Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Araceae do Parque Estadual do Rio Doce, MG, Brasil Acta Botanica
Temponi,Lívia Godinho; Garcia,Flávia Cristina Pinto; Sakuragui,Cássia Mônica; Carvalho-Okano,Rita Maria de.
O presente trabalho consta do estudo taxonômico das espécies de Araceae que ocorrem no Parque Estadual do Rio Doce, com chaves dicotômicas, descrições e ilustrações botânicas. Foram realizadas excursões mensais de maio/1999 a abril/2000 para coleta do material botânico, ao longo de 11 trilhas preestabelecidas nas regiões central e sul do parque. São reconhecidas 13 espécies, pertencentes a oito gêneros, sendo Philodendron o mais representativo com três espécies. Quatro das espécies encontradas no Parque são novos registros para Minas Gerais: Asterostigma concinnum Schott, Heteropsis flexuosa (Kunth) G.S. Bunting, Philodendron speciosum Schott e Philodendron vargealtense Sakuragui.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Araceae; Taxonomia; Floresta Atlântica; Parque Estadual do Rio Doce.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062006000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cleistogamia em Ruellia menthoides (Nees) Hiern e R. brevifolia (Pohl) C. Ezcurra (Acanthaceae) em fragmento florestal do Sudeste brasileiro Acta Botanica
Lima,Natália A. de Souza; Vieira,Milene Faria; Carvalho-Okano,Rita Maria de; Azevedo,Aristéa Alves.
São abordados a morfologia e a biologia floral de Ruellia menthoides (Nees) Hiern e R. brevifolia (Pohl) C. Ezcurra, na Reserva Florestal Mata do Paraíso, remanescente de Floresta Atlântica, em Viçosa, Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil. Ruellia menthoides e R. brevifolia são espécies cleistógamas, ou seja, apresentam dimorfismo floral, produzindo flores casmógamas normais (CA) e cleistógamas (CL). Além disso, formas intermediárias entre esses tipos florais (flores casmógamas reduzidas e semicleistógamas) também são observadas. Em R. menthoides a cleistogamia é inédita, ampliando o número de espécies desse gênero com esse mecanismo reprodutivo. A alogamia, nessas espécies, é favorecida pela produção de flores CA hercogâmicas, especialmente em R....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cleistogamia; Floresta Atlântica; Morfologia floral; Polimorfismo floral; Ruellia.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062005000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cyperaceae do Parque Estadual Paulo César Vinha, Guarapari, Espírito Santo, Brasil Acta Botanica
Martins,Márcio Lacerda Lopes; Carvalho-Okano,Rita Maria de; Luceno,Modesto.
Este trabalho consiste no levantamento dos representantes de Cyperaceae da restinga do Parque Estadual Paulo César Vinha, Guarapari, Brasil. A família está representada no local por 38 espécies. São apresentadas descrições, ilustrações, chaves de identificação e comentários para todos os táxons.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cyperaceae; Flora; Restinga; Espírito Santo; Brasil.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061999000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Leguminosae, Papilionoideae no Parque Estadual do Rio Doce, Minas Gerais, Brasil. II: árvores e arbustos escandentes Acta Botanica
Bortoluzzi,Roseli Lopes da Costa; Carvalho-Okano,Rita Maria de; Garcia,Flávia Cristina Pinto; Tozzi,Ana Maria Goulart de Azevedo.
Este estudo relata o levantamento florístico de táxons de Papilionoideae arbóreos e arbustivo-escandentes em floresta semidecídua, no Parque Estadual do Rio Doce, localizado ao leste de Minas Gerais. O trabalho de campo foi realizado no período de abril/1998 a maio/1999, quando foram conduzidas visitas mensais para coletas de material botânico ao longo de trilhas e da estrada principal. O levantamento resultou em 22 táxons pertencentes a oito gêneros. São apresentados chave de identificação, descrições, ilustrações e comentários sobre os táxons analisados.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Leguminosae; Papilionoideae; Florística; Parque Estadual do Rio Doce; Floresta semidecidual.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062004000100006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Piperaceae C. Agardh da Estação Experimental Mata do Paraíso, Viçosa, MG Acta Botanica
Carvalho-Okano,Rita Maria de; Alves,Silvio André Meirelles.
Este trabalho consistiu no levantamento dos representantes de Piperaceae na Estação Experimental Mata do Paraíso, no município de Viçosa, MG (20º42'S e 42º55'W), coberta por Floresta Estacionai Semidecidual Montana. No período de março/97 a junho/98 foram realizadas 30 visitas quinzenais à Estação para coleta de material botânico que se encontra depositado no herbário VIC da Universidade Federal de Viçosa. Foram reconhecidos 18 táxons distribuídos nos gêneros Piper L. com 14 espécies, Ottonia Spreng. com três e Pothomorphe Miq. com uma espécie. As espécies mais abundantes foram Piper caldense C.DC., Piper gaudichaudianum Kunth e Piper vicosanum Yunck. São apresentadas chaves para identificação dos gêneros e espécies, descrições, ilustrações e comentários.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Piperaceae; Taxonomia; Florística.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061998000400017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Rubiaceae Juss. da Reserva Florestal Mata do Paraíso, Viçosa, MG, Brasil Acta Botanica
Pereira,Zefa Valdivina; Carvalho-Okano,Rita Maria de; Garcia,Flávia Cristina Pinto.
Este trabalho consiste no levantamento florístico e estudo taxonômico da família Rubiaceae, da Reserva Florestal Mata do Paraíso, Viçosa, MG. Foram registrados para a Reserva 14 gêneros compreendendo 30 espécies. Destas, 19 apresentaram hábito arbustivo e 11 são herbáceos. Os gêneros com maior número de espécies foram Psychotria (10 espécies), Borreria (quatro), Coccocypselum (três) e Coussarea e Palicourea (duas). Bathysa, Chiococca, Coutarea, Diodia, Faramea, Galium, Mitracarpus, Richardia e Rudgea apresentaram uma única espécie cada. São fornecidas neste trabalho chaves analíticas, descrições, ilustrações, comentários taxonômicos e distribuição geográfica para cada espécie.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubiaceae; Taxonomia; Florística; Floresta semidecidual.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062006000100020
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional