Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Parâmetros biológicos de Heliothis virescens (Lepidoptera: Noctuidae) em folha e vagem de feijão.
Autores:  BORTOLOTTO, O. C.
BUENO, A. de F.
BRAGA, K.
BIATO, R.
QUEIROZ, A. P. de
POMARI, A. F.
MIKAMI, A. T.
SILVA, G. V.
Data:  2014-12-23
Ano:  2014
Palavras-chave:  Feijão
Lagarta
Heliothis virescens
Praga de planta
Beans
Plant pests
Resumo:  Heliothis virescens (Fabricius, 1781) (Lepidoptera: Noctuidae) é uma praga polífaga, e recentemente tem sido relatada atacando a cultura do feijão. O inseto é capaz de se alimentar de estruturas vegetativas e reprodutivas da planta, porém são escassas as informações a respeito do desenvolvimento da praga nessas estruturas. Desse modo, este trabalho objetivou avaliar parâmetros biológicos de H. virescens alimentada com folhas e vagens verdes de feijão. O estudo foi realizado em delineamento inteiramente casualizado, com 10 repetições (n=7 espécimes / repetição). A cultivar utilizada no trabalho foi a BRS Ametista Carioca, sendo que o material foi coletado no estádio R8, em plantas com 90 dias de idade. As folhas ofertadas foram obtidas do terço superior da planta. Os tratamentos (folha e vagem) foram ofertados ad libitum para as lagartas recém-eclodidas, em condições controladas de temperatura 25±2°C, UR 70±10% e fotofase de 14 hs. A partir do 5° instar larval foi avaliado o consumo de alimento. Após a emergência dos adultos, foram formados casais para posterior avaliação dos parâmetros reprodutivos das mariposas. De forma geral, foi observado que os indivíduos alimentados somente com folhas de feijão não conseguiram completar a fase jovem. Entretanto, quando alimentadas com vagens de feijão, as lagartas apresentaram longevidade média de 12 dias, com viabilidade de 56%. Os insetos consumiram 3,57g de feijão vagem, e o peso de pupa foi de 0,21g. Durante a fase adulta, as fêmeas apresentaram fecundidade média de 240 ovos, com viabilidade em torno de 40%. Esses resultados demonstram que embora H. virescens possa se alimentar de folhas de feijão, o seu desempenho biológico é maior quando se alimenta das vagens da planta. Desse modo, é fundamental o monitoramento populacional da praga durante o estádio reprodutivo da cultura, pois é o momento em que a praga encontra o alimento mais apropriado para o seu desenvolvimento, e desse modo pode ser necessária a adoção de estratégias de controle.

2014
Tipo:  Resumo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  35630

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1003594

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/114494/1/adeney...parametros.pdf
Editor:  In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 25., 2014, Goiânia. Entomologia integrada à sociedade para o desenvolvimento sustentável: anais. [Londrina]: SEB, 2014.
Relação:  Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Formato:  não paginado
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional