Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 48
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da época de estaquia e uso de bioregulador no enraizamento de estacas de figueira Rev. Bras. Frutic.
Ramos,Dayana Portes; Leonel,Sarita; Damatto Júnior,Erval Rafael.
O trabalho objetivou avaliar a propagação da figueira com estacas semilenhosas, empregando-se concentrações de ácido indolbutírico, em diferentes épocas de coleta. O material propagativo utilizado foi proveniente de figueiras da cv. Roxo de Valinhos, com 5 anos de idade. As estacas foram retiradas por ocasião da poda hibernal, no final dos meses de agosto, setembro e outubro, as quais foram tratadas com AIB preparado em pó, nas seguintes concentrações: 0 (testemunha); 2.500; 5.000; 7.500 e 10.000 mg kg-1. Posteriormente, foram colocadas para enraizar em bandejas de polipropileno, tendo como substrato vermiculita e mantidas sob nebulização intermitente por 70 dias. Decorrido esse período, avaliaram-se a porcentagem de estacas enraizadas (%), o comprimento...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estaquia; Ficus carica L.; Ácido indolbutírico; Propagação.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452008000300031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Concentrações de ácido indolbutírico no enraizamento de Cryptomeria japonica. Repositório Alice
KRATZ, D.; WENDLING, I.; BRONDANI, G. E..
Cryptomeria japonica is a conifer of great load that detaches for the fast growth and good lumber potential. In spite of could being propagated by seeds, the vegetative propagation of Cryptomeria japonica is justified for the maintenance of the desirable characteristics of selected plus trees. In function of this and the lack of information about vegetative propagation out of Japan, this work had as objective to verify the effect of indolbutiric acid (IBA) and alcohol on rooting of cuttings of three adult clones of Cryptomeria japonica. The cuttings from three trees with nine years old, after prepared, received phytosanitary treatment for the clear, followed by the treatment with different concentrations of iba (T1 = 0 mg L-1; T2 = water + alcohol (1:1...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Cryptomeria japonica; Enraizamento; Ácido indolbutírico.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/896992
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efecto del ácido indolbutírico, del tipo de la cama de arraigamiento, del substrato, y del árbol madre en la capacidad de arraigamiento de estacas de Nothofagus glauca (Phil.) Krasser RChHN
SANTELICES,RÓMULO; CABELLO,ÁNGEL.
Nothofagus glauca (Phil.) Krasser es una especie característica de la zona mesomórfica de Chile que tiene problemas de conservación y de la cual existe insuficiente información sobre técnicas de propagación vegetativa; por ello se estudiaron algunos aspectos relacionados con el arraigamiento de estacas. A partir de material cosechado en noviembre de 1995 y de 1997, se evaluó el efecto del ácido indolbutírico (AIB) (0; 0,5; 1; 2 %); del tipo de cama de arraigamiento (caliente y fría); del substrato empleado (aserrín y corteza de Pinus radiata D. Don); y del árbol madre. Los ensayos, de 2,5 a 4 meses de duración se realizaron en un invernadero equipado con un sistema de riego automatizado y con cama caliente que mantuvo una temperatura entre 21 y 25 °C en la...
Tipo: Journal article Palavras-chave: Nothofagus glauca; Estacas; Ácido indolbutírico; Substrato; Árbol madre.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0716-078X2006000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
EFEITO DA APLICAÇÃO PRÉVIA DE ETHEPHON EM AMEIXEIRA (Prunus salicina Lindl) E DO IBA NO ENRAIZAMENTO DE SUAS ESTACAS Scientia Agricola
DUTRA,L.F.; TONIETTO,A.; KERSTEN,E..
O experimento foi realizado em casa de vegetação com nebulização intermitente com o objetivo de verificar o efeito do ethephon, aplicado às plantas, e do ácido indolbutírico no enraizamento de estacas de ramos das cultivares Frontier, Reubennel, Ace, Songold, Beauty e Roxa de Itaquera. As plantas foram pulverizadas com ethephon (ácido 2-cloroetil fosfônico) nas concentrações de 0 (zero), 50 e 100 mg.l-1. Foram coletados ramos do ano e destes, retirou-se estacas medianas, com comprimento de 15cm e um par de folhas, as quais foram tratadas com ácido indolbutírico (IBA) de formulação líquida nas concentrações de 0 (zero) e 3000 mg.l-1, com tempo de imersão de 5 segundos. As estacas foram acondicionadas em sacos de polietileno contendo vermiculita como...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ameixeira; Propagação vegetativa; Cultivar; Ácido indolbutírico; Ethephon; Enraizamento.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161998000200020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da concentração do ácido indolbutírico no enraizamento de estacas de híbridos de goiabeira. Repositório Alice
BORGES, R. M. E.; OLIVEIRA, D. C. de; ALVES, E. O. das S..
2006
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Goiaba; Estaquia; Enraizamento; Ácido indolbutírico; Psidium guajava.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/128129
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de auxinas sintéticas no enraizamento in vitro da macieira PAB
Centellas,Alberto Quezada; Fortes,Gerson Renan de Luces; Müller,Nilvane Terezinha Ghellar; Zanol,Geni Carmen; Flores,Rejane; Gottinari,Rosete Aparecida.
Brotações de macieira (Malus domestica, Borkh), cv. Fred Hough, oriundas do processo de multiplicação in vitro, foram inoculadas em meio MS e MS/2, testando-se os reguladores de crescimento: ácido indol-3-acético (AIA); ácido indolbutírico (AIB) e ácido naftaleno acético (ANA), nas concentrações de 0, 1, 3 e 5 miM com o objetivo de observar o efeito dessas auxinas sobre o enraizamento da cultivar. Foram acrescentadas aos meios as vitaminas MS mio-inositol (100 mg/L) e sacarose (30 g/L) em meio de ágar (6 g/L). O pH do meio foi ajustado para 5,8 e a cultura foi incubada a 25 ± 2º C e 16 horas de fotoperíodo a 2.000 lux, permanecendo por 30 dias. Os tratamentos foram repetidos cinco vezes e cada repetição constou de cinco explantes inoculados em frasco de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Micropropagação; Reguladores de crescimento; Ácido indol-3-acético; Ácido indolbutírico; Ácido naftaleno acético; Malus domestica.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X1999000200005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do ácido indolbutírico (aib) no enraizamento de estacas de pariri (Arrabidaea chica). Repositório Alice
MONFORT, L. F. M.; LAMEIRA, O. A.; MENESES, A. A. S. de..
2007
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Pariri; Arrabidaea chica; Ácido indolbutírico; Enraizamento de estaca.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/388584
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
EFEITO DO ÁCIDO INDOLBUTÍRICO NO ENRAIZAMENTO IN VITRO DE KIWI, CV. HAYWARD Ciência Rural
Figueiredo,Sérgio Lucemar Bonorino; Zecca,Adriana Graciela Desiré; Nachtighal,Jair Costa; Fortes,Gerson Renan de Luces.
O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito de diferentes concentrações de ácido indolbutírico (AIB) no enraizamento in vitro de kiwi (Actinidia deliciosa), cv. Hayward. O material vegetal utilizado foi proveniente da coleção do Laboratório, de onde retiraram-se explantes, da parte aérea, sem ápice caulinar e com um par de folhas. O AIB foi utilizado através da imersão da base das estacas em solução aquosa, nas concentrações de 0, 10, 20 e 40mg/l. Os explantes permaneceram nesta solução nos seguintes tempos: imersão rápida (5 segundos), 1, 2 e 4 horas. Após os tratamentos, as estacas foram colocadas em meio de cultura MS 50%, acrescido de sacarose, mio-inositol e ágar. Verificou-se que o AIB não teve efeito positivo sobre o número de raízes primárias e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Actinidia deliciosa; Cultura de tecidos; Enraizamento; Ácido indolbutírico.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781994000300034
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do estiolamento parcial e do ácido indolbutírico (IBA) no enraizamento de estacas de ramos de goiabeira serrana (Feijoa sellowiana, Berg) Scientia Agricola
Figueiredo,S.L.B.; Kersten,E.; Schuch,M.W..
Com o objetivo de verificar o efeito do estiolamento parcial dos ramos e do ácido indolbutírico (IBA), no enraizamento de estacas de Feijoa sellowiana, conduziu-se este trabalho de enraizamento em três épocas de estiolamento, utilizando-se câmara de nebulização. Antes das estacas serem retiradas efetuou-se o estiolamento dos ramos de diversas plantas, com uniformidade de tamanho e idade. Foram utilizadas estacas de ramos em três intervalos de estiolamento (zero, 40 e 60 dias), tratadas com Zero; 5000; 7000; 9000 e 11000 ppm de IBA, na formulação de pó. Foi avaliado o número de estacas enraizadas, determinando-se a percentagem de enraizamento. Os resultados mostraram que estiolamento parcial foi efetivo para o enraizamento, sendo que o melhor intervalo foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estiolamento; Ácido indolbutírico; Estacas; Enraizamento; Feijoa sellowiana.
Ano: 1995 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161995000100029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do genótipo no enraizamento e aclimatação de estacas semilenhosas de porta enxertos de pessegueiro. Repositório Alice
ROSA, G. G. da.; ZANANDREA, I.; MAYER, N. A.; BIANCHI, V. J..
bitstream/item/171883/1/Newton-Alex-RCAgroveterinarias-Efeito-genotipo-enraizamento-2017.pdf
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Prunus persica; Enraizamento; Estaca semilenhosa; Ácido indolbutírico.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1086742
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos do ácido indolbutírico e da época de coleta no enraizamento de estacas de goiabeira (Psidium guajava L.) Scientia Agricola
Tavares,M. S. W.; Kersten,E.; Siewerdt,F..
Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de verificar o efeito de concentrações de ácido indolbutírico (AIB) e da época de coleta sobre o enraizamento de estacas de goiabeira (Psidium guajava L.), oriundas de plantas produtoras de frutos de polpa vermelha e de polpa branca, em estufa com nebulizacão intermitente. Utilizou-se estacas apicais com um par de folhas e estacas medianas com dois pares de folhas, ambas cortadas pela metade. Após serem padronizadas em aproximadamente 15 cm de comprimento, procedeu-se ao tratamento introduzindo em torno de 1 cm da base da estaca em AIB na forma de pó, nas concentrações de zero, 4000, 5000, 6000 e 7000 ppm. Em seguida, colocou-se o material em sacos de polietileno perfurado, contendo cinza de casca de arroz como...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estaquia; Goiabeira; AIB; Ácido indolbutírico.
Ano: 1995 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161995000200018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Emergência de plântulas e enraizamento de estacas e alporques de porta-enxertos de nogueira-macadâmia Rev. Bras. Frutic.
Entelmann,Fábio Albuquerque; Scarpare Filho,Joäo Alexio; Pio,Rafael; Silva,Simone Rodrigues da; Souza,Filipe Bittencourt Machado de.
A nogueira macadâmia apresenta-se como uma importante alternativa para a fruticultura paulista, principalmente pela sua rusticidade e pelo valor alcançado por seus frutos. No entanto, estudos da propagação säo necessários para melhorar o sistema de produção de mudas. Com o objetivo de aumentar a emergência das plântulas, o enraizamento de estacas e a produção de alporques de porta-enxertos da nogueira- macadâmia, conduziram-se diferentes experimentos: emergência de plântulas de oito cultivares de nogueira-macadâmia ('HAES-344', 'HAES-660', 'IAC 1-21', 'HAES-816', 'IAC 4-20', 'IAC Campinas - B', 'Aloha' e 'IAC 4-12-B'); emergência de plântulas do porta-enxerto de nogueira-macadâmia 'Aloha' em diferentes temperaturas no substrato (23; 25; 27; 29 e 31ºC);...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Macadamia integrifolia; Produção de mudas; Ácido indolbutírico.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000100028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento adventício de estacas apicais de figueira e desenvolvimento inicial das plantas no campo Ciência e Agrotecnologia
Pio,Rafael; Ramos,José Darlan; Chalfun,Nilton Nagib Jorge; Coelho,Juliana Helena Carvalho; Gontijo,Tiago Chaltein Almeida; Carrijo,Edney Paulo; Villa,Fabíola.
Apesar de a propagação vegetativa da figueira ser praticada há muito tempo, estudos para definir novas metodologias são importantes, notadamente com o uso de estacas apicais e reguladores vegetais. Objetivou-se com este trabalho verificar o comportamento de plantas de figueira no campo, previamente enraizadas, com o uso de sacarose diluída em soluções de AIB. Estacas lenhosas e lisas da porção apical de figueira com 20 cm de comprimento foram imersas em soluções sem e com sacarose a 2%, em AIB (0, 1000, 2000, 3000 e 4000 mg.L-1), por 5 segundos. Após as imersões, as estacas foram acondicionadas em recipientes de 26 x 14 cm preenchidos com substrato à base de terra e areia (2:1 v/v) e transferidas para câmara de nebulização com sistema de irrigação e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ficus carica L.; Ácido indolbutírico; Estaquia e propagação.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000100029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas apicais de figueira 'Roxo de Valinhos' em função de época de coleta e AIB Ciência e Agrotecnologia
Ohland,Tatiane; Pio,Rafael; Chagas,Edvan Alves; Barbosa,Wilson; Kotz,Tailene Elisa; Daneluz,Simone.
Estacas apicais de figueira 'Roxo de Valinhos' coletadas em épocas distintas, podem apresentar enraizamento diferenciado, o que propiciará, na prática, saber em qual época devem-se aproveitar as estacas para a produção de mudas. Objetivou-se, no presente trabalho, avaliar a época de coleta e o tratamento com AIB, no enraizamento de estacas apicais da figueira 'Roxo de Valinhos'. Estacas caulinares lenhosas da porção apical dos ramos, coletadas no final da primeira quinzena dos meses de maio, junho, julho, agosto e setembro, foram padronizadas com 20 cm de comprimento e diâmetro próximo a 7 mm e tratadas ou não com AIB à 2000 mg L-1, por 10 seg. Em seguida, as estacas foram enterradas em leito de areia umedecido, sob telado constituído de sombrite com 50%...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ficus carica L.; Ácido indolbutírico; Propagação.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas apicais de figueira Roxo de Valinhos submetidas à estratificação a frio úmido e AIB. Repositório Alice
PIO, R.; OHLAND, T.; CHAGAS, E. A.; BARBOSA, W.; DALASTRA, I. M.; BETTIOL NETO, J. E..
2010
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Ácido indolbutírico.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/870222
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas caulinares e radiculares de cultivares de amoreira-preta coletadas em diferentes épocas, armazenadas a frio e tratadas com AIB Ciência Rural
Campagnolo,Marcelo Angelo; Pio,Rafael.
O objetivo do presente trabalho foi avaliar o enraizamento de estacas caulinares e radiculares de cultivares de amoreira-preta, coletadas em diferentes épocas, armazenadas a frio e tratadas com AIB. No primeiro experimento, estacas radiculares e caulinares da amoreira-preta 'Tupy' foram coletadas no momento da poda hibernal, realizada nas seguintes épocas: 07/06, 22/06, 08/07, 22/07, 06/08 e 20/08 de 2009. Já no segundo experimento, metade das estacas caulinares e radiculares da mesma cultivar foi armazenada a frio por 30 dias e a outra metade das estacas foi colocada diretamente para enraizar. Todas as estacas foram tratadas com diferentes concentrações de ácido indolbutírico (AIB): 1000, 2000, 3000 e 4000mg L-1 por 10s., além do controle composto somente...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus spp.; Propagação; Ácido indolbutírico.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas de clones de guaranazeiro tratados com ácido indol-3-butírico (AIB). Repositório Alice
ATROCH, A. L.; CRAVO, M. da S.; SANTOS, J. A. dos..
Este trabalho teve como objetivo avaliar o enraizamento de estacas de clones de guaranazeiro submetidas à diversas concentrações de ácido indolbutírico.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Paullinia cupana sorbilis; Guaraná; Enraizamento de estaca; Clone; Ácido indolbutírico; Auxina; Brasil.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/671965
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas de espécies de maracujazeiro (Passiflora spp.) no inverno e no verão. Repositório Alice
RONCATTO, G.; NOGUEIRA FILHO, G. C.; RUGGIERO, C.; OLIVEIRA, J. C. de; MARTINS, A. B. G..
O maracujazeiro está entre as principais frutíferas cultivadas no País, mas apresenta limitações no cultivo, ocasionando baixa produtividade, que pode ser superada através do uso da estaquia, clonando as melhores matrizes de alta produtividade. Com isso, o objetivo desta pesquisa foi avaliar o potencial de enraizamento de estacas no inverno e no verão, utilizando as espécies comerciais (P. edulis Sims f. flavicarpa Degener e P. alata Dryander) e os porta-enxertos (P. giberti N.E.Brown, P. nitida H.B.K. e P. setacea D.C.). Este experimento foi realizado no período de julho de 2001 a março de 2002, em câmara de nebulização intermitente, sob condições de telado (50% de sombreamento). As estacas foram coletadas de plantas adultas oriundas do Banco de...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Maracujá; Passiflora spp; Propagação vegetativa; Muda; Enraizamento de estaca; Ácido indolbutírico; Produtividade da planta; Inverno; Verão; Passion fruit; Vegetative propagation; Seedling production; Plant cuttings; Indole butyric acid; Growth performance; Winter; Summer; Maracuyá; Propagación vegetativa; Producción de plántulas; Estaquillas; Ácido indol butírico; Desempeño del crecimiento; Invierno; Verano.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/511199
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas de Passiflora nitida submetidas a diferentes concentrações de ácido indolbutírico (AIB) Rev. Bras. Frutic.
Sabião,Rafael Roveri; Silva,Adriana de Castro Correia da; Martins,Antonio Baldo Geraldo; Cardoso,Eliane Ribeiro.
O presente trabalho objetivou avaliar o enraizamento de estacas de P. nitida, utilizando dois tipos de estacas (com 1 e 2 gemas) e 4 doses de ácido indolbutírico (AIB) (0; 1.000; 3.000 e 5.000 mgL-1) com imersão lenta (5 segundos), com a finalidade de utilizá-las como porta-enxerto do maracujazeiro-azedo. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x2 (concentrações de AIB x número de gemas na estaca), com quatro repetições de 10 estacas, totalizando 320 estacas. As estacas foram dispostas em bandejas plásticas, contendo vermiculita expandida de textura média, e mantidas sob sistema de nebulização intermitente, por 25 dias. As doses de AIB testadas influenciaram na sobrevivência, enraizamento das estacas e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Propagação; Estaquia; Ácido indolbutírico; Passifloraceae; Maracujá-suspiro.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452011000500091
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas herbáceas de diferentes espécies de maracujazeiro. Repositório Alice
RONCATTO, G.; NOGUEIRA FILHO, G. C.; RUGGIERO, C.; OLIVEIRA, J. C. de; MARTINS, A. B. G..
O trabalho foi realizado na Área de Propagação de Fruteiras do Departamento de Produção Vegetal da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista (FCAV/UNESP), em Jaboticabal-SP, com o objetivo de verificar a possibilidade de obtenção de mudas por estaquia de maracujá (Passiflora spp.), nas espécies comerciais P. edulis Sims f. flavicarpa Degener e P. alata Dryander, e nos porta-enxertos P. giberti N.E.Brown, P. nitida H.B.K. e P. setacea D.C. O experimento foi realizado no período de junho de 2000 a junho de 2001, em câmara de nebulização intermitente, em condições de telado (50% de sombreamento). As estacas foram coletadas de plantas adultas, oriundas do Banco de Germoplasma Ativo (BAG) do Departamento de Produção Vegetal...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Maracujá; Passiflora spp; Propagação vegetativa; Muda; Enraizamento de estaca; Ácido indolbutírico; Passion fruit; Vegetative propagation; Seedling production; Plant cuttings; Indole butyric acid; Growth performance; Maracuyá; Propagación vegetativa; Producción de plántulas; Estaquillas; Ácido indol butírico; Desempeño del crecimiento.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/511197
Registros recuperados: 48
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional