Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Denervação capsular percutânea no tratamento da displasia coxofemoral canina Ciência Rural
Selmi,André Luis; Penteado,Bianca Mota; Lins,Bruno Testoni.
A displasia coxofemoral canina (DCF) é uma afecção ortopédica freqüente, comumente dolorosa, decorrente de instabilidade e que leva à doença articular degenerativa. Várias formas de tratamento cirúrgico são descritas, entre elas a denervação capsular a céu aberto. Neste trabalho, é descrita a denervação capsular percutânea e seus efeitos em 92 cães com sensibilidade dolorosa na articulação do quadril atribuída à DCF. Foram avaliados os seguintes aspectos: o grau de claudicação (CLAUD), a dor por escala analógica visual, a perimetria da coxa (PC) e os graus máximos de extensão (GME) e flexão (GMF) passiva do quadril imediatamente antes da cirurgia e aos sete, 15, 30, 180 e 360 dias de pós-operatório (p.o.). Os animais foram pré-medicados e submetidos à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Denervação capsular percutânea; Displasia coxofemoral; Cães.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000200022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desnervação capsular percutânea ou aberta no tratamento da dor na displasia coxofemoral canina Ciência Rural
Silva,Gisele Francine da; Carvalho,Amanda Viana; Penteado,Bianca Mota; Lins,Bruno Testoni; Selmi,André Luis.
A desnervação capsular (DC) se baseia na desperiostização da borda acetabular e tem sido utilizada como uma das técnicas de alívio da dor articular em cães displásicos. Compararam-se as técnicas de DC percutânea e aberta, aplicadas em 25 cães, que apresentaram diagnóstico clínico e radiográfico de displasia coxofemoral, totalizando 31 cirurgias. Os efeitos das técnicas foram comparados, em período de 180 dias, por meio de avaliação subjetiva de claudicação e dor, perimetria da coxa, graus máximos de flexão e extensão da articulação coxofemoral e amplitude de movimento articular. Os graus de claudicação e dor apresentaram decréscimo significativo ao longo do período avaliado em ambos os grupos, sem apresentarem diferenças quando comparados entre si. Com...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Doença articular degenerativa; Incongruência articular; Claudicação; Cães.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000400018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estenose da fossa intercondilar após estabilização articular com retalho de fáscia lata em cães Ciência Rural
Selmi,André Luis; Padilha Filho,João Guilherme; Lins,Bruno Testoni; De Nardi,Andrigo Barboza; Penteado,Bianca Mota.
Determinaram-se os índices de largura da fossa intercondilar (FI), após transecção do ligamento cruzado cranial em nove cães adultos submetidos à estabilização articular com retalho de fáscia lata. Os joelhos foram alocados em dois grupos, sendo o joelho direito (GI) submetido à incisuroplastia troclear (ITR) e posterior estabilização articular, e o joelho esquerdo submetido somente à substituição ligamentar (GC). Cada grupo foi dividido em três subgrupos correspondentes aos momentos de eutanásia aos 30, 90 e 180 dias de pós-operatório. Os índices de largura da FI foram determinados, macroscópica e radiograficamente, pela mensuração da abertura cranial da FI nos terços cranial, médio e caudal, e indexados em relação à largura epicondilar. Observou-se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estenose intercondilar; Fossa intercondilar; Ligamento cruzado cranial; Cães.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000100019
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional