Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Qualidade seminal e morfometria testicular de coelhos (Oryctolagus cuniculus) suplementados com geleia real Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Campos,P.K.A.; Barbosa,L.P.; Neves,M.M.; Melo,B.E.S.; Morais,A.C.T.; Morais,D.B..
Objetivou-se avaliar o efeito da geleia real na qualidade seminal e na morfometria testicular de coelhos. Quatorze coelhos adultos da raça Nova Zelândia foram distribuídos em três grupos: com administração diária de 1mL de água, via oral (SG); administração diária de 0,5mg (0,5G) de geleia real diluída em 1mL de água, via oral; e administração diária de 1,0mL (1,0G) de geleia real diluída em 1mL de água, via oral. O fornecimento de geleia real foi iniciado 30 dias antes das coletas de sêmen, permanecendo durante todo o período de coleta, totalizando 90 dias. Utilizou-se o método da vagina artificial para coleta de sêmen. Foram avaliados os parâmetros físicos e morfológicos do sêmen e os parâmetros de morfometria testicular. Houve diferença no volume...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Índice gonadossomático; Patologia espermática; Sêmen.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352012000600023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Parâmetros morfofisiológicos testiculares de camundongos (Mus musculus) suplementados com geleia real Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Morais,A.C.T.; Barbosa,L.P.; Neves,M.M.; Matta,S.L.P.; Morais,D.B.; Melo,B.E.S..
Avaliaram-se os efeitos da geleia real sobre os parâmetros morfofisiológicos testiculares de camundongos (Mus musculus). Utilizaram-se 57 machos Swiss, com quatro meses de idade, distribuídos aleatoriamente em seis tratamentos: T1: solução fisiológica, via intraperitoneal; T2: 0,1mg de geleia real, via intraperitoneal; T3: 0,2mg de geleia real, via intraperitoneal; T4: água destilada, via oral; T5: 0,1mg de geleia real, via oral; e T6: 0,2mg de geleia real, via oral. Após 45 dias de suplementação com geleia real, os animais sacrificados e pesados tiveram seus testículos coletados, incluídos em parafina e corados com hematoxilina/eosina. Não houve diferença entre os tratamentos quanto aos: pesos corporal e testicular, índice gonadossomático, diâmetro...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Camundongo; Mus musculus; Geleia real; Testículo; Morfometria.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000100016
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional