Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Avaliação de dicianodiamidas comerciais como aditivos da co-compostagem de dejetos suínos.
Autores:  OLIVEIRA, L. V.
HIGARASHI, M. M.
NICOLOSO, R. da S.
DALLA COSTA, M.
Data:  2017-10-26
Ano:  2017
Palavras-chave:  Suinocultura
Dejeto
Resumo:  RESUMO: A co-compostagem é uma das alternativas para o tratamento de dejetos suínos que vêm ganhando impulso no Brasil em decorrência do recrudescimento das leis ambientais. Apesar das inúmeras vantagens comparadas ao manejo tradicional de armazenamento dos dejetos em esterqueiras, a compostagem, quando mal manejada, pode resultar na emissão de gases nocivos, dentre os quais o N2O, um gás de efeito estufa (GEE) 298 vezes mais potente que o CO2. A dicianodiamida (DCD) atua como inibidor da nitrificação/ desnitrificação, principal via de formação do N2O durante a compostagem, sendo que o produto já é amplamente empregado para a preservação da uréia em solos adubados, prolongando sua biodisponibilidade a diferentes culturas. O objetivo do presente estudo foi, portanto, avaliar a influência de duas formulações comerciais de DCD (sólida e líquida) em três dosagens [0,25; 0,50 e 1,00% (m/m) M.S.] na emissão de N2O e na conservação do N no composto durante a co-compostagem da fração sólida de dejetos suínos com serragem. Os resultados mostraram que a formulação líquida foi mais eficiente na inibição da emissão de N2O atingindo redução> 90% na dose 3, enquanto a sólida reduziu 50% na mesma dosagem. Com relação a conservação do nitrogênio no composto, todos os tratamentos apresentaram teores de nitrogênio superiores ao controle. Apesar dos resultados promissores, também foi constatado que o efeito inibidor do DCD é temporário e proporcional às dosagens empregadas, sendo portanto necessário avaliar técnica e economicamente a viabilidade de se realizar reaplicações do aditivo ao longo do tratamento. ABSTRACT: Co-composting is an alternative for swine manure treatment that is beginning to be adopted in Brazil due to stricter environmental laws being implanted. Beside the advantages of this technology compared to traditional slurry deposit storage, composting when not properly managed can result in emissions of harmful gases, such as N2O which is a greenhouse gas (GHG) 298 times worse than CO2. Diciandiamide (DCD) inhibits the nitrification/denitrification, the main route of N2O production during composting. DCD is commercially used to preserve urea in fertilized soils, thus extending its bioavailability period for the crops. Therefore the aim of this study was to assess the influence of two commercial formulations of DCD (liquid and solid) in three doses [0.25; 0.50 and 1.00% (w/w) D.M.] in the emission of N2O and N conservation in the compost during the co-composting of the solid fraction of swine manure with sawdust. Results showed that the liquid formulation was more efficient on inhibit the emission of N2O, the decrease reached up to 90% at dose 3 whereas the solid decreased 50% at the same dosage. Concerning the nitrogen preservation in the compost, all treatments have higher nitrogen content compared to control. Although the promisor results, it was also observed that the inhibitor effect of DCD is temporary and proportional to the dose added therefore it is necessary to assess the technical and economic feasibility of additive reapplications throughout the treatment.

bitstream/item/165638/1/final8603.pdf
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  21146

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1078295
Editor:  In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS AGROPECUÁRIOS E AGROINDUSTRIAIS, 5., 2017, Foz do Iguaçu, Anais... Concórdia: Sbera: Embrapa Suínos e Aves, 2017. SIGERA. p. 366-369.
Relação:  Embrapa Suínos e Aves - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional