Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  63
País:  Brazil
Título:  Efeito da disponibilidade hídrica do substrato, DA QUALIDADE FISIOLÓGICA E do teor de água inicial das sementes de soja no PROCESSO de germinação
Autores:  ROSSETTO,C.A.V
NOVEMBRE,A.D. DA L.C
MARCOS FILHO,J
SILVA,W.R. DA
NAKAGAWA,J
Data:  1997-01-01
Ano:  1997
Palavras-chave:  Glycine max
Soja
Semente
Germinação
Resumo:  Com o objetivo de estudar o efeito da disponibilidade hídrica do substrato, da qualidade fisiológica e do teor de água inicial das sementes de soja no processo de germinação, utilizaram-se sementes de um lote de soja [Glycine max (L.) Merrill], do cultivar IAC-15, que foram submetidas ao envelhecimento artificial, a 41oC, durante 0, 36 e 42 horas, obtendo-se três diferentes níveis de vigor designados de lotes 1, 2 e 3, respectivamente. As sementes de cada lote, foram submetidas ao umedecimento artificial, a 20oC e 100% de umidade relativa do ar, visando a obtenção de três diferentes teores de água (90, 110 e 130 g de água/kg). Para cada lote, as sementes com 90, 110 e 130 g de água/kg foram colocadas para germinar sob os potenciais hídricos de -0,04; -0,10; -0,20 e -0,40 MPa, nos substratos papel Germitest e terra. O umedecimento do papel foi realizado com as soluções de polietilenoglicol (PEG 6000) e o da terra foi baseado na curva de retenção de água no solo, através da adição de volumes de água correspondentes aos potenciais hídricos desejados. Em terra, determinaram-se a porcentagem de emergência de plântulas e o índice de velocidade de emergência de plântulas. Em papel, avaliaram-se a porcentagem de sementes que emitiram raiz primária aos 3 dias da instalação e as porcentagens de plântulas anormais e germinação total aos 7 dias da instalação. A análise dos dados e a interpretação dos resultados permitiram as seguintes conclusões: existe relação entre o teor de água inicial das sementes de soja e a qualidade fisiológica na emissão da raiz primária e na germinação; os potenciais hídricos do substrato de -0,20 e -0,40 MPa causam redução da emissão da raiz primária e da porcentagem de germinação de sementes de soja; a emergência de plântulas é reduzida em potencial hídrico de -0,40 MPa.
Tipo:  Info:eu-repo/semantics/article
Idioma:  Português
Identificador:  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161997000100014
Editor:  São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Relação:  10.1590/S0103-90161997000100014
Formato:  text/html
Fonte:  Scientia Agricola v.54 n.1-2 1997
Direitos:  info:eu-repo/semantics/openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional