Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Uso do soro de leite bovino na alimentação de caprinos.
Autores:  ARAÚJO, A. R.
Data:  2013-08-29
Ano:  2011
Palavras-chave:  Leite Bovino
Soro de Queijo
Composição bromatológica
Caprino
Nutrição animal
Dieta
Alimento para animal
Cabrito
Consumo
Alimento Alternativo
Subproduto
Soro de Leite
Composição Química
Goats
Animal feeders
Animal nutrition
Feeds
Kids (goats)
Ruminant nutrition
Byproducts
Whey cheeses
Diet
Resumo:  Resumo: A caprinocultura possui grande importância na pecuária nordestina. Entretanto, a escassez de alimentos forrageiros e o elevado custo dos concentrados é um entrave durante a estiagem. Por outro lado, o uso de alimentos alternativos contribui na alimentação dos rebanhos no período seco por sua disponibilidade, valor nutritivo e menor valor agregado. Dentre esses alimentos, o soro de leite bovino tem apresentado potencial para uso em dietas tanto líquidas como sólidas para ruminantes. O presente estudo determinou os efeitos da inclusão de soro de leite bovino (SLB) em dietas fornecidas a caprinos (Capra aegagrus hircus). Vinte machos sem padrão racial definido, 17 kg de peso vivo médio e cinco meses e meio de idade foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado nos ensaios de consumo, digestibilidade e balanço dos nutrientes, bem como para o comportamento ingestivo. Para o ensaio de parâmetros ruminais, dezesseis caprinos foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em esquema de parcelas subdivididas, tendo nas parcelas as dietas e nas subparcelas os tempos de coleta (zero, 2, 5 e 8 horas pós-prandial). Todos os ensaios foram constituídos por quatro tratamentos (teores de inclusão de SLB em zero, 1,5%; 3,0%; e 4,5% em matéria seca da dieta total) e compostas por feno de capimaruana (Panicum maximum cv. Aruana), milho, farelo de soja extrusado, calcário e SLB. As análises estatísticas foram determinadas pelos softwares SAEG 9.0 e RStudio, sendo utilizados os testes Duncan e Tukey (P<0,05) para comparação de médias. Análises de regressão e as correlações de Pearson entre as variáveis estudadas foram feitas. A inclusão de SLB em 3,0% proporcionou maiores consumos de extrato etéreo e celulose (g/UTM) (P<0,05). A digestibilidade dos nutrientes não foi alterada com a inclusão de SLB (P>0,05). Os balanços de nitrogênio e energético apresentaram-se positivos para todos os tratamentos. A incorporação de SLB às dietas elevou a excreção de N fecal e reduziu a quantidade de N retido na dieta com 3,0% de SLB (P<0,05). Não foram evidenciadas diferenças quanto ao comportamento ingestivo dos animais (P>0,05). Em relação aos parâmetros ruminais, não foram evidenciadas interações nem diferenças para o pH ruminal (P>0,05). Para os tempos, o pH dos animais no tempo zero apresentou-se superior aos demais tempos pós-prandial na dieta com 1,5% e 4,5% de SLB (P<0,05). Quanto ao nitrogênio amoniacal, maiores concentrações foram observadas para a dieta com 3,0% de SLB às duas horas pós-prandial (P<0,05). Com os resultados observados, o soro de leite bovino pode ser utilizado em dietas para caprinos sem comprometer o consumo de nutrientes, nem seu comportamento ingestivo, mantendo o ambiente ruminal em pH favorável à digestão celulolítica e com aporte de nitrogênio suficiente para síntese microbiana desde que haja fontes de carboidratos rapidamente disponíveis. Abstract: The goats had great importance to cattle raising in Brazilian northeast. However, the scarcity of forages and costly of concentrates is a problem during the drought. On the other hand, the use of alternative foods contributes to feeding livestock in this period because of its availability, nutritional value and low price. Among these foods, the whey has shown potential for use both liquid and solid diets to ruminants. Thus, this study determined the effects of inclusion of whey in diets provided to young goats (Capra aegagrus hircus). Twenty native male goats, 17 kg average weight and five and a half months old were distributed in a completely randomized design to trials of intake, digestibility and nutrient balance, as well as for feeding behavior. To study the pH and ammonia nitrogen in rumen fluid of these goats, sixteen animals were used in a completely randomized split plot, where the diets as plots and the collection times (zero, 2, 5 and 8 postprandial hours) as subplots. All tests were made by four treatments (levels of inclusion of whey in zero; 1.5%; 3.0% and 4.5% in DM of total ration) and composed by Aruana hay (Panicum maximum cv. Aruana), corn, soybean meal, limestone and whey. Statistical analysis was determined by SAEG 9.0 and RStudio software, using the Duncan and Tukey test (P <0.05) to comparison of means. The regression analysis and Pearson correlations also were done. The inclusion of 3.0% of whey had higher intakes of ether extract and cellulose (g/kg0.75) (P <0.05). The nutrient digestibility do not changed with the inclusion of whey (P> 0.05). The nitrogen and energy balances were positive for all treatments. With whey at 3.0% of inclusion had increase on fecal N and reduced of retained N (P> 0.05). No differences were observed about feeding behavior of goats (P> 0.05). In spite of rumen fluid, neither interactions (diets x collection time) nor differences to rumen pH (diets) were evidenced (P> 0.05). Regarding to collection time, the pH of animals at zero time to treatments with 1.5% and 4.5% of whey were higher than times following (P <0.05). With regard to ammonia nitrogen, higher concentrations were observed in the animals fed with 3.0% of whey at two postprandial hours (P <0.05). Thus, we can infer that the whey can be used in diets to goats without compromising nutrient intake or their feeding behavior, keeping the rumen pH favorable to cellulose digestion and sufficient supply of nitrogen to microbial protein synthesis provided that sources of carbohydrates quickly available are supplied for goats.

Dissertação ( Mestrado em Zootecnia. Área de Concentração: Nutrição de Ruminantes) - Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sobral. Orientador: Marcos Cláudio Pinheiro Rogério (Embrapa Caprinos e Ovinos).
Tipo:  Teses
Idioma:  Português
Identificador:  2011.

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/965194
Formato:  77 f.
Direitos:  openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional