Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Relative index of susceptibility to the maize weevilL, Sitophilus zeamais, among some QPM corn lines.
Autores:  SANTOS, J. P.
GUIMARAES, P. E. O.
WAQUIL, J. M.
FOSTER, J. E.
Data:  2007-03-22
Ano:  2006
Palavras-chave:  Milho
Resistência genética
Praga
Grão armazenado
QPM
Resumo:  The maize weevil, Sitophilus zeamais, is one important pest of stored corn grain. It is difficult to control and causes large weight and nutritional losses to the grains. The discovery of the gene Opaque-2 (O-2) that enhances the protein quality with Lysine and Tryptophane opened new perspectives to use corn to feed monogastric animals and for human nutrition. However, the soft and farinaceous consistency of the endosperm in the O-2 gene corn increased the susceptibility to maize weevil. To solve this problem the O-2 gene was transferred to normal corn. This new corn was called Quality Protein Maize (QPM). The objective of this study was to evaluate a selected group of corn genotypes for genetic resistance to maize weevil. A parameter named Index of Susceptibility (IS), which considers the progeny number in the F1 generation and the time the insects take to mature from egg to adult was used to measure the susceptibility. Some genotypes had an IS close to resistant control (such as the Cateto-SL, a very hard flint endosperm grain), but some had an IS like the susceptible control. This is an evidence of genetic variability within the QPM genotypes for resistance to maize weevil. It is reported the discovery of a group of experimental QPM hybrids and lines that carry genes for resistance to maize weevil. Also, it is possible to say that the QPM is not necessarily more susceptible to maize weevil damage than it is the normal endosperm type of the commercial corn available on the market. O gorgulho do milho, Sitophilus zeamais, é uma importante praga do milho armazenado. É de difícil controle e causa grandes perdas de peso e nutricionais aos grãos. A descoberta do gene Opaco-2 (O2), que enriquece qualitativamete a proteína com os aminoácidos essenciais lisina e triptofano, abriu novas perspectivas para se usar o milho tanto na alimentação de animais monogástricos como de pessoas. Entretanto, a consistência macia e farinácea do endosperma do grão portador do gene O2 aumentou a susceptibilidade ao gorgulho. Para solucionar este problema, o gene O2 foi transferido para linhagens de milho com endosperma normal. Esse novo milho foi denominado de Quality Protein Maize (QPM). O objetivo desta pesquisa foi avaliar um grupo elite de genótipos para resistência genética do grão ao gorgulho. O parâmetro definido como Índice de Susceptibilidade (IS), que considera o número da prole da geração F1 e tempo de duração do ciclo biológico, foi usado para medir a susceptibilidade. Os resultados indicaram que alguns genótipos QPM tiveram o valor do IS próximo da testemunha resistente, o milho Cateto SL, com endosperma flint e duro, mas outros genótipos QPM tiveram IS como o da testemunha susceptível, o IAC 1- O2. Esta é, portanto, uma evidência da variabilidade genética para resistência ao gorgulho dentro desse grupo elite de genótipos QPM, considerando com a descoberta de híbridos experimentais e linhagens QPM portadores de genes para resistência ao gorgulho. Também, com base nos resultados obtidos, é possível afirmar que os genótipos QPM não são, necessariamente, sempre mais susceptíveis a sofrer maiores danos pelo gorgulho do que os genótipos dos milhos chamados normais, comercialmente à disposição no mercado.

2006
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Inglês
Identificador:  19726

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/490483

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/35418/1/Relative-index.pdf

http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v5n2p159-169
Editor:  Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, v. 5, n. 2, p. 159-169, 2006.
Relação:  Embrapa Milho e Sorgo - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional