Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Avaliação do teor de matéria seca de cotilédones, tegumento e embriões em linhagens de feijão-caupi.
Autores:  PAULA, J. de
MENEZES JUNIOR, J. A. de
ALVES, S. M.
FALLGATTER, J.
HASHIMOTO, J. M.
BOTELHO, S. de C. C.
Data:  2020-02-03
Ano:  2019
Palavras-chave:  Feijao-caupi
Matéria Seca
Resumo:  A elaboração de produtos industrializados à base de feijão-caupi, pela transformação dos cotilédones em farinha, constitui uma importante opção para o desenvolvimento de produtos com alta qualidade nutricional, uma vez que os grãos de feijão-caupi apresentam boa quantidade de proteínas e não contem glúten, sendo importante também para o desenvolvimento de produtos para pessoas alérgicas. Considerando o potencial da farinha de feijão-caupi para ser utilizada em alimentos processados, este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar 14 linhagens de feijão-caupi quanto ao teor de matéria seca de cotilédones, tegumento e embrião. O experimento foi conduzido na segunda safra de 2018, no município de Primavera do Leste, MT. Foram avaliadas no campo 12 linhagens melhoradas e duas testemunhas (BRS Itaim e CB-27). Foi utilizado o delineamento de blocos casualizados (DBC) com quatro repetições e parcelas constituídas de quatro linhas de cinco metros de comprimento, com espaçamento de 0,45 m entre linhas. Para as análises de teor de matéria seca de cotilédones, tegumento e embriões foram retiradas amostras de 100 grãos colhidos nas duas linhas centrais. Os grãos foram embebidos em 50 mL de água destilada por 25 minutos e após este período, os cotilédones, tegumentos e embriões foram separados manualmente, com auxílio de uma pinça. Em seguida, as partes foram levadas para secagem em estufa a 60 ºC até estabilização, que ocorreu em aproximadamente 24 horas. As amostras secas foram encaminhadas para pesagem e obtenção do teor de matéria seca. A partir das observações foram realizadas as análises de variância e as médias dos tratamentos agrupadas. Para as três partes do grão (cotilédones, tegumento e embriões), observou-se efeito significativo para tratamentos a 5% de confiança, indicando a presença de variação e a possibilidade de seleção. Para a porcentagem de matéria seca do tegumento, a média geral foi de 5,52% da matéria seca total do grão, para embriões a média geral foi de 2,38% e para as estas duas partes do grão, as médias formaram dois grupos distintos. As médias do teor de matéria seca de cotilédones, parte mais nobre dos grãos e principal matéria prima para fabricação de produtos industrializados, variaram de 91,60% (BRS Itaim) a 92,53% (L22) e formaram dois grupos distintos. Foram identificadas dez linhagens com teor de matéria seca de cotilédones superior à testemunha BRS Itaim.
Tipo:  Parte de livro
Idioma:  Português
Identificador:  In: ENCONTRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIAS AGROSSUSTENTÁVEIS, 3.; JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA AGROSSILVIPASTORIL, 8., 2019, Sinop. Resumos... Brasília, DF: Embrapa, 2019. p. 37.

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1119782
Direitos:  openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional