Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de níveis séricos de imunoglobulina, proteína e o desempenho de bezerras da raça Holandesa. Repositório Alice
PAULETTI, P.; MACHADO NETO, R.; PACKER, I.U.; BESSI, R..
Os níveis séricos de imunoglobulina G, proteína total e o desempenho foram avaliados em 59 bezerras da raça Holandesa do nascimento até 60 dias de idade, em um delineamento experimental inteiramente casualizado em parcelas subdivididas no tempo. Os animais foram separados de acordo com a concentração inicial de imunoglobulinas séricas adquiridas passivamente e alocados nos seguintes grupos: grupo 1: animais com baixo nível de imunidade passiva (até 20 mg/mL de IgG); grupo 2: animais com nível médio de imunidade passiva (entre 20 a 30 mg/mL de IgG), e grupo 3: animais com alto nível de imunidade passiva (acima de 30 mg/mL de IgG). Picos de concentrações de proteína total em todos os grupos experimentais foram encontrados nos primeiros dias de vida,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Anticorpos; Colostro; Imunidade passiva; Anabolismo; Catabolismo; Antibodies; Colostrum; Passive immunity; Anabolism; Catabolism.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/106117
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de níveis séricos de imunoglobulina, proteína e o desempenho de bezerras da raça Holandesa PAB
Pauletti,Patricia; Machado Neto,Raul; Packer,Irineu Umberto; Bessi,Rosana.
Os níveis séricos de imunoglobulina G, proteína total e o desempenho foram avaliados em 59 bezerras da raça Holandesa do nascimento até 60 dias de idade, em um delineamento experimental inteiramente casualizado em parcelas subdivididas no tempo. Os animais foram separados de acordo com a concentração inicial de imunoglobulinas séricas adquiridas passivamente e alocados nos seguintes grupos: grupo 1: animais com baixo nível de imunidade passiva (até 20 mg/mL de IgG); grupo 2: animais com nível médio de imunidade passiva (entre 20 a 30 mg/mL de IgG), e grupo 3: animais com alto nível de imunidade passiva (acima de 30 mg/mL de IgG). Picos de concentrações de proteína total em todos os grupos experimentais foram encontrados nos primeiros dias de vida,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anticorpos; Colostro; Imunidade passiva; Anabolismo; Catabolismo.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2002000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modelo de simulação do crescimento e desenvolvimento de frangos de corte: descrição e implementação Ciência Rural
Vargas,Gilberto D’Avila; Dionello,Nelson Laurino; Brum,Paulo Antônio Rabenschlag de; Rutz,Fernando; Fialho,Flávio Bello.
O modelo construído tem como objetivos a simulação da manutenção, a deposição de proteína na carcaça e nas penas assim como a deposição de gordura na carcaça, e assume a existência de um pool de nutrientes disponíveis no corpo animal, sendo a simulação do metabolismo animal baseada no fluxo de entrada e saída de nutrientes desse pool. Os nutrientes vindos da ingestão de alimentos ou do catabolismo tecidual são removidos do pool com os destinos de mantença, deposição de proteína na carcaça, deposição de gordura na carcaça e deposição de proteína nas penas. O processo de simulação é dinâmico, com as exigências de mantença contabilizadas ao mesmo tempo das deposições de tecidos. Se não houver energia disponível em quantidade adequada para a mantença, o tecido...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tecido muscular; Tecido adiposo; Mantença; Catabolismo; Penas.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782005000200031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modelagem do crescimento e do desenvolvimento de frangos de corte: validação Ciência Rural
Vargas,Gilberto D'Avila; Dionello,Nelson Laurino; Brum,Paulo Antônio Rabenschlag de; Rutz,Fernando; Fialho,Flávio Bello.
Foi desenvolvido um modelo com o objetivo de simular o metabolismo basal, a deposição de proteína na carcaça e nas penas e a deposição de gordura na carcaça. O modelo assume a existência de um "pool" de nutrientes disponíveis no corpo animal, sendo a simulação do metabolismo animal baseada no fluxo de entrada e saída de nutrientes desse "pool". Os nutrientes vêm da ingestão de alimentos ou do catabolismo tecidual, são removidos do "pool" com os destinos de mantença, deposição de proteína na carcaça, deposição de gordura na carcaça e deposição de proteína nas penas. O processo de simulação é dinâmico, com as exigências de mantença contabilizadas ao mesmo tempo que as deposições de tecidos. Três conjuntos de dados foram utilizados para o processo de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tecido muscular; Tecido adiposo; Mantença; Catabolismo; Penas; Metabolismo; Deposição de tecido.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782006000500053
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da ordem de parto e da perda de peso durante a lactação no desempenho reprodutivo subsequente de matrizes suínas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Mellagi,A.P.G.; Panzardi,A.; Bierhals,T.; Gheller,N.B.; Bernardi,M.L.; Wentz,I.; Bortolozzo,F.P..
Investigou-se o efeito da ordem de parto (OP) e da perda de peso durante a lactação no desempenho reprodutivo de 666 matrizes suínas. Foram formadas três classes de OP (OP1, OP2 e OP3-5) e duas classes de percentual de perda de peso (≤1% e &gt;1%) durante a lactação. Foram avaliados: taxa de parto, intervalo desmame-estro (IDE) e tamanho da leitegada subsequente. Houve interação de OP versus perda de peso na taxa de parto das fêmeas (P<0,05). As fêmeas OP1 e OP2 tiveram maior chance (P<0,05) de não parir na classe &gt;1% de perda de peso. A maior perda de peso não foi um fator de risco para não parir na condição OP3-5 (P&gt;0,05). Não houve interação de OP versus perda de peso (P&gt;0,05) para IDE e total de leitões nascidos. Fêmeas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Suíno; Ordem de parto; Catabolismo; Lactação; Desempenho reprodutivo.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352013000300030
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional