Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Inoculação micorrízica e adubação fosfatada na produção de mudas de amendoim forrageiro.
Autores:  MIRANDA, E. M. de
SILVA, E. M. R. da
SAGGIN JUNIOR, O. J.
Data:  2016-04-26
Ano:  2016
Palavras-chave:  Amendoim forrageiro
Forage peanuts
Cacahuete forrajero
Fungo micorrízico arbuscular (FMA)
Reprodução vegetal
Propagação vegetativa
Muda
Produção
Semente
Leguminosa forrageira
Fertilizante fosfatado
Estimulante de crescimento vegetal
Matéria seca
Forage legumes
Arachis pintoi
Plant breeding
Vegetative propagation
Seedling production
Phosphorus fertilizers
Plant growth
Mycorrhizal fungi
Dry matter accumulation
Leguminosas forrajeras
Fitomejoramiento
Propagación vegetativa
Producción de plántulas
Fertilizantes fosforados
Crecimiento de planta
Hongos mycorrhizales
Acumulación de materia seca
Resumo:  Para avaliar o efeito da micorriza e do fósforo (P) sobre o amendoim forrageiro (Arachis pintoi Krap. & Greg.), foram estabelecidos dois experimentos em casa de vegetação para comprovar a hipótese de haver benefício da micorrização no crescimento de mudas desta espécie, tanto com propagação por sementes como de forma vegetativa. No experimento I, as mudas foram cultivadas em bandejas com 72 células, preenchidas com solo, em delineamento inteiramente casualizado (DIC) com parcelas subdivididas. Os tratamentos foram constituídos pela inoculação de seis espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA) nas parcelas e duas formas de propagação nas subparcelas. No experimento II, estolões foram cultivados em vasos contendo solo de baixa fertilidade tratado com cinco doses de P e inoculados com quatro espécies de FMA mais um controle, arranjados em fatorial 5 x 5, em DIC. Em ambos os experimentos, os substratos foram previamente esterilizados. As mudas cultivadas em bandejas de isopor e originadas de sementes produziram mais matéria seca do que aquelas obtidas de forma vegetativa e os FMA foram eficientes em promover o crescimento das mudas. Para as mudas originadas do enraizamento de estolões, o benefício micorrízico foi detectado apenas sobre a massa de raízes. Nas mudas cultivadas em vasos e fertilizadas com P, a magnitude das respostas foi maior mediante inoculação com FMA. A espécie G. clarum foi mais eficiente em condições de baixa disponibilidade de P, enquanto A. morrowiae se destacou nos níveis mais elevados de P. Há indícios de elevada dependência micorrízica do amendoim forrageiro.

2016
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  1806-6690

26003

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1044045

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/142588/1/26003.pdf
Editor:  Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 47, n. 2, p. 240-246, abr./jun. 2016.
Relação:  Embrapa Acre - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional