Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 9
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Água levemente salinizada aumenta a eficiência da larvicultura de peixes neotropicais PAB
Jomori,Rosângela Kiyoko; Luz,Ronald Kennedy; Takata,Rodrigo; Fabregat,Thiago El Hadi Perez; Portella,Maria Célia.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de água levemente salinizada sobre a larvicultura intensiva do tambaqui, matrinxã, apaiari e piau, durante os dias iniciais de alimentação. As larvas foram mantidas em água artificialmente salinizada, em concentrações de 0 (água doce) a 14 g L-1 de NaCl (intervalo de 2,0 g L-1), e foram alimentadas com duas porções diárias de náuplios de Artemia, de acordo com protocolo para cada espécie, em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições. Larvas de tambaqui, matrinxã e apaiari podem ser cultivadas em até 2 g L-1 de concentração salina, sem prejuízos ao crescimento e à sobrevivência. Larvas de piau foram mais tolerantes e suportaram até 4 g L-1 de concentração salina. Acima disto, a mortalidade dos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Astronotus ocellatus; Brycon amazonicus; Colossoma macropomum; Leporinus macrocephalus; Alimento vivo; Náuplios de Artemia.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2013000800004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento e estruturas do sistema digestório de larvas de pacu alimentadas com dieta microencapsulada produzida experimentalmente R. Bras. Zootec.
Menossi,Olívia Cristina Camilo; Takata,Rodrigo; Sánchez-Amaya,María Isabel; Freitas,Thiago Mendes de; Yúfera,Manuel; Portella,Maria Célia.
Foram comparados os efeitos de diferentes dietas e da transição alimentar sobre o desempenho zootécnico e a morfologia do trato digestório de larvas de pacu alimentadas com duas dietas comerciais e uma dieta experimental microencapsulada produzida por gelificação interna. Larvas com quatro dias de vida receberam os seguintes protocolos alimentares: somente náuplios de artêmia em quantidades crescentes (controle positivo); larvas mantidas em jejum (controle negativo); três tipos de alimento formulado durante todo o experimento (dieta experimental microencapsulada, dieta comercial NRD1.2/2.0, Inve, USA, e dieta Poli-Peixe 450F, PoliNutri, Brasil); e três protocolos de transição alimentar com náuplios de artêmia durante os seis primeiros dias, seis dias de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Histologia; Larvicultura; Microencapsulação; Organogênese; Piaractus mesopotamicus; Transição alimentar.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982012000100001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estimulantes alimentares para larvas de pacu R. Bras. Zootec.
Tesser,Marcelo Borges; Portella,Maria Célia.
Este estudo foi realizado com o objetivo de investigar o efeito estimulante de cinco aminoácidos (alanina, arginina, glicina, histidina e lisina) da betaína e de suas misturas sobre a taxa de ingestão de dieta microencapsulada durante o desenvolvimento larval de pacu Piaractus mesopotamicus. Os resultados da análise estatística comprovaram a existência de efeito significativo, tanto da idade das larvas como dos aminoácidos, sobre a taxa de ingestão. No entanto, não houve significância estatística para a interação dos dois fatores. A glicina, a lisina e a betaína foram considerados bons estimuladores do comportamento alimentar de larvas de pacu.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aminoácidos; Estimulantes; Piaractus mesopotamicus; Taxa de ingestão.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982011000900002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Freqüência alimentar na larvicultura do trairão (Hoplias lacerdae) R. Bras. Zootec.
Luz,Ronald Kennedy; Portella,Maria Célia.
O experimento foi realizado com o objetivo de se desenvolver estratégias de manejo alimentar durante a larvicultura de trairão. Larvas com oito dias de vida foram contadas individualmente e alojadas na densidade de 30 larvas/L em 20 unidades experimentais com volume útil de 5 L cada. As larvas foram submetidas a quatro tratamentos de freqüência alimentar: F1 - uma vez ao dia; F2 - duas vezes ao dia; F3 - três vezes ao dia; F4 - quatro vezes ao dia, cada um com cinco repetições. A alimentação foi fornecida na mesma quantidade em todos os tratamentos. Para avaliação do crescimento dos animais, foram realizadas biometrias a cada cinco dias. Após 15 dias sob os tratamentos, quando os animais estavam com 23 dias de vida, o experimento foi encerrado,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Freqüência de alimentação; Hoplias lacerdae; Larvicultura; Trairão.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982005000500003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Histologia hepática e produção em tanques-rede de tilápia-do-nilo masculinizada hormonalmente ou não masculinizada PAB
Gayão,Ana Laura Borba de Andrade; Buzollo,Hellen; Fávero,Gisele Cristina; Silva Junior,Ancilon Araújo e; Portella,Maria Célia; Cruz,Claudinei da; Carneiro,Dalton José.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho e a sanidade da estrutura hepática de tilápia-do-nilo, masculinizada hormonalmente ou não masculinizada, criada em tanques-rede com dois níveis proteicos. Tilápias-do-nilo da linhagem Tailandesa (total de 2.400), com peso médio inicial de 127 g, foram distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos, em arranjo fatorial 2×2, correspondente aos grupos de tilápias masculinizadas hormonalmente ou não masculinizadas e ao teor proteico na dieta de 28 ou 32% de proteína bruta, com três repetições. Após 115 dias de alimentação, não houve interação entre os fatores quanto a peso final, ganho de peso, conversão alimentar, comprimento final e sobrevivência. Não houve diferença entre os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Oreochromis niloticus; Proteína; Reversão sexual; Sanidade hepática.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2013000800029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ingestão de ração e comportamento de larvas de pacu em resposta a estímulos químicos e visuais R. Bras. Zootec.
Tesser,Marcelo Borges; Portella,Maria Célia.
Este estudo foi realizado com o objetivo de comparar a influência dos estímulos visual e/ou químico de náuplios de Artemia e de dieta microencapsulada sobre a taxa de ingestão da dieta microencapusulada por larvas de pacu Piaractus mesopotamicus. Utilizou-se um esquema fatorial 7 x 4 (estímulos e idades) com duas repetições. Verificou-se efeito da idade das larvas e dos estímulos, mas não houve efeito para a interação idade <FONT FACE=Symbol>´</FONT> estímulos. O estímulo químico da Artemia e ambos os estímulos da Artemia resultaram em maior taxa de ingestão de dieta inerte. Resultado intermediário foi obtido com o estímulo visual da dieta microencapsulada. O estímulo químico, em comparação ao estímulo visual da Artemia, resultou em maiores...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Artemia; Comportamento; Estímulo alimentar; Larva; Pacu; Piaractus mesopotamicus.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982006000700002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Larvicultura de trairão (Hoplias lacerdae) em água doce e água salinizada R. Bras. Zootec.
Luz,Ronald Kennedy; Portella,Maria Célia.
O experimento foi conduzido com o objetivo de desenvolver técnicas de manejo durante a larvicultura de trairão, realizando cultivos em água doce ou ligeiramente salinizada, utilizando náuplios de Artemia como alimento vivo. No início da alimentação exógena, oito dias após a eclosão, as larvas foram contadas e estocadas em 12 recipientes com volume útil de 1,5 L cada, dotados de sistema de aeração, numa densidade de 10 larvas/L, distribuídos dentro de três tanques de 130 L, contendo água com temperatura controlada (29,5ºC). Os tanques foram totalmente cobertos com lona plástica preta, mantendo o ambiente interno escuro, e descobertos somente para os manejos diários. As larvas foram submetidas a três tratamentos: cultivo em água doce; em água a 2‰ de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Trairão; Hoplias lacerdae; Larvicultura; Salinidade; Canibalismo; Artemia.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982002000400004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Suplementação de enzimas exógenas em dieta microparticulada para larvicultura do pacu R. Bras. Zootec.
Tesser,Marcelo Borges; Flores-Quintana,Carolina Isabel; Carneiro,Dalton José; Pizauro Junior,João Martins; Portella,Maria Célia.
Este experimento foi realizado para avaliar os efeitos da suplementação de enzimas exógenas (pancreatina suína) em microdietas sobre o crescimento, a sobrevivência e as alterações morfológicas do trato digestório de larvas de pacu, Piaractus mesopotamicus. Foram testados oito programas alimentares: alimentação exclusiva com náuplios de Artemia (AV); alimentação exclusiva com dieta microparticulada com (DMP) ou sem (DM) suplementação enzimática; substituição, aos cinco dias, dos náuplios de Artemia por dietas inertes com (AV5DMP) ou sem (AV5DM) suplementação; e substituição dos náuplios aos dez dias por dietas com (AV10DMP) ou sem (AV10DM) suplementação. O experimento teve duração de 28 dias. Larvas que receberam o alimento vivo durante todo o período...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alimentação de larvas; Dieta inerte; Pancreatina; Suplementação enzimática; Transição alimentar.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982006000800003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Tolerance to the air exposition test of Hoplias lacerdae larvae and juvenile during its initial development BABT
Luz,Ronald Kennedy; Portella,Maria Célia.
The establishment of evaluation parameters for larvae and juvenile quality assessment is highly desirable. The experiment evaluated the Stress Resistance Rate (Re) on Hoplias lacerdae larvae and juveniles. Larvae on the 13th, 16th, 19th, 23rd and 26th days of life were subjected to Re evaluation tests. Twenty animals were stoked in one liter beaker and kept at 27 to 28.5°C. The following treatments were applied: E3 -3 minutes; E5 - 5 minutes; E7 - 7 minutes; E10 - 10 minutes and E15 -15 minutes on drying paper. After 24 hours Re was evaluated. It was observed that Re values showed an increase from 13th to 19th day in all treatments indicating an increasing resistance related to larval development. High Re rates were observed during the whole experiment,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Hoplias lacerdae; Fish larvae; Stress resistance.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-89132005000500009
Registros recuperados: 9
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional