Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Avaliação de ciclo de vida de sistemas modais e melhorados de cria no Pantanal.
Autores:  DIAS, F. R. T.
SILVA, J. C. B.
NOGUEIRA, E.
ABREU, U. G. P. de
Data:  2021-12-08
Ano:  2021
Palavras-chave:  Impacto Ambiental
Bovino
Pecuária
Beef cattle
Environmental impact
Livestock production
Resumo:  A bovinocultura de corte é uma das atividades mais relevantes para a economia do Pantanal e do Brasil. O rebanho nacional em 2018 estava em torno de 213,5 milhões e o do Pantanal em torno de 3,85 milhões de animais. A contribuição da bovinocultura de corte para as mudanças climáticas é atribuída principalmente à emissão de metano entérico pelos animais, à emissão de óxido nitroso pela decomposição dos dejetos animais, e à emissão de CO2 e outros gases de efeito estufa pela formação e manutenção da pastagem. Desde seu estabelecimento em 1975, a Embrapa Pantanal vem desenvolvendo tecnologias para a bovinocultura de corte no Pantanal, muitas vezes em parceria com a Embrapa Gado de Corte. Dentre as iniciativas desta parceria, está o arranjo de projetos "+Precoce", que visou o desenvolvimento de tecnologias e sistemas de produção do novilho precoce. Dentro os projetos deste arranjo, está o projeto ?+Cria?, voltado para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de tecnologias relacionadas à reprodução animal. Dentre as tecnologias desenvolvidas, estão aquelas associadas ao uso de inseminação Artificial a Tempo Fixo (IATF). A IATF é uma biotécnica que supre as deficiências da inseminação artificial tradicional, que são as falhas de detecção de cios e a incapacidade de atingir fêmeas em anestro. A IATF consiste no uso de fármacos capazes de controlar e sincronizar o ciclo estral e a ovulação das fêmeas, de modo que, se possa inseminar esses animais em horários pré-determinados e com boas taxas de concepção. Sendo também capaz de trazer fêmeas em anestro à ciclicidade. Assim, o uso de protocolos hormonais define o calendário da estação de monta para data e hora pré-estabelecidos de inseminação artificial. A IATF tem grande potencial para o aumento de eficiência zootécnica e desempenho econômico de sistemas de cria de bovinos de corte no Pantanal, associado ou não ao uso de outras tecnologias. Este trabalho compara a avaliação de ciclo de vida (ACV) do ?berço ao portão? de um sistema de cria do Pantanal modal, e de dois sistemas melhorados pelo uso de IATF e de pastagem plantada.

v. 2.
Tipo:  Anais e Proceedings de eventos
Idioma:  Português
Identificador:  In: CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE GESTÃO DO CICLO DE VIDA, 7., 2021. Anais... [Evento online]: UFRGS, 2021.

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1137329
Formato:  p. 107-112.
Direitos:  openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional