Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Água aquecida e radiação UV-C no controle pós-colheita de Cryptosporiopsis perennans em maçãs PAB
Bartnicki,Vinícius Adão; Valdebenito-Sanhueza,Rosa Maria; Amarante,Cassandro Vidal Talamini do; Castro,Luis Antônio Suita de; Rizzatti,Mara Regina; Souza,João Antônio Vargas de.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a colonização de Cryptosporiopsis perennans na epiderme de maçãs e a eficiência da aplicação de água aquecida e radiação UV-C no controle desse patógeno. Em maçãs submetidas à inoculação de C. perennans, a colonização de lenticelas e das áreas adjacentes pelo patógeno foi avaliada por microscopia eletrônica de varredura. A sensibilidade dos conídios de C. perennans aos tratamentos foi avaliada em suspensão aquosa, às temperaturas de 28, 45, 50 e 55ºC, por 15 e 30 s, e às doses de radiação UV-C de 0,018, 0,037, 0,075, 0,150, 0,375, 0,750, 1,500 e 3,000 kJ m-2. Em maçãs submetidas à inoculação de C. perennans, foram avaliados os efeitos de 0,375, 0,750 e 1,500 kJ m-2 de radiação UV-C e da aspersão de água aquecida à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Malus domestica; Desinfestação; Podridão-olho-de-boi; Pós-colheita; Radiação UV-C; Tratamento térmico.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2010000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomy, chlorophyll content and photosynthetic potential in grapevine leaves under plastic cover Rev. Bras. Frutic.
Chavarria,Geraldo; Santos,Henrique Pessoa dos; Castro,Luis Antônio Suita de; Marodin,Gilmar Arduíno Bettio; Bergamaschi,Homero.
The present study evaluated the anatomy, chlorophyll content and photosynthetic potential of grapevine leaves grown under plastic cover. The experiment was carried out in vineyards of Moscato Giallo cultivar covered and uncovered with plastic. A block design with 10 selected plants was used for each area (covered and uncovered). Twelve leaves (six of them fully exposed to solar radiation and six grown under shaded conditions) were collected from each area and were fixed and analyzed microscopically (thickness of the adaxial and abaxial epidermis and of the palisade and spongy parenchymas). Chlorophyll content and photosynthetic potential were determined in the vineyard at veraison and after harvest. Plastic covering increased the thickness of the palisade...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vitis vinifera; Adaptation; Grapevine; Protected crop; Microclimate.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452012000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Indução de resistência sistêmica à antracnose em feijoeiro-comum pela raça delta avirulenta de Colletotrichum lindemuthianum PAB
Campos,Ângela Diniz; Hampe,Magdolna Maria Vozarí; Ferreira,Alfredo Gui; Antunes,Irajá Ferreira; Castro,Luis Antônio Suita de.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial da raça delta avirulenta do fungo Colletotrichum lindemuthianum, como protetora contra raças virulentas deste fungo e quanto à capacidade de induzir resistência sistêmica em feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris). Quatro cultivares de feijoeiro foram avaliadas quanto às alterações nas atividades de beta 1,3 glucanase e quitinase, em dois estádios de desenvolvimento (V2 e R6), três dias após a aplicação de suspensão de esporos de C. lindemuthianum raça delta avirulenta, em comparação com aplicações de água e ácido salicílico. As plantas foram, então, infectadas com o patótipo virulento 33/95 de C. lindemuthianum em suspensão e, depois de cinco dias, foram reavaliadas quanto à atividade das enzimas....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Phaseolus vulgaris ácido salicílico beta 1; 3 glucanase controle biológico enzimas hidrolíticas quitinase.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2009000100003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Metodologia para observação da camada de cera em maçãs, utilizando microscopia eletrônica de varredura Rev. Bras. Frutic.
Castro,Luis Antônio Suita de; Sanhueza,Rosa Maria Valdebenito; Cantillano,Rufino Fernando Flores; Rocha,Nara Eliane Moreira.
A estrutura mais superficial da epiderme dos frutos é constituída por fina camada de cera, responsável por mecanismos de proteção, principalmente relacionados à evapotranspiração e ao ataque de patógenos. A visualização de cera por microscopia eletrônica de varredura apresenta dificuldades no processamento da amostra, pois os métodos rotineiramente utilizados ocasionam sérios danos a esta camada ou, simplesmente, provocam sua eliminação devido ao processo de solubilização causado pelos reagentes utilizados. Alguns autores têm utilizado temperaturas baixas (-90ºC) para o processamento de amostras. No Brasil, tentativas de observação de cera em maçãs, utilizando a microscopia eletrônica de varredura, têm sido realizadas; entretanto, os resultados não foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Malus domestica; Epiderme; Visualização.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452002000300053
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propagação vegetativa do pessegueiro por alporquia Rev. Bras. Frutic.
Castro,Luis Antônio Suita de; Silveira,Carlos Augusto Posser.
A produção de mudas de frutíferas perenes está baseada na multiplicação vegetativa por manter as características da planta de origem. No pessegueiro, as mudas são obtidas por enxertia de gema ativa. Como não existem relatos de utilização da alporquia na multiplicação do pessegueiro, este trabalho teve como objetivo avaliar sua eficiência na propagação desta frutífera. O experimento foi realizado na Embrapa Clima Temperado, Pelotas-RS, nos meses de junho a setembro de 2001 com as cultivares Chirua e Maciel. A alporquia foi realizada em quatro épocas. As plantas, na época I (06-06), apresentavam-se dormentes. Nas demais épocas, apresentavam flores no estádio de balão ou abertas (épocas II e III - 26-06 e 16-07), enquanto, na época IV (08-08), possuíam...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Propagação; Enraizamento; Mergulhia aérea; Prunus persica.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000200051
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional