Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estrutura arbórea da Floresta Ombrófila Densa Altomontana de serras do Sul do Brasil Acta Botanica
Scheer,Maurício Bergamini; Mocochinski,Alan Yukio; Roderjan,Carlos Vellozo.
O presente trabalho teve os objetivos de agrupar informações sobre a estrutura arbórea da floresta altomontana da Serra do Mar paranaense e de compará-las com as de florestas altomontanas de outras serras do Sul e Sudeste do Brasil. Foram realizados levantamentos fitossociológicos em diversas montanhas de quatro importantes serras (ou subserras) do Paraná. Nas quatro subserras foram amostrados 2294 indivíduos (PAP > 10 cm) pertencentes a 28 famílias, 43 gêneros e 78 espécies. Foi observada maior riqueza de espécies na amostragem da Serra Gigante (41 espécies), seguida pelas serras da Prata (37), da Igreja (34) e do Ibitiraquire (26). A altura média obtida para os indivíduos foi de 4,8 m, o PAP médio de 22,9 cm, a densidade média de 4779 ind/ha, a área...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fitossociologia; Floresta altimontana; Floresta Atlântica; Floresta nebular tropical/subtropical; Serra do Mar.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062011000400002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Florística vascular da Floresta Ombrófila Densa Altomontana de quatro serras no Paraná Biota Neotropica
Scheer,Maurício Bergamini; Mocochinski,Alan Yukio.
A Floresta Ombrófila Densa Altomontana é uma formação responsável por importantes funções ambientais, entre elas a proteção e manutenção dos fluxos hídricos de cabeceiras de bacias hidrográficas, o estoque de carbono na sua biomassa e na do solo, além da sua biodiversidade e seu elevado endemismo. Apesar de ainda existirem remanescentes primários significativos dessas florestas, apenas alguns estudos descreveram sua estrutura arbórea. O presente trabalho tem o objetivo de listar e comparar a florística vascular de quatro serras representativas da Floresta Ombrófila Densa Altomontana no Paraná e de comparar a florística arbórea das florestas do presente estudo com a de outras florestas semelhantes nas regiões sul e sudeste do Brasil. Foram detectadas 346...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta atlântica; Floresta ombrófila densa altomontana; Floresta nebular tropical/subtropical; Serra do mar.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032009000200005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Funcionalidades ambientais de solos altomontanos na Serra da Igreja, Paraná Rev. Bras. Ciênc. Solo
Scheer,Maurício Bergamini; Curcio,Gustavo Ribas; Roderjan,Carlos Vellozo.
Apesar de ainda existirem ecossistemas altomontanos no Paraná em excelente estado de conservação, iminentes ameaças antrópicas e a fragilidade desses ambientes têm sido motivos de preocupação. Este trabalho teve os seguintes objetivos: caracterizar solos de área representativa dos campos e florestas altomontanas ocorrentes na Serra da Igreja; apontar quais os possíveis fatores pedológicos que resultam nessas diferentes fitotipias; e caracterizar algumas das suas funcionalidades ambientais (estoque de C e de água). Os principais solos encontrados nos campos foram Organossolos Fólicos fíbricos/sápricos (líticos e típicos) e Organossolos Háplicos fíbricos/sápricos (típicos e térricos) e, nas florestas altomontanas, Gleissolos Háplicos alíticos típicos. Ambas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Campos altomontanos; Floresta Ombrófila Densa Altomontana; Estoques de carbono no solo; Organossolos; Retenção hídrica do solo.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832011000400005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Patterns of litter production in a secondary alluvial Atlantic Rain Forest in southern Brazil Rev. Bras. Bot.
Scheer,Maurício Bergamini; Gatti,Gustavo; Wisniewski,Celina; Mocochinski,Alan Yukio; Cavassani,André Targa; Lorenzetto,Alexandre; Putini,Francisco.
Above-ground litter production is one of the most accessible ways to estimate ecosystem productivity, nutrient fluxes and carbon transfers. Phenological patterns and climatic conditions are still not fully explained well for tropical and subtropical forests under less pronounced dry season and non-seasonal climates, as well as the interaction of these patterns with successional dynamics. Monthly litterfall was estimated for two years in a 9 to 10 year old secondary alluvial Atlantic Rain forest. Total litterfall was higher in the site with more developed vegetation (6.4 ± 1.2 ton ha-1 year-1; 95% confidence interval) as compared to the site with less developed vegetation (3.0 ± 1.0 ton ha-1 year-1). The monthly production of 11 litter fractions (eight...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Litterfall; Meteorological variables; Phenology; Primary productivity; Sucession.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042009000400018
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional