Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Bragantia
País:  Brazil
Título:  Efeito de extratos aquosos de Azadirachta indica, Melia azedarach e Aspidosperma pyrifolium no desenvolvimento e oviposição de Plutella xylostella
Autores:  Torres,Adalci Leite
Boiça Júnior,Arlindo Leal
Medeiros,Cesar Augusto Manfré
Barros,Reginaldo
Data:  2006-01-01
Ano:  2006
Palavras-chave:  Plantas inseticidas
Traça-das-crucíferas
Brássicas
Resumo:  Foram avaliados a CL50 e o efeito de extratos aquosos de plantas na biologia, oviposição e período embrionário de Plutella xylostella L. (Lepidoptera: Plutellidae). Para determinação da CL50 foram utilizadas concentrações entre 0,03 e 0,8 % para amêndoas de Azadirachta indica (A. Juss.) 0,5 e 7,0 % para casca de Aspidosperma pyrifolium (Mart.) e 0,5 e 12,5 % para frutos de Melia azedarach (L.), obtendo-se as CL50 de 0,06; 2,17 e 2,90%, respectivamente. Verificou-se que os extratos aquosos de todas as espécies vegetais afetaram o desenvolvimento do inseto, principalmente na fase larval. Na fase de pupa, os extratos reduziram a massa e a viabilidade. Houve deformação de adultos para os extratos de A. pyrifolium e M. azedarach e o de A. indica causou maior porcentagem. Todos os extratos possuem efeito tóxico para ovos de P. xylostella, sendo dependente do aumento da concentração. Nos extratos da casca de A. pyrifolium, do fruto de M. azedarach e da amêndoa de A. indica observa-se ação ovicida quando usados na concentração letal de lagartas de primeiro ínstar da praga. Em observações do ovo de P. xylostella com auxílio de um microscópio eletrônico de varredura, verificou-se a existência de microporos onde pode ocorrer a penetração do produto ovicida, além da constatação da textura rugosa da casca do ovo que pode reter ou fixar os extratos.
Tipo:  Info:eu-repo/semantics/article
Idioma:  Português
Identificador:  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052006000300011
Editor:  Instituto Agronômico de Campinas
Relação:  10.1590/S0006-87052006000300011
Formato:  text/html
Fonte:  Bragantia v.65 n.3 2006
Direitos:  info:eu-repo/semantics/openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional