Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Caracterização estomática de clones de Coffea canephora em condições de Cerrado.
Autores:  MARTINS, T. F. R.
MATOS, N. M. S. de
CARVALHO, M. A. de F.
RODRIGUES, G. C.
VEIGA, A. D.
GUIMARÃES, R. J.
Data:  2020-09-23
Ano:  2018
Palavras-chave:  Clone
Coffea Canephora
Anatomia Vegetal
Análise Foliar
Resumo:  Diante da importância da cultura do café, pesquisas vêm sendo realizadas visando à obtenção de plantas tolerantes a fatores abióticos, como o déficit hídrico. Alternativas podem ser utilizadas para selecionar plantas potenciais para programas de melhoramento genético, como avaliação de características anatômicas, os estômatos, por exemplo, que são responsáveis pelas trocas gasosas, visto que, os mesmos auxiliam na manutenção da turgescência das mesmas. Diante do exposto, objetivou-se com o presente estudo a caracterização estomática de clones de Coffea canephora em condições de Cerrado. O experimento está localizado na Embrapa Cerrados, Planaltina-DF, sendo constituído de seis clones Coffea canephora (22, 14, 30P, 8P, 125 e 114). Foram selecionadas folhas completamente expandidas, do terceiro ou quarto par, no terço médio dos ramos plagiotrópicos, sendo realizada no mês de Dezembro de 2017. Para as características anatômicas dos estômatos, realizou-se a técnica de impressão da epiderme (SEGATOO et al, 2004), colocando-se uma gota de adesivo instantâneo universal (éster de cianoacrilato) sobre uma lâmina de vidro e posteriormente a parte central da folha, permitindo assim a separação da epiderme da mesma que foram fotografadas e analisadas pelo software Image Tool. Foram analisados: número de estômatos (NE), diâmetro polar (DP) e equatorial (DE), para a obtenção da densidade estomática (NE/área*1000000)e relação (DP/DE). O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado , com seis clones e seis repetições. De acordo com o teste de Scott-Knott, não houve diferença significativa entre a relação DP/DE e densidade estomática para os clones analisados, concluindo-se que as variáveis estomáticas avaliadas nessa época não puderam auxiliar na caracterização dos mesmos, sendo necessários estudos em outras épocas ao longo do ano para maiores informações.

Sessão: 10. Número pôster: 23. Instituição de Fomento: Universidade Federal de Lavras.
Tipo:  Anais e Proceedings de eventos
Idioma:  Português
Identificador:  In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFLA, 31., 2018, Lavras. [Anais...]. Lavras: Universidade Federal de Lavras, 2018.

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1125073
Direitos:  openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional