Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Experiências inovadoras de agricultores familiares na Amazônia oriental brasileira, nordeste paraense. Repositório Alice
OLIVEIRA, J. S. R. de; KATO, O. R..
O objetivo deste estudo foi de compreender as experiências inovadoras de alguns agricultores familiares, localizados nos municípios de Irituia, São Domingos do Capim, Concórdia do Pará e Mãe do Rio na Amazônia Oriental, Nordeste Paraense, donde não se limitaram ao sistema tradicional de corte e queima ? as tradicionais roças, que atualmente se encontra em crise e que era a principal atividade produtiva desses atores. Os mesmos, inicialmente, não tiveram apoio do aporte científico normativo da pesquisa e extensão, muito menos acesso ao crédito. Em suas Unidades de Produção Familiares (UPFs) transformaram as paisagens locais estendendo os tradicionais sítios ou quintais que circundavam suas moradias para outras parcelas produtivas na forma Sistemas...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Sistema de Corte e Queima; Sistemas Agroflorestais; Territorialidade; Agricultura Familiar; Corte; Queimada.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1120067
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento social do pirá-brasília, Simpsonichthys boitonei Carvalho (Cyprinodontiformes, Rivulidae) Zoologia
Shibatta,Oscar A..
O comportamento social do pirá-brasília, Simpsonichthys boitonei Carvalho, 1959, pode ser dividido em dois grupos: o reprodutivo e o agonístico. No comportamento reprodutivo observou-se que o macho corteja a fêmea quando ela se aproxima, através do estremecimento do corpo e mudança no padrão de colorido, de vermelho para azul escuro. O macho conduz a fêmea até o substrato, onde se enterram e realizam a desova após compressão lateral do corpo do macho sobre a fêmea. O ritual de desova repete-se várias vezes até que a fêmea se afaste. O comportamento agonístico é mais freqüente entre machos, mas pode ocorrer ocasionalmente entre machos e fêmeas e entre fêmeas. Os padrões comportamentais que caracterizam ameaça são: extensão das nadadeiras, abrir e fechar da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Comportamento agressivo; Peixes anuais; Reprodução; Territorialidade.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752006000200010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Interacões no agroecossistema como prática de construção coletiva do conhecimento agroecológico. Repositório Alice
MATTOS, C.; STRAUCH, G.; NAZÁRIO, R.; AMANCIO, C. O. da G.; AMÂNCIO, R..
bitstream/item/168398/1/AMANCIO-interacoes-no-agroecossistema.pdf
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Territorialidade; Complexidade; Dialocidade; Interdisciplinaridade.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1081752
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Árvore problema como ferramenta para problematizar realidade local em planejamento participativo para projeto de desenvolvimento rural. Repositório Alice
DIAS, K. R.; CASTRO, M. M.; CAVALCANTE, F. R. A.; FERNANDES, F. E. P.; FERNANDES, C. de S.; FARIAS, J. L. de S..
Resumo: Objetivou-se descrever o uso da árvore problema como ferramenta para problematizar o planejamento participativo em projeto de desenvolvimento rural. A estratégia metodológica foi a pesquisa participativa com a adoção de Metodologia de inovação social, para a identificação de problemas e a sua priorização com técnicas de visualização. A árvore problema foi aplicada no entendimento das causas e efeitos da falta da autonomia de instalações para produção animal. Os dados foram qualitativos e analisados pela análise de conteúdo. Palavras-chave: agricultura familiar; agroecologia; ferramenta participativa; sustentabilidade. [Problem tree as a tool to problematize local reality in participatory planning for rural development project]. Abstract: The...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Agroecologia; Ferramenta participativa; Sustentabilidade; Construção coletiva do conhecimento; Territorialidade; Sustentare; Brasil; Participatory rural appraisal; Participatory communication; Collective farming; Agricultura Familiar; Desenvolvimento Comunitário; Desenvolvimento Rural; Desenvolvimento Sustentável; Projeto de Desenvolvimento; Comunidade Rural; Agroecology; Environmental sustainability; Social sustainability; Brazil; Semiarid zones; Rural communities; Rural development; Rural families.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1095164
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A autonomia como propriedade do agroecossistema para redesenhar subsistemas de criação animal: diagnóstico e proposta de desenvolvimento rural. Repositório Alice
RODRIGUES, T. M. M.; FERNANDES, F. E. P.; FERNANDES, C. de S.; OSTERNO, J. J.; FARIAS, J. L. de S..
Resumo: A autonomia é a característica principal dos subsistemas de criação de agroecossistemas familiares para construção de plano de redesenho. Objetivou-se analisar cinco propriedades do agroecossistema de subsistemas de criação de animais. O diálogo com os agricultores é importante para iniciar esse redesenho, para conhecer as características a serem modificadas com a finalidade de melhorar a sustentabilidade dos agroecossistemas de agricultores familiares. Neste trabalho foi adotada a pesquisa de abordagem qualitativa em um grupo social participante de projeto de desenvolvimento rural sustentável com os dados analisados pela análise de conteúdo. [Autonomy as property of agroecosystem to redesign livestock production subsystems: diagnosis and proposal...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Agroecologia; Sustentabilidade; Construção coletiva de conhecimento; Territorialidade; Collective farming; Brasil; Região Nordeste; Agricultura Familiar; Desenvolvimento Rural; Desenvolvimento Sustentável; Comunidade Rural; Family farms; Agroecology; Social sustainability; Rural communities; Rural development; Rural and Agricultural Sociology; Rural families; Environmental sustainability; Sustainable communities.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1095153
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
The socio-ecological Nexus+ approach used by the Brazilian Research Network on Global Climate Change. Repositório Alice
ARAUJO, M.; OMETTO, J.; RODRIGUES FILHO, S.; BURSZTYN, M.; LINDOSO, D. P.; LITRE, G.; GAIVIZZO, L.; FERREIRA, J. L.; REIS, R. M.; ASSAD, E. D..
Abstract: The Brazilian Research Network on Global Climate Change (Rede CLIMA) is an interdisciplinary network composed of 16 research groups, which interact in different levels and programs. This work aims at building climate change cause-effect research from a Nexus+ perspective, considering the added value of flexibility and adaptability of the concept. The article draws on the Nexus literature alongside a case study in São Francisco River Basin, Northeast Brazil. An additional pillar to the Nexus approach is proposed here, the socio-ecological security, which can be defined as a political-territorial dimension of coupled social and ecological systems. A collaborative research-practice frame was applied to the study region, a hotspot of climate...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Vulnerabilidade climática; Vulnerabilidade social; Territorialidade; Mudança Climática; Recurso Hídrico; Energia; Produção de Alimentos; Segurança Alimentar; Climate change; Territoriality; Water resources; Food production; Food security; Energy.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1112379
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional