Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  MV&Z
País:  Brazil
Título:  Influência do estresse e do ciclo circadiano nos valores hematológicos de equinos hígidos
Autores:  Freirias, Cristianne Dantas
Costa, Cinthya Batista Rodrigues dos Santos
Rodrigues, Mauricio Mariani
Pinto, Mariana Sampaio
Silveira, Veridiana Fernandes da
Perotta, João Henrique
Data:  2015-03-06
Ano:  2015
Palavras-chave:  Equinos
Hemograma
Circadiano
Estresse
Resumo:  Foi avaliada a influência do estresse e do período do dia nos valores das variáveis hematológicas de equinos hígidos. Coletou-se sangue de 12 equinos entre 1,5 a 15 anos de idade, cinco fêmeas e sete machos, de diferentes raças. Foi efetuada a contagem de hemácias, leucócitos totais e plaquetas; dosagem de hemoglobina, proteína total e fibrinogênio, realização do volume globular (VG) e leitura da lâmina (esfregaço sanguíneo) para a realização da contagem diferencial de leucócitos. Os parâmetros hematimétricos foram avaliados em três momentos do dia, às 8 (M1), 13 (M2) e 18 horas (M3). As amostras foram processadas no Laboratório Clínico Veterinário da UFRB e tabuladas como média ± desvio padrão. As plaquetas apresentaram aumento ao longo de todos os períodos do dia (150833 ± 46573,17; 179500 ± 48707,85; 204727,3 ± 49309,41). O VG apresentou uma ligeira queda ao decorrer do dia (30 ± 3,6 no M1; 29,6 ± 4,0 no M3). A contagem de hemácias apresentou-se com queda nos valores no M2 em relação ao M1 e leve aumento no M3 em relação ao M2 (7.4425.00 ± 764,027; 6.733.300 ± 825,7; 7.083.300 ± 113.30 para M1, M2 e M3 respectivamente). O mesmo ocorreu com a mensuração de fibrinogênio (345,45 ± 225,2; 484,615 ± 285,32; 400 ± 282,84). A contagem de leucócitos (15246 ± 5,1; 15888 ± 5,1; 13550 ± 3,5) e a mensuração de PPT (7,78 ± 0,547; 7,84 ± 0,62; 7,75 ± 0,43) apresentaram um discreto aumento no M2 em relação ao M1, com valores em M3 inferiores aos demais momentos. Já a Hemoglobina apresentou queda durante o dia (11.06 ± 1,48; 10,96 ± 1,35; 10,80 ± 1,46). Na contagem diferencial de leucócitos, os valores que diminuíram ao longo do dia foram bastonetes (65,92 ± 138,9; 27,54 ± 69,34; 16,5 ± 54,7) e linfócitos (5505,08 ± 2442,04; 5432,88 ± 2565,73; 5250,45 ± 2811). A contagem de basófilos apresentou-se com queda nos valores no M2 em relação ao M1 e leve aumento no M3 em relação ao M2 (55,5 ± 128,93; 44,62 ± 81,40; 54,59 ± 80,44 para M1, M2 e M3 respectivamente). A contagem de segmentados (8343 ± 2868,5; 8721,5 ± 2775,7; 6709,3 ± 2067,6), monócitos (405,7 ± 317,53; 535,41 ± 469,72; 381,27 ± 219,26) e eosinófilos (1053,3 ± 507,56; 1154,1 ± 682,45; 887,91 ± 630,94) apresentaram um discreto aumento no M2 em relação ao M1, com valores em M3 inferiores aos outros momentos. Apesar do ciclo circadiano, a espleno contração causada pelo estresse do manejo e da colheita resultou numa ausência de padrão na variação dos parâmetros avaliados.
Tipo:  Info:eu-repo/semantics/article
Idioma:  Português
Identificador:  http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/25250
Editor:  Conselho Regional de Medicina Veterinária e Zootecnia do Estado de São Paulo
Relação:  http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/25250/26115
Formato:  application/pdf
Fonte:  Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia; Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v. 12, n. 3 (2014); 80-81

Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia; Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v. 12, n. 3 (2014); 80-81

Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP; Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v. 12, n. 3 (2014); 80-81

2596-1306
Direitos:  Direitos autorais 2015 Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional