Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Caracterização polifásica de bactérias isoladas de nódulos de feijão-caupi em solos sob diferentes usos agrícolas do semiàrido baiano.
Autores:  SENA, P. T. S.
Data:  2019-03-08
Ano:  2018
Palavras-chave:  Semiárido
Rizóbios
Fixação Biológica de Nitrogênio
FBN
Vale do São Francisco
Feijão de Corda
Bactéria
Cowpeas
Bradyrhizobium
Resumo:  A agricultura é um dos setores mais importantes da economia no Brasil, e tem grande destaque no semiárido baiano, mais precisamente na região integrada de desenvolvimento de Juazeiro (BA) - Petrolina (PE). Os variados usos da terra para a agricultura nessa região têm efeito direto na microbiota do solo. Assim, este trabalho teve como objetivo investigar a diversidade de bactérias diazotróficas que nodulam feijão-caupi em solos agrícolas com diferentes usos e área de Caatinga do município de Juazeiro, Bahia. Para isso, foram coletadas amostras de solo de seis áreas cultivadas e uma da Caatinga. Posteriormente, com estes solos um experimento para captura de rizóbios com três genótipos de feijão-caupi como planta-isca em casa de vegetação do Departamentento de Tecnologia e Ciências Sociais (DTCS) da Universidade do Estado da Bahia, UNEB. As bactérias foram isoladas, caracterizadas em meio YMA, estocados e, em seguida, submetidos a agrupamentos para análise de similaridade. Aquelas com características típicas de Bradyrhizobium foram amplificadas para o gene simbiótico nodC e para a região intergênica IGS (16S-23S rRNA Intergenic space region). O fragmento do IGS de cada isolado foi digerido por três enzimas de restrição e os perfis formados, agrupados pelo coeficiente de Dice. Dos grupos do IGS-RFLP, 27 isolados foram selecionados para sequenciamento e também foram avaliados com relação a eficiência simbiótica e diferentes mecanismos de produção de crescimento vegetal e tolerância a diferentes concentrações de NaCl e pH. Cerca de 60% dos 460 isolados caracterizados apresentaram crescimento lento com reação alcalina ou neutra de pH do meio YMA e produção de muito muco. Dos 251 isolados de Canapu ligeiro e BRS Pujante, 161 amplificaram o fragmento do gene nodC. Os isolados positivos para amplificação do nodC tiveram o fragmento da região intergênica (IGS) amplificado e, em seguida, esse fragmento foi digerido pelas enzimas HaeIII, AluI e HindIII. Considerando a similaridade de 85%, 33 grupos foram formados pelos perfis de IGS. A análise das sequencias parciais do IGS agruparam os isolados em dois gêneros Bradyrhizobium e Microvirga, sendo 26 e 1 representantes, respectivamente. As melhores correspondências dos isolados foram identificadas como dos clados B. japonicum e B. elkanii, havendo o predomínio do clado B. japonicum. Os isolados não apresentaram capacidade de solubilizar fosfato de cálcio ou de produzir sideróforos, no entanto, foram capazes de tolerar diferentes concentrações de NaCl e pH ácido e alcalino. Além disso, foi possível constatar a produção de biofilme sob condições de estresse. Dos mecanismos de crescimentos foi possível constatar a produção de compostos indólicos e eficiência na fixação de nitrogênio. Os isolados testados em casa de vegetação sob condições assépticas em associação com feijão-caupi apresentaram resultados satisfatórios, semelhantes aos encontrados pela estirpe referência recomendada como inoculante para feijão-caupi. Desse modo, isolados oriundos de áreas agrícolas e Caatinga de Juazeiro-BA apresentaram grande diversidade, similaridade com estirpes de Bradyrhizobium, eficiência simbiótica e características que podem conferir vantagens competitivas sob condições de estresse abiótico.

Dissertação (Mestrado em Horticultura Irrigada) - Universiadade do Estado da Bahia, Departamento de Tecnologia e Ciências Sociais, Juazeiro, BA. Orientada por Lindete Míria Vieira Martins; co-orientada por Paulo Ivan Fernandes Junior, Embrapa Semiárido.
Tipo:  Teses
Idioma:  Português
Identificador:  2018.

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1106773
Formato:  il.

73 f.
Direitos:  openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional