Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  PFB - Pesquisa Florestal Brasileira
País:  Brazil
Título:  Histórico da implementação da algaroba no Rio Grande do Norte
History of mesquite introduction in Rio Grande do Norte State, Brazil
Autores:  Santos, João Paulo Silva dos
Diodato, Marco Antonio
Data:  2017-06-30
Ano:  2017
Palavras-chave:  Recursos Florestais Prosopis juliflora
Zonas semiáridas
Espécies introduzidas Prosopis juliflora
Semiarid zones
Invasive species
Resumo:  A algaroba (Prosopis juliflora (Sw) D.C.) constituiu-se como uma ação bem sucedida de introdução de xerófilas na região seca do Nordeste, sendo seus frutos usados na alimentação animal e a madeira em estacas, lenha e carvão. A espécie foi introduzida na região em 1942, se alastrando em “baixios” no Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Bahia e Piauí. Esta revisão tem como objetivo elucidar como a algaroba foi introduzida no Rio Grande do Norte e entender como foi sua disseminação. Sua introdução no Estado ocorreu a partir da instalação de experimentos na Fazenda São Miguel, no município de Angicos. O entusiasmo de técnicos e pesquisadores facilitou a distribuição de vagens e mudas nas propriedades rurais e cidades do Estado, contando também com incentivos governamentais para produção, distribuição e plantio da espécie. Pretende-se com esse trabalho estabelecer considerações que sirvam de base histórica para estudos sobre essa espécie exótica e abordar aspectos sobre a condição atual da cultura no Nordeste brasileiro.

The mesquite (Prosopis juliflora (Sw) DC) was established as a successful action of xerophilous introduction in Brazilian Northeast dry region. Its fruits are used in animal feed and the wood may be used as piles, firewood and charcoal. The species was introduced in 1942, spreading in “low areas” in Rio Grande do Norte, Paraiba, Pernambuco, Bahia and Piauí States. This article aims to elucidate how mesquite was introduced in Rio Grande do Norte State and to understand how it was spread. It was first introduced in Rio Grande do Norte State by the introduction experiments installed at São Miguel farm in the municipality of Angicos. The enthusiasm of technicians and researchers promoted the distribution of pods and seedlings on farms and cities in the state. In addition, there were government incentives to production, distribution and planting the species. This work aims to establish considerations to be used as historical basis on studies about this species and to consider aspects regarding current situation of this culture in Brazilian Northeast.
Tipo:  Info:eu-repo/semantics/article
Idioma:  Português
Identificador:  http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/859

10.4336/2017.pfb.37.90.859
Editor:  Embrapa Florestas
Relação:  http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/859/574
Formato:  application/pdf
Fonte:  Pesquisa Florestal Brasileira; v. 37, n. 90 (2017): abr./jun.; 201-212

Brazilian Journal of Forestry Research; v. 37, n. 90 (2017): abr./jun.; 201-212

1983-2605

1809-3647
Direitos:  http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional