Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Sci. Agrar.Paran. / SAP
País:  Brazil
Título:  Levantamento fitossociológico na cultura da soja em Luís Eduardo Magalhães - BA
Autores:  Caetano, Ana Paula Oliveira
Nunes, Renan Thiago Carneiro
Rampazzo, Mariana Costa
Silva, Gabriela Leite
Soares, Maurício Robério Silva
José, Alcebíades Rebouças São
Moreira, Eduardo de Souza
Data:  2018-11-24
Ano:  2018
Palavras-chave:  Competição
Manejo
Controle
Comunidade de plantas daninhas.
Resumo:  É importante o conhecimento das espécies de plantas daninhas de um determinado local para que se trace um manejo de controle adequado. Diante disso, o objetivo do estudo foi identificar e quantificar as principais espécies de plantas daninhas presentes no cultivo de soja localizado no município de Luís Eduardo Magalhães, Bahia, até quando a presença dessas espécies poderia interferir no controle e na produtividade da soja. As avaliações das plantas daninhas foram realizadas nos períodos de 35, 70 e 105 dias após a emergência (DAE) da cultura, onde o levantamento foi realizado com auxílio de quadro com 0,25 m². Em cada período houve um total de 53 amostragens, onde as plantas daninhas foram cortadas rente ao solo, identificadas e quantificadas as espécies. Posteriormente, foram determinados os parâmetros fitossociológicos de densidade, densidade relativa, frequência, frequência relativa, abundância, abundância relativa e índice de valor de importância. A comunidade de planta daninha na soja foi composta por 23 espécies, distribuídas em 20 gêneros e 10 famílias. Encontrou-se o maior número de plantas daninhas pertencentes às famílias Poaceae, Asteracea e Amaranthaceae. Em todos os períodos avaliados, as espécies que predominaram na área de cultivo da soja foram a Eleusine indica, Digitaria insularis e Cyperus sp.
Tipo:  Info:eu-repo/semantics/article
Idioma:  Português
Identificador:  http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/19553
Editor:  Scientia Agraria Paranaensis
Relação:  http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/19553/13447
Formato:  application/pdf
Fonte:  Scientia Agraria Paranaensis; Vol. 17, No 3 (2018); 359-367

1983-1471
Direitos:  Direitos autorais 2018 Scientia Agraria Paranaensis

http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional