Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Bragantia
País:  Brazil
Título:  Resistência a bruquídeos, composição em ácidos graxos e qualidade de cozimento das sementes em genótipos de grão-de-bico
Autores:  Athiepacheco,Ivânia
Bolonhezi,Scheilla
Sartori,Maria Regina
Turatti,
Paula,Dalmo Cesar de
Lourenção,André Luiz
Data:  1994-01-01
Ano:  1994
Palavras-chave:  Armazenamento
Insecta
Bruchidae
Callosobruchus maculatus
Callosobruchus phaseoli
Acanthoscelides obtectus
Grão-de-bico
Cicer arietinum
Resistência a insetos
Qualidade de cozimento
Ácidos graxos
Ácido linoléico
Resumo:  O presente trabalho teve por objetivos: (a) verificar possíveis diferenças entre seis genótipos de grão-de-bico (Cicer arietinum L.), selecionados no Instituto Agronômico, quanto à suscetibilidade ao ataque de Callosobruchus phaseoli (Gyllenhal), C. maculatus F. e Acanthoscelides obtectus (Say), pragas de armazenamento dessa fabácea; (b) relacionar as diferenças em suscetibilidade com a composição química das sementes, e (c) avaliar a qualidade de cozimento das sementes dos genótipos com características agronômicas mais promissoras para o cultivo. Foram utilizadas sementes do cv. IAC-Marrocos e dos genótipos IAC-Sonora, IAC-Sonora-FE, IAC-GB2, IAC-GB3 e IAC-GB4 de grão-de-bico, as quais foram infestadas separadamente com as três principais espécies de insetos, obtendo-se o número de ovos por fêmea (Callosobruchus), a percentagem de ovos que se desenvolveram até adulto, o período de desenvolvimento de ovo a adulto e a perda de peso das sementes por inseto desenvolvido, parâmetros utilizados para avaliação dos genótipos, cuja composição em ácidos graxos foi determinada, procurando-se relacionar as diferenças obtidas com as diferenças em suscetibilidade. Verificaram-se diferenças de resistência ao ataque de bruquídeos entre os genótipos estudados. O IAC-GB2 foi o menos favorável ao desenvolvimento de C. maculatus, C. phaseoli e A. obtectus. A resistência de grão-de-bico a bruquídeos pode estar relacionada com componentes do tegumento que conferem coloração mais escura e/ou com a composição em ácido linoléico, influindo na oviposição e na alimentação e/ou biologia das larvas. Foi observada diferença na qualidade de cozimento entre os genótipos estudados. O IAC-Sonora apresentou qualidade de cozimento significativamente superior ao IAC-GB2.
Tipo:  Info:eu-repo/semantics/article
Idioma:  Português
Identificador:  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051994000100007
Editor:  Instituto Agronômico de Campinas
Relação:  10.1590/S0006-87051994000100007
Formato:  text/html
Fonte:  Bragantia v.53 n.1 1994
Direitos:  info:eu-repo/semantics/openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional