Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Caracterização molecular de bovinos cruzados ½ Angus ½ Nelore e ½ Canchim ½ Nelore.
Autores:  REGITANO, L. C. de A.
CARVALHO, M. E.
MELETI, L. C.
ANDRÉO, R.
VENERONI, G. B.
GASPARIN, G.
MIYATA, M.
MOREIRA, I. C.
ALENCAR, M. M. de
SILVA, A. M.
Data:  2006-02-23
Ano:  2005
Palavras-chave:  Caracterização molecular
Cruzado
Resumo:  Os cruzamentos entre raças de bovinos têm sido uma alternativa para a exploração de características de produção e qualidade da carne de raças de Bos taurus especializadas e da adaptação aos trópicos de raças de Bos indicus. A raça de bovinos Aberdeen Angus tem sido utilizada em cruzamentos com Nelore, particularmente por suas características favoráveis de qualidade da carne, além de boa fertilidade, longevidade, precocidade, rusticidade e facilidade de parto. A raça Canchim, constituída por 5/8 Charolês e 3/8 Zebu, apresenta-se como excelence altemativa para cruzamentos pois permite a utilização de couros em monta natural em regime de pastagens. No presente trabalho, produtos do cruzamento de touros Aberdeen Angus (TA) e Canchim (RC) com fêmeas da raça Nelore foram caracterizados quanto a cinco marcadores microssatelites. Os marcadores foram amplificados a partir de 50 ng de DNA genômico e analisados em um sequênciador ABI Prism 3100 .A:vant (Applied Biosystems). Os alemos foram identificados pelo programa Genotyper (Applied Biosyscems), a partir do que foram estimadas as frequências alélicas, heterozigosidade, diversidade gênica, conteúdo de informaçãopolim6rfica'pelo software Cervus e a distancia genética de Nei (1972), utilizando o software NTSYS PC. O numero de alelos variou de 2 a 17, com media de 8,2 nos animais TA e 9,8 nos animais RC. As medias de heterozigosidade foram de 0,7472 e 0,695 para os animais TA e RC, respectivamente. As medias de diversidade gênica foram de 0,756 e 0,6268, na mesma ordem, sugerindo. A distancia genética entre ''as duas populações foi de 0,2273. Essa distancia e comparável a distancia observada entre os grupos Bos taurus e Bas indicus e deve refletir a distancia entre os couros das raças Aberdeen Angus e Canchim, uma vez que nas duas populações, a raça materna foi a mesma.

2005
Tipo:  Resumo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  16186

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/47412

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/110317/1/GA362.pdf
Editor:  In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GENÉTICA , 51., 2005, Águas de Lindóia. Lindóia: SBG, 2005.
Relação:  Embrapa Pecuária Sudeste - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Formato:  p. 362.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional