Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 471
Primeira ... 456789101112 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diferentes tempos de eletroestimulação neuromuscular (eenm) de média frequência (kotz) em cães Ciência Rural
Pelizzari,Charles; Raiser,Alceu Gaspar; Mazzanti,Alexandre; Salbego,Fabiano Zaninni; Festugatto,Rafael; Beckmann,Diego Vilibaldo; Cunha,Marina Gabriela Monteiro Carvalho Mori da; Santos,Rosmarini Passos dos; Serafini,Gabriele Maria Callegaro; Marques,Jenifer de Santana; Baumhardt,Raquel.
O objetivo desta pesquisa foi empregar a estimulação elétrica neuromuscular (EENM) de média frequência no músculo quadríceps femoral de cães com atrofia muscular induzida, avaliar o ganho de massa muscular e comparar a EENM sob diferentes tempos de tratamento. Foram utilizados oito cães, pesando entre 15 e 25kg e distribuídos aleatoriamente em dois grupos denominados de GI (30minutos) e GII (60minutos). Para a indução da atrofia muscular, a articulação do joelho direito foi imobilizada por 30 dias por transfixação percutânea tipo II. Após a retirada do aparelho de imobilização, foi realizada a EENM nos cães dos grupos GI e GII três vezes por semana, com intervalo mínimo de 48 horas entre cada sessão, pelo período de 60 dias. Foram mensuradas a perimetria...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Imobilização; Biopsia; EENM.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000900017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diferentes vias de administração da solução de fosfato monobásico e dibásico de sódio no preparo do cólon para colonoscopia rígida em cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Trindade,A.B.; Brun,M.V.; Pöhl,V.H.; Basso,P.C.; Bortolini,C.E.; Bracellos,L.J.G..
Foram comparadas duas vias de administração, oral e retal, com a solução de fosfato monobásico e dibásico de sódio (NaP), juntamente com bisacodil via oral, no preparo do cólon para colonoscopia rígida em cães, para avaliar parâmetros clínicos, qualidade do preparo e variações dos eletrólitos fósforo, cálcio, potássio (K+) sódio (Na+) e magnésio (Mg+), além da creatinina, albumina e hemograma. Todos os eletrólitos apresentaram alterações, sendo significativa a queda nos níveis de K+ e Mg+. Não houve alterações eletrocardiográficas, e a redução da microbiota bacteriana foi confirmada nos dois grupos de administração da solução. Os resultados foram similares quanto à incidência de efeitos colaterais, porém a via retal apresentou facilidade na administração,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Fosfosoda oral; Fosfosoda retal; Limpeza intestinal; Endoscopia baixa.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000400006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Discopatia cervical no cão: tratamento cirúrgico através de fenestração ventral. Estudo retrospectivo (1986-1997) Ciência Rural
Padilha Filho,João Guilherme; Selmi,André Luis.
Aproximadamente, 15% das discopatias em cães acometem a região cervical, sendo a dor o principal sinal clínico. Descreve-se a ocorrência de protrusão de disco cervical em 17 cães, agrupados segundo a raça, sexo, peso, idade, assim como a distribuição quanto à duração dos sintomas, acometimento dos discos intervertebrais (DIV), tempo de recuperação e porcentagem de sucesso, em relação à condição neurológica presente antes da cirurgia. A raça Dachshund representou 29,5% (n=5), cães sem raça definida, Poodle e Cocker Spaniel Inglês, 17,6% cada (n=9), Pinscher, 11,8% (n=2) e Dálmata, 5,9% (n=1). Destes, 58,8% eram machos (n=10) e 41,2%, fêmeas (n=7), com peso entre 2 e 29kg, e idade média igual a 5,8 anos. O quadro neurológico desses animais correspondia à dor...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Discopatia cervical; Fenestração ventral; Cão.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781999000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Displasia folicular em cão Ciência Rural
Cardoso,Mauro José Lahm; Franco,Sônia Regina Verde Silva; Fabris,Viciany.
A displasia folicular canina é uma dermatopatia incomum caracterizada clinicamente por alopecia e alterações na qualidade da pelagem. Relata-se o caso de um cão, sem raça definida, 7 meses de idade, macho, levado à consulta por apresentar alopecia progressiva disseminada. O diagnóstico anátomo-clínico da displasia folicular canina do caso ora descrito foi estabelecido pelos dados colhidos na resenha e anamnese, achados do exame dermatológico e osteomuscular e confirmado pelas alterações histológicas dos fragmentos de pele biopsiados. Este artigo visa relatar um caso de displasia folicular canina e comparar com outros casos descritos na literatura, pois são esparsos as descrições na literatura brasileira.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Displasia; Folicular; Pêlo; Cão.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000500024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distrator articular no diagnóstico radiográfico precoce da displasia coxofemoral em cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Tôrres,R.C.S.; Araújo,R.B.; Rezende,C.M.F..
Foram estudadas radiograficamente as articulações coxofemorais de 60 cães de diferentes raças (32 fêmeas e 28 machos), com o objetivo de se estabelecer o diagnóstico precoce da displasia coxofemoral (DCF). Os exames foram feitos em idade jovem (7,2± 1,2 meses) e repetidos em idade adulta (14,4± 1,6 meses). Utilizaram-se os métodos radiográfico convencional (MRC) e radiográfico por distração (MRD), feito com o auxílio de um dispositivo, especialmente idealizado e confeccionado para o experimento. Observou-se correlação (P<0,001) entre o índice de distração (ID) no primeiro exame e o ângulo de Norberg (AN) no segundo exame. O valor de referência do ID foi de 0,35. Os animais com ID superior ao valor de referência apresentaram sinais radiográficos de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Displasia coxofemoral; Índice de distração; Ângulo de Norberg; Cão.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352005000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuição espacial e temporal da raiva canina e felina em Minas Gerais, 2000 a 2006 Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Barbosa,A.D.; Silva,J.A.; Moreira,E.C.; Meneses,J.N.C.; Magalhães,D.F.; Menezes,F.L.; Oliveira,C.S.F..
Estudou-se a epidemiologia da raiva em cães e gatos, em Minas Gerais, e realizou-se um estudo descritivo de seu comportamento, de 2000 a 2006. Utilizaram-se, como fonte de dados, os relatórios mensais dos laboratórios do Centro de Controle de Zoonoses de Belo Horizonte e do Instituto Mineiro de Agropecuária. Os resultados demonstraram positividade de 1,5% para raiva canina e 0,7% para raiva felina. Houve tendência ao decréscimo do número de casos positivos de raiva canina (y = -3,2143x + 19,714) e também para a raiva felina, com apenas dois casos, ambos em 2000. As regiões com diagnóstico positivo coincidiram com as de menor desenvolvimento sócioeconômico.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Gato; Raiva; Distribuição espaço-temporal; Epidemiologia.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000400010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doença crônica da valva mitral em cães: avaliação clínica funcional e mensuração ecocardiográfica da valva mitral Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Muzzi,R.A.L.; Muzzi,L.A.L.; Araújo,R.B.; Lázaro,D.A..
Foram descritos os achados do exame físico em cães com degeneração mixomatosa crônica da valva mitral e mensurado o comprimento e a espessura das cúspides da valva mitral pelo exame ecocardiográfico. Utilizaram-se 81 cães de diferentes raças de pequeno a médio porte, com idade de 11,12± 2,51 anos e peso de 6,24kg± 3,19, dos quais 20 eram clinicamente normais (grupo-controle) e 61 apresentavam evidências clínicas de cardiopatia. Os animais foram distribuídos em três classes distintas segundo a insuficiência cardíaca congestiva (grupos I, II e III), de acordo com os dados do histórico e dos sinais clínicos apresentados. Ao exame ecocardiográfico, avaliaram-se as medidas das cúspides da valva mitral, que não apresentaram diferença entre os cães do grupo I e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Exame ecocardiográfico; Valva mitral; Coração.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000200009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doença renal medular cística em uma cadela Yorkshire Terrier: relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Feliciano,M.A.R.; Leite,C.A.L.; Silveira,T.; Cavalcanti,G.A.O.; Varaschin,M.S.; Vicente,W.R.R..
Uma cadela da raça Yorkshire Terrier apresentou hematêmese, distensão abdominal, poliúria e polidipsia. Após o exame clínico do paciente, estabeleceu-se a suspeita clínica de nefropatia. Os resultados dos exames laboratoriais revelaram anemia normocítica normocrômica e concentrações séricas de uréia (306mg/dl) e de creatinina (3,6mg/dl) acima dos valores de referência. Ao ultra-som bidimensional observaram-se áreas císticas hipoecóicas e anecóicas, padrão renal hipercogênico e perda da relação corticomedular. À necropsia, a região medular apresentou grande quantidade de cistos pequenos em meio a tecido conjuntivo fibroso. A lesão tubulointersticial cortical foi a responsável pela insuficiência renal resultante. Firmou-se diagnóstico de nefrite...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Doença renal medular cística; Nefrologia.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000400009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dopplerfluxometria das artérias renais: valores normais das velocidades sistólica e diastólica e do índice resistivo nas artérias renais principais Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Melo,M.B.; Veado,J.C.C.; Silva,E.F.; Moreira,S.M.; Passos,L.M.F..
Dopplerfluxometry of renal arteries has been used to estimate renal perfusion in humans. The aim of this study was to use Dopplerfluxometry technique to calculate the resistive index of main renal arteries in dogs, measuring their systolic and diastolic blood flow velocities. Twenty (10 males, 10 females), adult mongrel dogs, were used in this study. The dogs were submitted to Doppler sonographic evaluation of left and right main renal arteries. The systolic and diastolic blood flow velocities, expressed (in centimeters per second) as mean and standard deviation were 79.96± 8.82 and 28.86± 5.11 in the right main renal artery and 80.22± 6.99 and 29.62± 4.14 in the left main renal artery. The value of resistive index expressed as mean ± standard deviation...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Dopplerfluxometria; Artérias renais; Índice resistivo.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352006000400040
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dosagem sérica de troponina I em cães com desnível do segmento ST utilizando quimioluminescência Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Santos,A.L.F.; Larsson,M.H.M.A.; Pereira,G.G.; Santos,M.M.; Gutierrez,V.C.R..
Com o intuito de verificar algum dano nas células do miocárdio, utilizaram-se 38 cães, 20 com traçado eletrocardiográfico normal, grupo 1, e 18 com desníveis do segmento ST, grupo 2, em registro na derivação II, velocidade de 50mm/s e sensibilidade N (1mV=1cm). No grupo 1, a dosagem sérica da troponina I (cTnI) destinou-se à obtenção dos valores referenciais (ng/mL) que seriam confrontados com os obtidos no grupo 2. A média e o desvio-padrão foram, respectivamente, 0,16ng/mL e 0,11ng/mL e 0,20ng/mL e 0,11ng/mL, nos grupos 1 e 2. A cTnI não apresentou evidências de associação com idade, massa corpórea, creatinafosfoquinase total e potássio nos dois grupos. Não houve diferenças significativas nos valores de cTnI entre os grupos. Conclui-se que é possível a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Troponina I; Segmento ST; Eletrocardiografia.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352011000600008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Double-staining immunohistochemistry of canine mammary neoplasms Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Pereira,F.M.; Ferreira,E.; Leitão,D.R.A.; Cassali,G.D..
Descreve-se a técnica de dupla-marcação em imunoistoquímica aplicada a tumores mamários em cadelas incluídos em parafina. Foram utilizados dois tipos de neoplasia em que ocorre envolvimento de células epiteliais, mioepiteliais e mesenquimais, tumor misto benigno e carcinossarcoma. Foram testados dois anticorpos, AE1/AE3 para identificação de tecido epitelial e S100 como marcador de células mioepiteliais. A dupla marcarcação em imunoistoquímica pode ser utilizada como ferramenta importante na pesquisa e diagnóstico de lesões mamárias complexas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Glândula mamária; Imunoistoquímica; Neoplasia.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352006000400037
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ecobiometria ocular de cães glaucomatosos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Tramontin,M.H.; Montiani-Ferreira,F.; Froes,T.R..
Foram estudados olhos glaucomatosos de cães referidos no serviço de diagnóstico por imagem. Os pacientes foram submetidos à ultrassonografia em modo B de alta resolução para realização de biometria ocular, por meio da qual foram realizadas as seguintes medidas: espessura central da córnea, profundidade da câmara anterior, espessura da lente e profundidade da câmara vítrea. Para tal, foi realizada contenção física e instilado colírio anestésico. Foram aferidas a PIO e a paquimetria da córnea e, em seguida, foi realizada a ultrassonografia em modo B nos dois olhos. Além da diferença óbvia de PIO, maior nos bulbos glaucomatosos, os resultados mostraram-se estatisticamente significativos em dois parâmetros: aumento da profundidade da câmara vítrea nos casos de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Ultrassonografia ocular; Glaucoma; Buftalmia.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352014000401080
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ecocardiografia de cães da raça Yorkshire Terrier clinicamente normais Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Castro,M.G; Tôrres,R.C.S; Araújo,R.B; Muzzi,R.A.L; Silva,E.F.
Determinaram-se os parâmetros ecocardiográficos em modo-M normais de cães da raça Yorkshire Terrier. Foram utilizados 30 cães clinicamente sadios, com peso médio de 2,42±0,64kg e idades entre um e seis anos. O diâmetro do átrio esquerdo e da aorta, a dimensão interna do ventrículo esquerdo na diástole e na sístole, a espessura do septo interventricular na diástole e na sístole, e a espessura da parede posterior do ventrículo esquerdo na diástole e na sístole correlacionaram-se com o peso corporal. As demais variáveis do modo-M não se correlacionaram com peso corporal, sexo ou idade. Os valores ecocardiográficos obtidos neste estudo podem ser utilizados como referência para cães dessa raça.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Ecocardiografia; Modo-M; Coração.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352011000500006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ecocardiografia Doppler em cães neonatos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Alves,R.O.; Araújo,R.B.; Silva,E.F.; Viana,F.A.B.; Pena,J.L.B..
Utilizaram-se 10 cães neonatos (cinco machos e cinco fêmeas), obtidos a partir de cinco ninhadas (um casal de cada) com o objetivo de estabelecer o perfil ecodopplercardiográfico normal durante a fase neonatal (de um até 30 dias). Por meio do Doppler pulsado foram mensurados os picos de velocidade dos fluxos sangüíneos através das valvas mitral, tricúspide, aórtica e pulmonar. Observou-se correlação positiva de todas as mensurações com o peso corporal e a idade dos neonatos de ambos os sexos. Não houve diferenças significativas no padrão de velocidade dos fluxos sangüíneos estudados entre machos e fêmeas durante a fase neonatal.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Ecodopplercardiografia; Neonato.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352001000400004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ecocardiografia modo M em cães normais da raça Pastor Alemão (origem americana) do canil da polícia militar do estado de Minas Gerais, Brasil Ciência Rural
Muzzi,Ruthnéa Aparecida Lázaro; Araújo,Roberto Baracat de; Muzzi,Leonardo Augusto Lopes; Pena,José Luiz Barros.
Este estudo teve como objetivo estabelecer os índices ecocardiográficos modo-M normais de cães da raça Pastor Alemão do canil da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais. Sessenta cães clinicamente sadios foram submetidos ao exame ecocardiográfico. O diâmetro interno do ventrículo direito na diástole e do ventrículo esquerdo na diástole e na sístole, massa ventricular esquerda, dimensão do arco aórtico e átrio esquerdo, espessura do septo interventricular e parede posterior do ventrículo esquerdo na diástole e sístole tiveram correlações significativas com o peso corporal. A relação espessura do septo interventricular e parede posterior, no final da diástole, relação diâmetro do átrio esquerdo e aorta, porcentagem de espessamento sistólico do septo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ecocardiografia Modo-M; Coração; Cão.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000500013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ectopia ureteral unilateral congênita em uma cadela Teckel Dachshund com pelagem arlequim: relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Silva,M.N.; Larangeira,D.F.; Penha,E.M.; Oriá,A.P.; Costa Neto,J.M.; Barrouin-Melo,S.M..
O presente relato apresenta a primeira descrição de ectopia ureteral congênita na raça Teckel Dachshund, diagnosticada em uma cadela com pelagem arlequim. O animal, aos dois meses de idade, apresentava sinais de incontinência urinária e cistite bacteriana, sendo submetido a um plano diagnóstico para confirmação de ureter ectópico. A urografia excretora revelou hidroureter direito com desembocadura caudal ao trígono da bexiga. O exame físico do animal evidenciou ainda hérnia inguinal bilateral, o que reforçou a caracterização da origem congênita das alterações. Aspectos de bem-estar animal são também discutidos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Ureter ectópico; Incontinência urinária; Teckel Dachshund arlequim.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352012000600015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ectrodactilia em cão (Canis domestica) Ciência Rural
Oliveira,Daniela; Artoni,Silvana Martinez Baraldi.
O presente trabalho relata o caso de uma cadela sem raça definida, adulta, com deformidade na região distal do membro torácico esquerdo, a qual consistia de duplicidade do osso acessório do carpo, aplasia do primeiro carpiano, ausência dos ligamentos interósseos entre o terceiro e o quarto dígitos, alterações ósseas no quarto dígito e presença de um dígito supranumerário incompleto adjacente ao quarto dígito. Após análise dos defeitos concluiu-se tratar de uma malformação congênita, hereditária em cães, denominada ectrodactilia, associada à existência de um dígito supranumerário.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Ectrodactilia; Cão; Anatomia.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782002000600023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ectrodactilia em cão: relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Ferreira,M.P.; Alievi,M.M.; Beck,C.A.C.; Voll,J.; Muccillo,M.S.; Gomes,C..
Descreve-se um caso de ectrodactilia em um cão, sem raça definida e dois meses de idade. No exame clínico e radiográfico, foi verificada a separação óssea e de tecidos moles entre o segundo e o terceiro dígitos, estendendo-se proximalmente até a região distal do rádio e da ulna, e luxação do cotovelo ipsilateral. O animal foi submetido a procedimento cirúrgico para redução da luxação do cotovelo e reaproximação óssea e dos tecidos moles. Após 16 meses da cirurgia, o animal apresentava uso parcial do membro.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Ectrodactilia; Malformação congênita; Luxação de cotovelo.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352007000400015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da centrifugação e do líquido prostático homólogo na criopreservação de espermatozoides epididimários caninos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Melo,M.I.V.; Oliveira,J.V.S.; Valle,G.R.; Rachid,M.A.; Soares,F.C.G.; Matos,J.J.R.T..
Realizaram-se dois experimentos de criopreservação de espermatozoides epididimários caninos, investigando-se o efeito da centrifugação e da adição do líquido prostático sobre as características físicas do espermatozoide pós-descongelação. No experimento I, foi testado o efeito da centrifugação. As amostras congeladas sem centrifugação apresentaram pós-descongelação: motilidade total (MT) de 26,7±21,2%, motilidade progressiva (MP) de 21,2±20,1% e vigor espermático (V) de 2,2±1,3, e as congeladas após a centrifugação: MT de 23,9±17,9%, MP de 20,6±17,4% e V de 2,2±1,0. No teste de termorresistência, o período médio de duração com MT mínima de 10% foi de 165±21,2 minutos sem centrifugação e de 77,5±63,6 minutos para as centrifugadas, indicando maior...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Criopreservação; Espermatozóide epididimário.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352010000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da centrifugação sobre a qualidade do sêmen canino Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Cunha,I.C.N.; Lopes,M.D..
Avaliou-se o efeito da centrifugação sobre a viabilidade do sêmen canino e compararam-se três meios de diluição pré-centrifugação. Utilizaram-se 10 ejaculados completos de 10 cães que, após a avaliação inicial, foram divididos em quatro porções (grupos). Uma das amostras, não centrifugada, formou o grupo-controle; as outras foram diluídas em três diferentes meios e centrifugadas a 800 x g por 15 minutos, formando os grupos: CPSA - constituído por sêmen centrifugado em plasma seminal autólogo; CLG - sêmen centrifugado em meio à base de leite desnatado e glicose (LG); e CPer- sêmen centrifugado em gradientes de Percoll (45% e 90%). Após a centrifugação e a eliminação do sobrenadante, procedeu-se à ressuspensão de todas as porções do ejaculado em LG e à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Cão; Sêmen; Centrifugação; Diluidor.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000100015
Registros recuperados: 471
Primeira ... 456789101112 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional