Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A SUSTENTABILIDADE DAS RESERVAS EXTRATIVISTAS PELA PERSPECTIVA DA ECONOMIA ECOLÓGICA AgEcon
Cavalcanti, Francisco Carlos Da Silveira; Maciel, Raimundo Claudio Gomes; Mangabeira, Joao Alfredo De Carvalho; Reydon, Bastiaan Philip.
As Reservas Extrativistas (RESEX) são áreas de domínio público, com uso concedido às populações extrativistas tradicionais, cuja subsistência baseia-se no extrativismo e na agricultura de subsistência e na criação de animais de pequeno porte, e têm como objetivos básicos proteger os meios de vida e a cultura dessas populações, e assegurar o uso sustentável dos recursos naturais da unidade. Porém, o aumento da área para agropecuária dentro das reservas vem aumentando e, assim, o desmatamento. O presente estudo tem como objetivo promover uma reflexão sobre a regulamentação ambiental e suas conseqüências, bem como sobre a organização popular como instrumento capaz de deter o desmatamento na Amazônia. Neste sentido, as RESEX, resultado da luta política e...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Sustentabilidade; Reservas Extrativistas; Economia Ecológica; Amazônia; Regulamentação ambiental; Sustainability; Extractivist Reserves; Ecological Economics; Amazon; Environmental regulation; Resource /Energy Economics and Policy.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/113395
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA NA AMAZÔNIA: 23 anos de monitoramento da agricultura em Machadinho d’Oeste - RO AgEcon
Mangabeira, Joao Alfredo De Carvalho; Miranda, Evaristo Eduardo De; Grego, Celia R.; Oliveira, Aryeverton F. De.
O projeto de assentamento de Machadinho d’Oeste, RO, na fronteira agrícola da Amazônia Ocidental, criado há 23 anos atrás como um projeto de colonização agrícola, vem sendo acompanhado por uma equipe de pesquisadores da Embrapa Monitoramento por Satélite. Os pesquisadores acompanharam um grupo de 438 famílias de produtores rurais oriundos, principalmente, das Regiões Sul e Sudeste do país, que ocuparam lotes e praticaram atividades de produção familiar. O monitoramento é realizado por intermédio de métodos baseados na utilização de imagens de satélite, sistemas de informações geográficas (SIG) e tratamentos numéricos. A extensa base de dados tem sido utilizada para análise da evolução e diferenciação da pequena agricultura familiar em termos da produção...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Sustentabilidade agrícola; Amazônia; Agricultura Familiar; Assentamento Rural; Desenvolvimento Rural; Community/Rural/Urban Development; Environmental Economics and Policy.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/117266
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional