Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Rotação adequada.
Autores:  CASTRO, G. S. A.
NEGRISOLI, E.
PERIM, L.
CRUSCIOL, C. A. C.
Data:  2013-09-23
Ano:  2013
Palavras-chave:  Sistema de produção alternado
Erva daninha
Rotação de cultura
Resumo:  Entre os fatores capazes de proporcionar redução na produtividade das culturas encontram-se as plantas daninhas, que podem afetar a produção agrícola e econômica devido, principalmente, às interferências negativas impostas por sua presença, como a competição por água, nutrientes, luz e efeitos alelopáticos. Atualmente, o controle de plantas daninhas se dá, predominantemente, pelo método químico, com a aplicação de herbicidas. No entanto, essa medida utilizada isoladamente não é suficiente para eliminar toda a interferência das plantas daninhas sobre as culturas, exigindo medidas integradas de controle. A execução de um programa de manejo integrado de plantas daninhas prevê o pleno atendimento a quatro etapas de planejamento: o diagnóstico do problema, a escolha do método a ser utilizado, a seleção e, por último, a avaliação do programa de controle. A prática de pousio para o controle de plantas daninhas tem uma longa história de sucesso, especialmente quando imperava o cultivo convencional. A não movimentação do solo, a cobertura vegetal permanente e a rotação de culturas, preconizadas no Sistema Plantio Direto (SPD), podem resultar em menor germinação das sementes no solo. De acordo com a espécie e a quantidade dessa cobertura, substâncias alelopáticas (inibidoras da germinação ou desenvolvimento de outras espécies) e o efeito do sombreamento determinam variações na intensidade e frequência de emergência das espécies daninhas. Neste sentido, trabalhos sugerem que culturas de entressafra podem ser supressoras das plantas daninhas, assim como sistemas alternados, como o safra ? safrinha, safra ? adubo verde e, mais recentemente, a Integração Lavoura Pecuária Floresta (iLPF), método que consiste na coexistência parcial de uma cultura graníferas e uma forrageira, onde a pastagem permanece na área por toda a entressafra. O levantamento de espécies daninhas, por amostragens da flora emergente, deve permitir a identificação e a quantificação das plantas infestantes, bem como a determinação da sua evolução. Esses conhecimentos podem ser usados para indicar a necessidade de controle, adequando diferentes manejos de solo, da cultura e as sucessões utilizadas buscando a racionalização de uso de herbicidas, com base em considerações de custo/benefício do sistema de produção agrícola. Em função disso, a Techfield, em parceria com os professores e pesquisadores, realiza estudos em diferentes sistemas de produção de grãos e rotações de culturas, com o objetivo de constatar a influência da dinâmica de ocorrência e controle de plantas daninhas destas rotações, o que pode acarretar em redução da utilização de herbicidas.

2013
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  16312

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/966837

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/89971/1/CPAFAP-2013-Rotacao-adequada.pdf
Editor:  Cultivar Grandes Culturas, Pelotas, v. 1, p. 12-14, ago. 2013.
Relação:  Embrapa Amapá - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional