Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Práticas de resiliência social em tempos de crise ecológica global.
Autores:  ABREU, L. S. de
WATANABE, M. A.
Data:  2017-02-15
Ano:  2016
Palavras-chave:  Sistemas agroflorestais
Crise ecológica global
Rural development
Global crisis effects
Agrossilvicultura
Desenvolvimento rural
Agricultura familiar
Preservação da natureza
Agroforestry
Rural development
Environmental protection
Family farms
Resumo:  Resumo: Poucos estudos têm analisado o papel da população amazônica para a conservação ecológica da biodiversidade e para a redução dos efeitos da crise ecológica global. Esse estudo aborda experiências com Sistemas Agroflorestais (SAFs) desenvolvida pela Associação de Produtores Alternativos (APA), em Ouro Preto do Oeste - RO. O objetivo foi o de verificar se é possível conciliar a conservação ambiental com o desenvolvimento da agricultura familiar no sul da Amazônia. A hipótese é que a agrobiodiversidade associada aos sistemas agroflorestais contribui para a minimização da crise ambiental global. Essa afirmação se contrapõe ao velho diagnóstico de culpar os agricultores menos favorecidos economicamente pela destruição de florestas. O estudo documentou cultivos agroflorestais conduzidos por produtores familiares que contribuem para preservação da floresta e que são ao mesmo tempo produções utilizadas na alimentação. Concluiu se que essa experiência social contribui para o estabelecimento de uma convivência ética com a natureza e para fortalecer a identidade local ecológica, além de garantir a segurança alimentar, portanto, apesar da instabilidade ocorridas entre 2008 e 2010, na gestão financeira da APA. Esses obstáculos não anulam o sucesso da experiência de SAFs e, expressa uma resposta local à crise ecológica global contemporânea. Abstract: Abstract: Few studies have analysed the role of Amazonian population for ecological conservation of the biodiversity and for the reduction of local climatic changes. This study address an experience with Agroforest Systems (AFSs) developed by Associação de Produtores Alternativos (APA) (Alternative Producers Association) in Ouro Preto do Oeste, Rondônia State. The aim was to investigate if it is possible to conciliate the environmental conservation with small farming development in Southern Amazon. The hypothesis is that the agrobiodiversity associated to agroforest systems would contribute to the minimization of the global environmental crisis. This statement putting against the old diagnosis to incriminate the economically less favoured farmers for forest destruction. The study documented practices and cultures conducted (by them) that contribute for the forest preservation and that at the same time utilized in these producer?s diet. It was concluded that this social experience strongly contributed for the establishment of an ethical acquaintanceship with the nature and for the construction of local ecological identity, besides warranting food security of the small farmers, thus, in spite of instabilities occurred between 2008 and 2010 in the APA?s financial management. These hindrances do not annul the AFS experience success, and express a local response to contemporary global ecological crisis.

2016
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  15288

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1064312

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/155771/1/2016AA35.pdf
Editor:  In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO, 11., 2016, Pelotas. Abordagem sistêmica e sustentabilidade: produção agropecuária, consumo e saúde: anais... Pelotas: Sociedade Brasileira de Sistemas de Produção, 2016.
Relação:  Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Formato:  10 p.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional