de.
ABREU, U. G. P. de
OLIVEIRA, N. M. de.
Data:  2013-12-11
Ano:  2013
Palavras-chave:  Eqqus Caballus
Morfofuncionalidade
Análice multivariada
Perfil racial
Multivariate racial profiling
Resumo:  Caracterizaram-se as medidas angulares de equinos Quarto de Milha utilizados em duas etapas (município de Miranda e distrito de Camisão) de Laço Comprido em sub-regiões do Pantanal/MS. Amostraram-se 54 equinos (42 fêmeas e 12 machos) Quarto de Milha, com idade adulta e peso corporal estimado em 543,17± 81,02 kg. Com auxílio de goniômetro aferiram-se as seguintes medidas angulares: ângulo de cabeça (ACAB), ângulo de pescoço (APE), ângulo escápulo-umeral (AEU), ângulo escápulo solo (AES), ângulo úmero-radial (AUR), ângulo radial-carpo-metacarpiano (ARCM), ângulo metacarpo-falangeano- (AMF), ângulo coxo-solo (ACS), ângulo coxo-femoral (ACF), ângulo fêmur-tibial (AFT), ângulo tíbio-tarso-metatarsiano (ATTM) e ângulo metatarso-falangeano (AMFa). Realizou-se análise de variância entre as medidas angulares considerando o dimorfismo sexual como efeito fixo; e análise multivariada para redução de váriaveis passiveis de serem mantidas por apresentarem maior contribuição para variação total. Verificou-se diferença significativa (P<0,05) por dimorfismo sexual apenas em ACAB e A RCM. Maiores coeficientes de variação (CV) foram observados para em ACF (27,37%) e ACS (17,59%), ao passo que ARCM (2,05%) e ATTM (3,12%) apresentaram mais uniforme entre os equinos machos e fêmeas. Os seis primeiros componentes principais apresentaram percentagem de variância acumulada de 75,64% da variação total. Sete variáveis que apresentaram maiores coeficientes de ponderação, em valor absoluto, a partir do último componente principal em direção ao primeiro, foram descartadas. As variáveis sugeridas para descarte foram, respectivamente, em ordem de menor importância para a explicação da variação total: APE, ACF, ACS, AUR, AEU e ACAB, pois apresentam associação aos componentes que explicam muito pouco a variabilidade dos dados.

2013
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  58942

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/973566

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/93861/1/RE15.pdf
Editor:  In: SIMPÓSIO SOBRE RECURSOS NATURAIS E SOCIOECONÔMICOS DO PANTANAL, 6.; EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO PANTANAL, 1., 2013, Corumbá, MS. Desafios e soluções para o Pantanal: resumos. Corumbá: Embrapa Pantanal, 2013.
Relação:  Embrapa Pantanal - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional