Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização da área foliar de Merremia aegyptia Planta Daninha
Bianco,S; Carvalho,L.B; Panosso,A.R; Bianco,M.S.
O conhecimento da área foliar de plantas daninhas pode auxiliar o estudo das relações de interferência entre elas e as culturas agrícolas. O objetivo desta pesquisa foi determinar uma equação matemática que estime a área foliar de Merremia aegyptia, a partir da relação entre as dimensões lineares dos limbos foliares. Folhas da espécie foram coletadas de diferentes locais na Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal, Brasil, medindo-se o comprimento (C), a largura máxima (L) e a área foliar de três tipos de folíolos. Foram estimadas equações lineares (Y = a*X) para cada tipo de folíolo. A área foliar da espécie pode ser estimada pelo somatório das áreas dos limbos foliares de cada tipo de folíolo, por meio da equação AFest = 0,547470(X) + 1,145298(Y) +...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Planta daninha; Crescimento; Corda-de-viola.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582009000500007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estimativa da área foliar de Synedrellopsis grisebachii usando método não destrutivo Planta Daninha
Carvalho,L.B; Bianco,M.S; Bianco,S.
A área foliar é uma das principais características usadas para avaliar o crescimento vegetal. O objetivo desta pesquisa foi determinar uma equação matemática para estimar a área foliar de Synedrellopsis grisebachii - uma importante planta daninha no Brasil - a partir de dimensões lineares dos limbos foliares. Duzentas folhas foram medidas em comprimento (C), largura máxima (L) e área foliar real (AF). Os dados de AF e CxL foram submetidos à análise de regressão linear, determinando-se uma equação matemática para estimar a área foliar da espécie. A correlação entre os valores de área foliar real e estimada foi significativa. Portanto, a área foliar de S. grisebachii pode ser estimada satisfatoriamente pela equação: AF = 0,730829(C×L).
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Agriãozinho; Biometria; Crescimento; Equação matemática.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582011000500008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Interferência de plantas daninhas na cultura da cenoura (Daucus carota) Planta Daninha
Coelho,M; Bianco,S; Carvalho,L.B.
A cenoura é uma importante hortaliça no Brasil, cuja produtividade pode ser muito reduzida devido à interferência de plantas daninhas. O objetivo desta pesquisa foi avaliar efeitos de períodos de convivência das plantas daninhas na produtividade da cenoura cultivar "Brasília" e na comunidade de plantas daninhas. Os tratamentos foram constituídos de períodos crescentes de convivência ou controle das plantas daninhas. A comunidade de plantas daninhas foi avaliada quanto a número de indivíduos, matéria seca acumulada e frequência de ocorrência das espécies, e a cultura, quanto à produtividade comercial. As principais plantas daninhas foram Ageratum conyzoides, Digitaria nuda, Eleusine indica e Lepidium virginicum. A presença da comunidade de plantas daninhas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Daucus carota; Períodos de interferência; Plantas daninhas.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582009000500004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Períodos de interferência de plantas daninhas na cultura do quiabo Planta Daninha
Bachega,L.P.S; Carvalho,L.B; Bianco,S; Cecílio Filho,A.B.
Poucas pesquisas têm sido realizadas sobre interferência de plantas daninhas na cultura do quiabo. Objetivou-se com este trabalho estimar os períodos de interferência da comunidade infestante no quiabeiro. Um experimento de campo foi conduzido sob dois grupos de tratamentos, mantendo períodos crescentes de 0 (testemunha), 7, 21, 28, 35, 42, 49, 63, 77, 91 e 105 dias após a emergência da cultura (DAE), com e sem controle das plantas daninhas. As plantas daninhas com maior importância relativa foram Portulaca oleracea, Nicandra physaloides e Eleusine indica. A convivência do quiabeiro com as plantas daninhas por todo o ciclo de cultivo reduziu a produtividade da cultura em 95%. O período anterior à interferência foi de 57 DAE, enquanto o período total de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abelmoschus esculentus; Comunidade infestante; Convivência; Competição.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582013000100007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sourgrass densities affecting the initial growth and macronutrient content of coffee plants Planta Daninha
Carvalho,L.B; Alves,P.L.C.A; Bianco,S.
The objective of this work was to evaluate the coexistence effects of coffee (Coffea arabica) with densities of sourgrass (Digitaria insularis) on crop macronutrient content and plant growth. The experiment was conducted in plots where one coffee plant was maintained in coexistence with 0 (weed-free check), 1, 2, 4, 8, and 16 sourgrass plants, using a completely randomized design with three replicates. Reduction of coffee growth and macronutrient content, except P that increased, started when the coexistence occurred with sourgrass plants in a density of 1 plant per plot. In general, macronutrient content was reduced by 18-50%, while growth characteristics were reduced by 9-41%, when coffee plants coexisted with 16 plants of sourgrass. Thus, sourgrass...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Coffea arabica; Digitaria insularis; Competition; Additive experiment; Nutrients.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582013000100012
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional