Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ANESTESIA DISSOCIATIVA EM POTROS PELA ASSOCIAÇÃO DE DROPERIDOL E QUETAMINA Ciência Rural
Nunes,Newton; Marques,José Antonio; Ferreira,Homem Israel.
O objetivo deste trabalho foi verificar a viabilidade do droperidol como agente tranqüilizante em potros, associado a quetamina como droga produtora de anestesia dissociativa de curta duração. Foram empregados 10 potros, com idade de 2 a 6 meses, de ambos os sexos e com pesos compreendidos entre 50 e 210kg. Cada animal recebeu, por via intravenosa, 0,8mg/kg de droperidol e, decorridos 10 minutos, pela mesma via, 2mg/kg de quetamina Foram avaliados os parâmetros referentes às freqüências cardíaca e respiratória, temperatura retal, gases sanguíneos, pH e eletrólitos, imediatamente antes e após a aplicação das drogas a intervalos de 10, minutos, durante 30 minutos. A análise estatística mostrou estabilidade de parâmetros, exceto a freqüência respiratória e a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anestesia dissociativa; Potros; Quetamina; Droperidol.
Ano: 1992 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781992000300006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade antiarritmogênica da levomepromazina em cães submetidos à anestesia pela quetamina Ciência Rural
Nunes,Newton; Massone,Flávio; Pompermayer,Luiz Gonzaga; Pirolo,Josmari; Camacho,Aparecido Antonio.
Este experimento teve por objetivo avaliar a viabilidade do emprego da levomepromazina no bloqueio da atividade arritmogênica da adrenalina, em cães anestesiados pela quetamina. Para tal, foram utilizados 30 cães adultos, machos e fêmeas, considerados sadios, com pesos compreendidos entre 7 e 14kg. Estes foram divididos em 3 grupos de 10 animais (G1, G2 e G3). Aos cães de G1 foi administrada, por via intravenosa, adrenalina em doses de 3, 6, 9, 12 e 15 mg/kg, em intervalos de 10 minutos. Deste grupo, foram colhidos o tempo de duração do efeito da catecolamina (TA), estabelecido pela contagem da freqüência cardíaca e o número total de batimentos cardíacos de origem ectópica, produzidos pela adrenalina (ESV). Aos animais do G2, foi administrada solução...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Levomepromazina; Quetamina; Arritmia; Cães.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781999000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação cardiorrespiratória de cutias (da syprocta aguti ) anestesiadas com halotano sob regime de respiração espontânea e controlada MV&Z
Diniz, Bruno Leandro Maranhão; Clementino, Deygnon Cavalcanti; do Rêgo, Wagner Martins Fontes; Fernandes, Rozeverter Moreno; Cardoso, Fernanda Tércia Silva; Feitosa Junior, Francisco Solano; Brito, Danilo Rodrigues Barros; da Silva Júnior, José de Ribamar; Neves, Willams Costa; Batista, Maria do Carmo de Souza.
Foi avaliada a resposta cardiorrespiratória do halotano em 12 cutias (Dasyprocta prymnolopha) anestesiadas sob respiração espontânea ou controlada, seis machos e seis fêmeas. Foram avaliados temperatura retal (TR), frequência respiratória (FR), frequência cardíaca (FC) e a saturação de oxigênio (SpO2). Os animais foram divididos em dois grupos, de acordo com o regime de ventilação utilizado. GI foi mantido em regime de ventilação espontânea (VE) e GII em regime de ventilação controlada (VC) com frequência ventilatória de 32 resp/min, com aparelho ciclando a volume de 10 ml/kg de peso vivo, sendo os animais mantidos em planos cirúrgicos. Todos os animais receberam a associação de quetamina (20 mg/kg) e midazolam (0,5 mg/kg) na mesma seringa (IM). Os animais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cutia; Quetamina; Midazolan; Halotano.
Ano: 2014 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/23702
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de alguns parâmetros ecocardiográficos do gato-do-mato (Leopardus tigrinus), mantido em cativeiro e submetido à anestesia com xilazina e quetamina Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Carvalho,P.S.L.; Pereira,G.G.; Petrus,L.C.; Soares,E.C.; Michima,L.E.; Larsson,M.H.M.A..
Avaliaram-se alguns parâmetros ecocardiográficos em modos B, M e Doppler de 27 gatos-do-mato, Leopardus tigrinus, pequeno felídeo selvagem, mantidos em cativeiro e submetidos à anestesia com 1 a 2mg/kg de xilazina e 10mg/kg de quetamina. Observaram-se alterações dos parâmetros cardiovasculares quando os resultados foram comparados aos do gato doméstico (Felis catus) não anestesiado.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gato-do-mato; Leopardus tigrinus; Felis catus; Parâmetros ecocardiográficos; Quetamina; Xilazina.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352007000300022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de protocolo de sedação e analgesia em caititus (Tayassu tajacu) para coleta de sêmen por eletroejaculação. Repositório Alice
KAHWAGE, P. R.; GARCIA, A. R.; BARTHA, M. M. P.; GUIMARÃES, D. A. A.; LUZ-RAMOS, R. S.; DIAS, H. L. T.; ALBUQUERQUE, N. I. de; OHASHI, O. M..
2008
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Porco selvagem; Contenção de animal; Imobilização de animal; Acepromazina; Quetamina; Tayassu; Eletro ejaculação.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/409205
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Evaluation of the importance of the porta-renal system in parrots (Amazona aestiva) MV&Z
Cruz, Mariângela Lozano; Luna, Stelio Pacca Loureiro; Castro, Gladys Bastos; Massone, Flávio; Teixeira Neto, Francisco José.
When injected in the thigh muscles of a bird, the local capillaries absorb the drug and the blood flow goes to the external iliac vein that has a porta-renal valve close to the kidney. Controlled by the autonomous nervous system, this valve can be opened or closed by the sympathetic or parasympathetic stimuli respectively. When opened, the blood flow goes to the renal vein then to the vena cava and reaches the systemic circulation. However, when the valve is closed, the blood flow goes to the renal parenchyma where it is mixed with the arterial blood. Thus, the kidney can excrete the drug that was given before it reaches the systemic circulation. The objective of this study was to evaluate the efficacy of ketamine when injected into the thigh or breast...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Psittacidae; Parrot; Porta-renal system; Ketamine psitacídeo; Papagaio; Sistema porta renal; Quetamina.
Ano: 2001 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/3342
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Parametria da associação do midazolam ou diazepam em cães pré-tratados pela atropina e tratados pela dexmedetomidina e quetamina Ciência Rural
Hatschbach,Eduardo; Massone,Flávio; Santos,Gustavo José von Glehn; Beier,Suzane Lílian.
Em Anestesiologia Veterinária, busca-se continuamente a contenção farmacológica para estabelecer tratamentos, cruentos ou não, permitindo manipulações seguras e duradouras, dispensando a anestesia geral sem alterar, sobremaneira, os parâmetros fisiológicos. Visou-se empregar a dexmedetomidina em associação com a quetamina e o midazolam ou diazepam. A técnica anestésica foi aplicada em 30 cães hígidos, machos ou fêmeas, com pesos de 10 a 15kg e idades de 2 a 4 anos, distribuídos aleatoriamente em três grupos (GI, GII, GIII). O grupo I recebeu um pré-tratamento de atropina (0,044mg kg-1 SC), e após 15 minutos, a dexmedetomidina (3mg kg-1 IV), em dose única, aplicada durante dois minutos e uma dose de manutenção de dexmedetomidina (3mg kg h-1) juntamente com...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Dexmedetomidina; Quetamina; Benzodiazepínicos; Infusão contínua; Cão.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782006000200027
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Técnicas anestésicas injetáveis em capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris, Linné) Ciência Rural
Cruz,Mariângela Lozano; Luna,Stelio Pacca Loureiro; Moura,Claudio Alves; Castro,Gladys Bastos de; Teixeira Neto,Francisco José; Nishida,Silvia Mitiko.
Neste experimento objetivou-se avaliar diferentes técnicas anestésicas em capivaras. Foram utilizadas 50 capivaras, sendo 23 machos e 27 fêmeas, adultas, de peso médio estimado em 36 ± 7kg. Foram realizados 3 grupos experimentais: G1(n=20) - xilazina (1mg/kg) e quetamina (15mg/kg); G 2 (n=15) - midazolam (0.5mg/kg) e quetamina (15mg/kg) e G 3 (n=15) - romifidina (0,1mg/kg) e quetamina (15mg/kg). Todas as drogas acima citadas foram associadas na mesma seringa e administradas pela via intramuscular com a utilização de dardos e zarabatana confeccionados artesanalmente. A freqüência cardíaca e respiratória e a temperatura retal foram avaliadas a cada 15 minutos, por até 60 minutos após a administração dos anestésicos. Também foi observado o período de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Capivara; Hydrochoerus hydrochaeris; Roedor; Anestesia; Quetamina; Romifidina; Midazolam; Xilazina.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781998000300010
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional