Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Exsudato glandular de genótipos de tomateiro e desenvolvimento de Bemisia tabaci (Genn.) (Sternorryncha: Aleyrodidae) biótipo B.
Autores:  FANCELLI, M.
VENDRAMIM, J. D.
FRIGHETTO, R. T. S.
LOURENÇÃO, A. L.
Data:  2007-05-22
Ano:  2005
Palavras-chave:  Bemisia tabaci
Controle
Efeitos
Densidade populacional
Sobrevivência
Tomate
Praga de planta
Mosca branca
Densidade populacional
Bemisia argentifolii
Resumo:  Bemisia tabaci (Genn.) é uma das principais pragas do tomateiro no Brasil, provocando severas perdas devido à sucção de seiva, indução do amadurecimento irregular dos frutos e transmissão de viroses. O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito de tricomas glandulares no desenvolvimento de B. tabaci biótipo B em oito genótipos de tomateiro, em casa de vegetação. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, em arranjo fatorial (genótipo x exsudato), com três repetições, sendo os genótipos avaliados na condição com e sem exsudato. Adultos da mosca-branca foram transferidos para uma gaiola de voil, onde permaneceram durante 24h. As variáveis avaliadas foram número de ovos e viabilidade, período de incubação, número de ninfas, duração e sobrevivência da fase ninfal. Efetuou-se a contagem de tricomas e a determinação do pH e teor de acilglicose para todos os genótipos. Na presença de exsudato, LA716 proporcionou redução na oviposição do inseto, o que sugere efeito antixenótico. Resistência antixenótica em LA1739 e PI134417 não foi associada ao exsudato glandular. O efeito do exsudato na oviposição do inseto foi explicado pelo teor de acilglicose. O pH apresentou papel secundário na oviposição da mosca-branca. A densidade de tricomas favoreceu o desenvolvimento do inseto. LA1584 destacou-se pela redução na sobrevivência do inseto e prolongamento do ciclo, além de propiciar oviposição intermediária, podendo ser adequado para incorporação em programas de melhoramento. Entretanto, há necessidade de estudos adicionais para determinar o potencial de uso desse genótipo ou de seus híbridos no manejo integrado de pragas. Bemisia tabaci (Genn.) is one of the most important tomato pests in Brazil and causes severe losses due to the sap suction, the induction of the irregular ripening of the fruit and virus transmission. The objective of this study was to determine the effect of exudates released by the glandular trichomes on the development of B. tabaci biotype B on eight tomato genotypes, under greenhouse conditions. The experiment was arranged as a factorial scheme (genotype x exudate) in a randomized block design, with three replications, being the genotypes evaluated in two conditions (with and without exudate). Whitefly adults were transferred to a voile cage for 24h. The variables evaluated were number of eggs and viability, incubation period, number of nymphs, duration and viability of the nymphal stage. Trichome counts and determination of pH and acylglucose content were made for all the genotypes. Intact leaflets of LA716 were less accepted for oviposition than leaflets without exudate, which suggests an antixenotic effect. Antixenotic resistance in LA1739 and PI134417 was not associated to the glandular exudate. The effect of exudates on the insect oviposition was explained by the acylglucose content. The pH showed secondary role on the whitefly oviposition. Trichomes density improved the insect development. LA1584 reduced the insect survival and increased its cycle, besides promoting an intermediate oviposition. For this reason, it can be useful in breeding programs. However, further studies are needed to determine the potential of this genotype and hybrids for future utilization in integrated pest management.

2005
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  6858

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/15452

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/124743/1/2005AP-015.pdf
Editor:  Neotropical Entomology, Londrina, v. 34, n. 4, p. 659-665, jul./ago. 2005.
Relação:  Embrapa Meio Ambiente - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional