Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Physic-chemical properties and substrate formulation for Eucalyptus seedlings production.
Autores:  KRATZ, D.
NOGUEIRA, A. C.
WENDLING, I.
MELLEK, J. E.
Data:  2017-06-01
Ano:  2017
Palavras-chave:  Espécie exótica
Moinha de carvão
Casca de pinus
Casca de arroz carbonizada
Biossólido
Análise de agrupamento
Fine charcoal
Peat moss
Pine bark
Carbonized rice husk.
Muda
Substrato de cultura
Turfa.
Eucalyptus benthamii
Seedlings
Cluster analysis
Sewage sludge.
Resumo:  Objetivou-se avaliar a viabilidade de uma série de materiais para formulação de substratos, com foco em resíduos agroindustriais, e a influência de suas propriedades físico-químicas na produção de mudas de Eucalyptus benthamii, e verificar a semelhança entre os componentes testados. Foram formulados 100 tratamentos. Realizou-se semeadura direta em tubetes de 55 cm³, acondicionados em bandejas plásticas, alocadas em estufa por 120 dias. Como resultados, em relação às propriedades físicas, formaram-se quatro grupos: Grupo 1- constituído por elementos de alta macroporosidade; Grupo 2- equilíbrio entre macro e microporos, Grupo 3- maior proporção de microporos e Grupo 4- alta densidade associada à alta microporosidade. Quanto às propriedades químicas, formaram 2 grupos: Grupo 2- biossólido e Grupo 1 - demais componentes. Verificou-se maior crescimento nos substratos com maior capacidade de retenção de água e os altos níveis de condutividade elétrica e pH não prejudicaram o crescimento das mudas. A casca de pinus semidecomposta e diferentes granulometrias de moinha de carvão proporcionaram redução no crescimento quando inseridas na formulação dos substratos. O resíduo regional, biossólido, apresentou o menor custo aliado ao bom crescimento das plantas e a utilização da moinha de carvão justifica-se a fim de reduzir os custos de produção.
Tipo:  Artigo de periódico
Idioma:  Inglês
Identificador:  Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 45, n. 113, p. 63-76, mar. 2017.

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1070301

dx.doi.org/10.18671/scifor.v45n113.06
Direitos:  openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional