Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAno

Imprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso do sensoriamento remoto orbital no monitoramento da dispersão de macrófitas nos reservatórios do complexo Tietê Planta Daninha
Galo,M.L.B.T.; Velini,E.D.; Trindade,M.L.B.; Santos,S.C.A..
A presença de algumas substâncias na água, como pigmentos fotossintetizantes, particulados, etc., afeta sua cor, provocando mudanças na radiância da água registrada por sensores orbitais. Nesse sentido, o sensoriamento remoto pode se constituir em uma fonte complementar de dados para o monitoramento da qualidade da água em grandes reservatórios (Novo et al., 1994). No contexto de um projeto de pesquisa realizado na AES Tietê S.A., com o objetivo de desenvolver técnicas para a avaliação da área com infestação de plantas aquáticas, imagens orbitais multiespectrais foram usadas tanto para mapear a dispersão espacial e estimar a área de ocorrência de macrófitas aquáticas, em duas épocas distintas, quanto para orientar a definição de pontos de amostragem in...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sensoriamento remoto; Resposta espectral da água; Mapeamento da dispersão espacial de macrófitas.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582002000400002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plantas aquáticas e nível de infestação das espécies presentes no reservatório de Barra Bonita, no rio Tietê Planta Daninha
Carvalho,F.T.; Galo,M.L.B.T.; Velini,E.D.; Martins,D..
O monitoramento da vegetação aquática permite avaliar a evolução das comunidades e determinar o potencial de danos associados a essas populações. O objetivo do trabalho foi identificar as plantas aquáticas e os níveis de infestação de cada espécie, presentes no reservatório de Barra Bonita. Foram avaliados todos os focos de vegetação aquática presentes na represa (335 pontos), sendo os pontos demarcados com um aparelho de GPS. As plantas foram identificadas e foi feita uma estimativa visual de valor geográfico do ponto (tamanho da área) e distribuição proporcional das plantas no foco. Observou-se que a área ocupada pela represa, estimada a partir da imagem Landsat, foi de 27.718 ha e que a área ocupada por macrófitas superficiais foi de 1.871 ha. Foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Macrófitas; Monitoramento; Represa.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582003000400003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização da qualidade de água e sedimento relacionados com a ocorrência de plantas aquáticas em cinco reservatórios da bacia do rio Tietê Planta Daninha
Cavenaghi,A.L.; Velini,E.D.; Galo,M.L.B.T.; Carvalho,F.T.; Negrisoli,E.; Trindade,M.L.B.; Simionato,J.L.A..
Este trabalho é parte integrante de um projeto de pesquisa que tem por objetivo o desenvolvimento de programas de manejo integrado de plantas aquáticas em cinco reservatórios da bacia do rio Tietê, usados na produção de energia elétrica. A ocorrência de plantas aquáticas foi correlacionada com a qualidade da água e do sedimento. Amostragens de água e sedimento e levantamento de plantas foram realizados em junho de 2001 (estação seca), outubro/novembro de 2001 (início da estação chuvosa) e fevereiro/março de 2002 (final da estação chuvosa). Amostras de água foram utilizadas para estimar a transmissão ou extinção de luz em comprimentos de onda de 190 a 900 nm para colunas de água de 1 m de profundidade. Para melhor entendimento e registro (em fotos digitais)...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Qualidade de água; Planta aquática; Sedimento; Reservatório.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582003000400007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação operacional do controle mecânico de plantas aquáticas imersas no reservatório de Jupiá Planta Daninha
Velini,E.D.; Corrêa,M.R.; Tanaka,R.H.; Bravin,L.F.; Antuniassi,U.R.; Carvalho,F.T.; Galo,M.L.B.T..
O presente trabalho foi realizado com o objetivo de estudar a coleta e o descarte de plantas aquáticas em diferentes locais e infestações do sistema Tietê/Paraná, no reservatório de Jupiá. A operação foi realizada com auxílio de instrumentação instalada em uma colhedora de plantas aquáticas, com sistema de GPS dotado de sinal de correção diferencial. Os tempos gastos para carregar e descarregar a colhedora foram determinados por cronometragem, e a distância do ponto final de coleta ao ponto de descarte e o tempo de deslocamento, por cronometragem e uso de GPS convencional. Em algumas coletas foram demarcados polígonos, instruindo-se o operador a trabalhar exclusivamente na área correspondente. A interpretação dos resultados permitiu determinar a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Controle mecânico; GPS; Egeria densa; Ceratophyllum demersum.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000200015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Monitoramento de problemas com plantas aquáticas e caracterização da qualidade de água e sedimento na UHE Mogi-Guaçu Planta Daninha
Cavenaghi,A.L.; Velini,E.D.; Negrisoli,E.; Carvalho,F.T.; Galo,M.L.B.T.; Trindade,M.L.B.; Corrêa,M.R.; Santos,S.C.A..
Este trabalho foi realizado na UHE Mogi-Guaçu, pertencente à AES Tietê S.A. Levantamento de plantas aquáticas e amostragem de água e sedimento foram realizados em julho de 2001 (estação seca), novembro de 2001 (início da estação chuvosa) e março de 2002 (final da estação chuvosa). Foram feitas 846 análises de água e 516 de sedimento, avaliando-se 47 características da água e 41 do sedimento. Espécies marginais e flutuantes foram as principais infestantes do reservatório, merecendo destaque as espécies Brachiaria subquadripara, Eichornia crassipes, Polygonum lapathifolium, Panicum rivulare, Salvinia auriculata e Pistia stratiotes. A turbidez e conseqüente baixa transmissão de luz pela coluna d'água impossibilitaram o desenvolvimento de plantas submersas....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Qualidade de água; Sedimentos; Reservatório.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de equipamentos para o mapeamento de áreas infestadas por macrófitas aquáticas imersas Planta Daninha
Corrêa,M.R.; Bravin,L.F.N.; Velini,E.D.; Baio,F.H.R.; Galo,M.L.B.T..
Foi desenvolvido um conjunto de equipamentos com o objetivo de mapear as áreas infestadas por macrófitas aquáticas, auxiliando operações de manejo mecânico, as quais são realizadas por uma colhedora desenvolvida especificamente para essa finalidade. O conjunto de equipamentos foi constituído por um GPS com programa de correção diferencial, acoplado a um palmtop, um sistema com dois teclados ligados em dataloggers e um transdutor de deslocamento linear LT. O GPS, através do palmtop, proporcionava o mapeamento da área de deslocamento, auxiliando o operador na movimentação da máquina, otimizando a operação e evitando, dessa forma, a sobreposição das faixas de coleta na área a ser manejada. Um dos teclados monitorava a movimentação e operação da colhedora,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Controle mecânico; GPS.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000200014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mapeamento do biovolume de plantas aquáticas submersas a partir de dados hidroacústicos e imagem multiespectral de alta resolução Planta Daninha
Boschi,L. Sabo; Galo,M.L.B.T.; Rotta,L.H.S.; Watanabe,F.S.Y..
As plantas aquáticas têm papel fundamental no equilíbrio dos ecossistemas, porém seu crescimento desequilibrado pode obstruir canais, represas e reservatórios e afetar múltiplos usos da água. Em relação a plantas aquáticas submersas, a utilização de medidas de controle torna-se mais complexa, em face da dificuldade em mapear e quantificar volumetricamente as áreas colonizadas. Nessas situações, considera-se que o uso de dados hidroacústicos possibilite o mapeamento e a mensuração dessas áreas, auxiliando na elaboração de propostas de manejo sustentáveis desse tipo de vegetação aquática. Assim, o presente trabalho utilizou dados acústicos e a técnica de krigagem para realizar a inferência espacial do biovolume de plantas aquáticas submersas. Os dados foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sensoriamento remoto acústico; Inferência por krigagem; Espacialização do biovolume; Imagem de alta resolução.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582012000300008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sensoriamento remoto hidroacústico no mapeamento de macrófitas aquáticas submersas Planta Daninha
Rotta,L.H.S.; Imai,N.N.; Batista,L.F.A.; Boschi,L.S.; Galo,M.L.B.T.; Velini,E.D.
Macrófitas são importantes produtoras primárias do ecossistema aquático, e o desequilíbrio do ambiente pode ocasionar seu crescimento acelerado. Portanto, levantamentos de dados relacionados a macrófitas submersas são importantes para contribuir na gestão de corpos de água. Contudo, a amostragem dessa vegetação requer um enorme esforço físico. Nesse sentido, a técnica hidroacústica é apropriada para o estudo de macrófitas submersas. Assim, os objetivos deste trabalho foram avaliar os tipos de dados gerados pelo ecobatímetro e analisar como esses dados caracterizam a vegetação. Utilizou-se o ecobatímetro BioSonics DT-X acoplado a um GPS. A área de estudo é um trecho do Rio Uberaba, MG. A amostragem foi feita por meio de transectos, navegando de uma margem à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Egeria densa; Egeria najas; Ecobatímetro; Geoprocessamento; Altura efetiva do dossel; Biovolume.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582012000200001
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional