Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Biomassa microbiana e sua atividade em solos sob diferentes sistemas de preparo e sucessão de culturas.
Autores:  BALOTA, E. L.
COLOZZI-FILHO, A.
ANDRADE, D. S.
HUNGRIA, M.
Data:  2017-12-04
Ano:  1998
Palavras-chave:  Solo
Resumo:  RESUMO: Foi avaliada a biomassa microbiana e sua atividade, em solo submetido às sucessões de culturas trigo/soja e trigo/milho, preparado pelo sistema convencional e em plantio direto. A avaliação foi realizada em um experimento realizado em um Latossolo Roxo desde 1976 na Estação Experimental do Instituto Agronômico do Paraná-IAPAR, em Londrina (PR). Foram coletadas amostras na profundidade de 0-15 cm, dez dias após o plantio e sete dias antes da colheita da cultura de verão e de inverno dos anos de 1992, 1993 e 1994. Avaliaram-se a respiracão basal do solo e o carbono da biomassa microbiana pelo método de fumigação-incubação; o nitrogênio da biomassa microbiana, pelo método da fumigação-extração, o quociente metabólico e a relação C mic/Corg dos solos. Houve poucas diferenças significativas nos parâmetros avaliados, em função das diferentes sucessões de culturas. As parcelas sob plantio direto apresentaram incrementos de 118 e 101% no carbono e nitrogênio da biomassa microbiana, respectivamente, de 73% na respiração basal e de 96% na relação C mic/Corg, enquanto houve um decréscimo de 28% no quociente metabólico (qCO2). Os dados obtidos evidenciam que a prática do plantio direto proporciona maior biomassa microbiana e menor perda relativa de C via respiração, podendo determinar, assim, maior acúmulo de C no solo a longo prazo. Conseqüentemente, os parâmetros microbiológicos mostraram-se bons indicadores de alterações do solo em função do manejo. ABSTRACT: In this study, microbial biomass and its activity were evaluated on a soil submitted to crop rotations with heat/soybean and wheat/maize under the no-tillage and conventional tillage systems. The evaluation was performed on an experiment established since 1976 at the Experimental Station of Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), Londrina (PR), Brazil. Soil samples were taken in the plough layer (0-15 cm) ten days after planting and seven days before harvesting summer and winter crops during 1992, 1993 and 1994. The basal respiration and the microbial biomass carbon were evaluated by the fumigation-incubation method, and the microbial biomass nitrogen was evaluated by fumigation-extraction, the determination of the metabolic coefficient and the relation C mic/C org of the soil. There were few significant differences on the parameters related above as a result of the different crop rotations. However, when compared with the conventional tillage, the plots under the no-tillage system have shown increases of 118 and 101% on carbon and nitrogen microbial biomass, respectively, of 73% on basal respiration and of 96% on the relation Cmic/Corg, while the metabolic quotient (qCO 2 ) has decreased by 28%. The continuous use of the no-tillage system, either under wheat/soybean or wheat/maize crop rotation resulted in increases in microbial biomass and decreases in microbial respiration, therefore having measurable long term effects on the increase of soil C content. Consequently, microbial biomass has shown to be a good indicator to evaluate the effects of long term management on soil alteration.

bitstream/item/168039/1/09.pdf
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  1806-9657

38330

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1081344
Editor:  Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 22, n. 4, p. 641-649, Oct./Dec. 1998.
Relação:  Embrapa Soja - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional