Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Ciência Rural
País:  Brazil
Título:  Análise da contaminação por Salmonella em ovos do tipo colonial através da reação em cadeia da polimerase
Autores:  Flôres,Maristela Lovato
Nascimento,Vladimir Pinheiro do
Kader,Ivonyr Irene Tróglio Abdel
Cardoso,Martha
Santos,Luciana Ruschel dos
Lopes,Rui Fernando Félix
Wald,Vera Beatriz
Barbosa,Taylor Marcelo Corrêa
Data:  2003-06-01
Ano:  2003
Palavras-chave:  Salmonelas
Ovos coloniais
PCR
Resumo:  A identificação de poedeiras comerciais infectadas por salmonelas tem sido um dos pontos fortes da profilaxia e conseqüente redução de surtos de salmonelose em humanos associados ao consumo de ovos, sendo que a análise dos ovos pode ser mais um dos pontos de detecção da infecção, que, muitas vezes, cursa sem sinais clínicos. A Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) parece ser uma estratégia útil para detecção de Salmonella, pois vários autores têm utilizado a PCR para verificar a presença da bactéria em carnes, fezes, tecidos, sangue, leite e ovos, com diferentes metodologias de manipulação das amostras. Foram analisados 360 ovos, procedentes de dez propriedades rurais, produtoras de ovos tipo colonial, no distrito de Camobi, em Santa Maria - RS. Os ovos foram divididos em grupos de seis, totalizando sessenta amostras. O exame bacteriológico foi realizado conforme metodologia preconizada pelas normas técnicas e a metodologia de extração de DNA pelo fenol-clorofórmio. A PCR foi realizada para a amplificação de um fragmento de DNA de 284 pb. A análise dos resultados não demonstrou diferença significativa entre a PCR e o bacteriológico. Todas as amostras positivas ao bacteriológico foram positivas na PCR, sendo que essa última detectou duas amostras a mais, devido a sua alta sensibilidade e especificidade, especialmente quando é sabido que os ovos apresentam uma população microbiana mista que, muitas vezes, impede o isolamento adequado das salmonelas no bacteriológico pela competição com a flora bacteriana normalmente presente.
Tipo:  Info:eu-repo/semantics/article
Idioma:  Português
Identificador:  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000300025
Editor:  Universidade Federal de Santa Maria
Relação:  10.1590/S0103-84782003000300025
Formato:  text/html
Fonte:  Ciência Rural v.33 n.3 2003
Direitos:  info:eu-repo/semantics/openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional