Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ACOMPANHAMENTO CLINICO NUM TUMOR DE CÉLULAS DA GRANULOSA DIAGNOSTICADO EM UMA ÉGUA ATRAVÉS DO ULTRA-SOM Ciência Rural
Brass,Karin Erica; Alda,Joaquin Lopez de; Corte,Flávio Desessards De La; Castro,Inês Nicoloso; Silva,Carlos Antônio Mondino.
RESUMO Descreve-se o acompanhamento clínico de um caso de tumor de células da granulosa na égua através da ultra-sonografia. Foi constatada uma evolução rápida durante 18 dias para o tumor confirmado, pelo exame macroscópico e histopatológico, após remoção cirúrgica.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: : tumor de granulosa; Égua; Ultra-sonografia.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781994000100040
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação da ultrassonografia colorida doppler em programas de transferência de embriões equinos Ciência Rural
Ferreira,Jair Camargo; Meira,Cezinande de.
Os programas comerciais de transferência de embriões em éguas existem por mais de três décadas e são hoje uma das biotécnias mais utilizadas na reprodução assistida de equinos. O exame ultrassonográfico nos períodos pré e pós-cobertura de doadoras de embriões, assim como a avaliação de receptoras no momento da inovulação é de vital importância para o êxito de um programa de transferência de embriões. A ultrassonografia Doppler é uma técnica não-invasiva que permite a avaliação em tempo real da hemodinâmica do trato reprodutivo de animais de grande porte. Por fornecer detalhes anatômicos e informações imediatas sobre a fisiologia do fluxo sanguíneo de tecidos e órgãos, o exame doppler permite a avaliação do potencial ovulatório de folículos e do status...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Ultrassonografia doppler; Doadora; Receptora; Gestação.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000600023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Concentração de progesterona e de estradiol 17-beta e características ultra-sonográficas da vesícula embrionária no início da gestação em éguas Puro Sangue Inglês Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Ferraz,L.E.S.; Vicente,W.R.R.; Ramos,P.R.R..
Associaram-se dosagens séricas de progesterona e estradiol 17-beta, realizadas durante os primeiros 36 dias de prenhez em 30 éguas PSI, com exames ultra-sonográficos, para verificar fenômenos que ocorrem com a vesícula embrionária. As éguas foram divididas em dois grupos de 15 animais, o primeiro constituído por éguas paridas e o segundo por éguas virgens ou vazias na estação anterior. Por meio da ultra-sonografia foram verificados fenômenos de mobilidade, fixação e orientação da vesícula embrionária. As concentrações séricas de progesterona e estradiol 17-B variaram (P<0,01) durante o período estudado porém não foi possível estabelecer uma correlação entre concentrações desses hormônios com desenvolvimento da vesícula embrionária. A concentração de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Progesterona; Estradiol 17-beta; Ultra-som; Prenhez.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352001000400015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
CONTROLE DO DESENVOLVIMENTO FOLICULAR NA ÉGUA ATRAVÉS DA ULTRA-SONOGRAFIA Ciência Rural
La Côrte,Flávio Desessards De; Luz,Inês Nicoloso Castro da; Alda,Joaquin Lopez de; Silva,José Henrique Souza da; Silva,Carlos Antonio Mondino.
Setenta e cinco éguas Puro Sangue de Corrida (PSC) foram submetidas a exame clínico e ecográfico durante o cio para se avaliar o crescimento folicular. Os exames ecográficos foram feitos com transdutor de 5Mhz e arranjo linear. O controle folicular pode ser feito por ultra-som. Um diâmetro folicular de 41 mm (77% das éguas) aliado a uma alteração de forma do folículo (60% das éguas) e das imagens uterinas (70% das éguas) foram parâmetros que permitiram prever com acuidade a ovulação (P < 0,01).
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Ultra-som; Desenvolvimento folicular.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781993000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DESCRIÇÃO ECOGRÁFICA DO ÚTERO E DOS OVÁRIOS DE ÉGUA VIRGEM DURANTE UM CICLO ESTRAL Ciência Rural
Corte,Flavio Desessards De La; Luz,Ines Nicoloso Castro da; Alda,Joaquim Lopes de; Silva,Carlos Antonio Mondino.
Uma égua virgem de três anos de idade teve seu ciclo estral acompanhado diariamente, por exame clínico e ecográfico transretal, para a descrição das modificações estruturais do útero e dos ovários. Concluiu-se que é possível diagnosticar por ecografia a fase do ciclo estral na égua, desde que se leve em consideração o número e tamanho dos folículos, a presença e morfologia de um Corpo luteo (Cl) e as características da parede uterina.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ciclo estral; Ultra-som; Égua.
Ano: 1992 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781992000200015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DIAGNÓSTICO DE GESTAÇÃO POR ULTRA-SONOGRAFIA Ciência Rural
Neves,Jairo Pereira.
Apresentam-se as vantagens, os princípios fundamentais da técnica e a situação atual do diagnóstico de gestação por ultra-sonografia nas espécies bovina, eqüina e ovina. Entre as vantagens da ultra-sonografia para o diagnóstico de gestação destaca-se a precocidade, a inocuidade, o diagnóstico de prenhez gemelar e a possibilidade de estimar a viabilidade embrionária. O diagnóstico de gestação por ultra-sonografia possibilita um reconhecimento precoce e seguro desse estado com reflexos econômicos positivos e imediatos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Diagnóstico de gestação; Ecografia; Vaca; Égua; Ovelha.
Ano: 1991 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781991000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da concentração espermática e do número de inseminações artificiais sobre a fertilidade de éguas inseminadas com sêmen fresco diluído Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Brandão,F.Z.; Silva Filho,J.M.; Palhares,M.S.; Saturnino,H.M.; Viana,W.S.; Dantas,M.S.; Oliveira,H.N..
Sessenta e duas fêmeas eqüinas (tipo militar) foram distribuídas, ao acaso, em dois grupos experimentais para estudar o efeito da concentração espermática (200× 10(6) e 400× 10(6) de espermatozóides progressivamente móveis/dose inseminante) e do número de inseminações/ciclo (duas, três e quatro ou mais inseminações) sobre a fertilidade. As éguas foram rufiadas e inseminadas às segundas, quartas e sextas-feiras, a partir de um folículo de 3,0 a 3,5cm de diâmetro, com sêmen de apenas um garanhão com fertilidade comprovada, diluído para um volume inseminante de 10ml com diluidor de mínima contaminação. As taxas de concepção ao primeiro ciclo para as concentrações de 200 e 400 milhões foram de 66,7% (20/30) e 65,5% (19/29), e as taxas de concepção/ciclo, após...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Inseminação artificial; Concentração espermática; Freqüência de inseminações.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352003000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do intervalo das duas últimas inseminações sobre a fertilidade de éguas inseminadas com sêmen fresco diluído R. Bras. Zootec.
Saturnino,Helton Mattana; Silva Filho,José Monteiro da; Silva,Manoel Dantas; Palhares,Maristela Silveira; Brandão,Felipe Zandonadi; Oliveira,Henrique Nunes.
Sessenta e duas fêmeas eqüinas foram distribuídas ao acaso em dois grupos experimentais de acordo com o intervalo da penúltima à última inseminação artificial de cada ciclo (48h ou 72h). As éguas foram rufiadas e inseminadas às segundas, quartas e sextas-feiras, a partir do momento em que apresentavam um folículo de 3,0 a 3,5 cm de diâmetro, com sêmen de apenas um garanhão de fertilidade comprovada, diluído para um volume inseminante de 10 mL com diluidor de mínima contaminação. As taxas de concepção referentes ao primeiro ciclo, para os intervalos de 48h e 72h foram de 66,67% (24/36) e 65,22% (15/23), respectivamente, sendo as taxas de concepção/ciclo de 53,45% (31/58) e 56,76% (21/37), na mesma ordem anterior. Com base nos resultados obtidos,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Inseminação artificial; Intervalo de inseminações.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982002000500010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito dos fixadores formalina e Bouin na preservação de biópsias do endométrio de éguas após inclusão em resina plástica Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Amaral,D.; Chiarini-Garcia,H.; Vale Filho,V.R.; Allen,W.R..
Biópsias do endométrio de 16 éguas sexualmente maduras, em estro e diestro, foram processadas para microscopia de luz utilizando-se fixação em formalina ou Bouin e inclusão em resina plástica à base de glicol metacrilato. Análises morfológicas de 46 biópsias demonstraram que o epitélio de revestimento do endométrio, o epitélio glandular, as fibras do tecido conjuntivo e os diferentes tipos celulares presentes na lâmina própria, tais como fibroblastos, plasmócitos, mastócitos e macrófagos, apresentaram-se melhor preservados quando os fragmentos de tecidos foram fixados em formalina. O epitélio de revestimento mostrou grau mais acentuado de retração tecidual nas biópsias fixadas em Bouin, independente da fase do ciclo estral. A fixação em formalina aliada à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Endométrio; Biópsia; Glicol metacrilato; Formalina; Bouin.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estimativa da habilidade materna em éguas da raça pantaneira através do tempo de mamada. Infoteca-e
SERENO, J. R. B.; COSTA, M. S.; RODRIGUES, B. M.; ARAÚJO, M. T. B. D.; FERREIRA, M. A.; SERENO, F. T. P. S.; BARIONI JÚNIOR, W..
2006
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Equino; Égua; Aleitamento; Equidae.
Ano: 2006 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/570200
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo dos métodos de rotina diagnóstica de mastite no leite de éguas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Motta,R.G.; Ribeiro,M.G.; Langoni,H.; Motta,D.G.; Franco,M.M.J.; Almeida,A.C.S.; Perrotti,I.B.M.; Listoni,F.J.P.; Menozzi,B.D..
Routine diagnosis methods used in bovine mastitis were studied in 55 mares in lactation. The findings of strip cup test, California Mastitis Test-CMT, electronic somatic cell count-CCS, microbiological culture, and in vitro antimicrobial susceptibility profile of isolates were discussed. Streptococcus spp., Staphylococcus spp, and enterobacteria were the most common microorganisms isolated in health and CMT-positive mammary glands. Staphylococcus aureus and Arcanobacterium pyogenes were identified in two mares presenting clinical mastitis. Mean somatic cell count of eight mares without presence of microorganisms in milk was 247.57x10³/mL and 1.621,86x10³/mL in 47 mares with positive microbiological culture. Moderate concordance (63.8%) between positive...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Mastite; California Mastitis Test; Contagem de células somáticas.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352011000400034
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fertilidade de éguas inseminadas no corpo ou no ápice do corno uterino com diferentes concentrações espermáticas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Xavier,I. L.G.S.; Silva Filho,J.M.; Palhares,M.S.; Carvalho,G.R.; Borges,A.M.; Rossi,R..
Foram utilizados 72 ciclos estrais de 37 éguas mestiças, com idade variando de quatro a 20 anos, distribuídas ao acaso em dois grupos experimentais (G I e G II) para estudar o efeito do local de deposição do sêmen no sistema genital sobre a fertilidade. As inseminações no ápice do corno uterino (G II) foram realizadas por via intravaginal profunda, utilizando-se a pipeta de inseminação IVI pippette (75cm), contendo 1/5 (3mL) da dose inseminante utilizada para o corpo do útero (15mL-G I). As éguas foram rufiadas diariamente e inseminadas às segundas, quartas e sextas-feiras, a partir de um folículo de 3,0 a 3,5cm de diâmetro, com sêmen fresco diluído em diluidor de leite desnatado-glicose. Apenas um garanhão de 20 anos e de fertilidade conhecida foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Égua; Fertilidade; Sêmen fresco; Inseminação artificial.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fertilidade pós-parto em éguas Puro-Sangue de Corrida Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
KURTZ FILHO,Mario; ALDA,Joaquin Lopes de; DEPRÁ,Neiva Medianeira; BRASS,Karin Érica; CORTE,Flávio Desessards de La; SILVA,José Henrique Souza da; SILVA,Carlos Antonio Mondino; EMANUELLI,Isabele Picada.
Observaram-se 549 éguas da raça Puro-Sangue de Corrida paridas durante o segundo semestre, no período de 1º de julho de 1983 a 31 de dezembro de 1994, com a finalidade de se analisar o índice de concepção pós-parto, a duração e a fertilidade dos cios pós-parto, os percentuais de produtos nascidos no ano seguinte e relacioná-los com a idade das éguas. Verificou-se que éguas com idade superior a 13 anos apresentam uma capacidade significativamente menor de conceber e levar a gestação a termo do que éguas mais novas. O 1º cio pós-parto ocorre em média aos 12,3 (± 10,9) dias pós-parto e, quando apresenta uma duração de 8 a 14 dias, é significativamente mais fértil do que quando tem uma duração fora destes limites. A taxa de prenhez observada no 2º cio...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Idade; Cio; Fertilidade.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95961998000200005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação dos colágenos I, III, IV e α-SMA e participação dos miofibroblastos no processo fibrótico das endometroses equinas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Costa,L.D.; Dias,M.C.; Alvarenga,M.A.; Sequeira,J.L..
RESUMO A endometrose é uma alteração degenerativa das glândulas uterinas e do estroma circundante, caracterizada pelo arranjo periglandular de miofibroblastos e pela deposição de matriz extracelular (ECM). O presente trabalho objetivou avaliar a expressão de colágenos tipos I, III e IV e α-actina de músculo liso (α-SMA) nas endometroses equinas, procurando esclarecer a participação dos miofibroblastos na progressão desses processos. Foram utilizadas 24 biópsias uterinas com diagnóstico de endometrose, recebidas pelo Serviço de Patologia Veterinária e de Reprodução Animal da FMVZ, Unesp, Botucatu, SP. Cortes histológicos foram submetidos às técnicas histoquímicas de tricrômico de Masson, picrosirius red sob luz polarizada e ácido periódico de Schiff (PAS) e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Endometrose; Colágeno; Miofibroblastos; Imuno-histoquímica.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352017000601398
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Incidência de perda de prenhez até o 50º dia em éguas quarto de milha Ciência Rural
Duarte,Marcelo Barbanti; Vieira,Rogério Chaves; Silva,Frederico Ozanan Carneiro e.
Este estudo teve por objetivo avaliar a incidência de perda de prenhez considerando os períodos cronológicos de sua ocorrência, status reprodutivo e diferentes faixas etárias. Durante os anos hípicos de 1998/1999 e 1999/2000 (setembro a janeiro) foram monitoradas as gestações de 445 animais da raça Quarto de Milha, com idades de 3 a 20 anos, compreendendo potras de primeira cobrição, éguas falhadas e éguas paridas. Procedeu-se o diagnóstico de gestação por ultra-sonografia no 11º dia pós-ovulação, repetindo-se os exames aos 20, 30, 40 e 50 dias de prenhez. As éguas foram separadas em grupos de I a IV, correspondentes às perdas de prenhez entre os dias 11 e 20, 21 e 30, 31 e 40, e 41 e 50, respectivamente. O índice total de perdas foi de 8,53% (38/445),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Perda de prenhez; Morte embrionária; Eqüino; Égua.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782002000400016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Isolamento e teste de susceptibilidade a antimicrobianos de bactérias em infecções uterinas de éguas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Silva,N.; Braga,C.E.; Costa,G.M.; Lobato,F.C.F..
Foram examinados 206 "swabs" cervicais e uterinos de éguas de várias raças, de diversas regiões do Estado de Minas Gerais, durante o período de 1986 a 1996. Cerca de 164 "swabs" foram positivos para a presença de microrganismos causadores de endometrites. Streptococcus equi subsp. zooepidemicus (25,7%) e Escherichia coli (15,1%) foram os principais agentes infecciosos isolados. Outros microrganismos presentes foram: Staphylococcus aureus (9,2%), Streptococcus alfa-hemolítico (9,2%), Pseudomonas aeruginosa (3,9%), Staphylococcus coagulase negativo (6,3%), Bacillus spp. (1,9%), Rhodococcus equi (3,4%) e Proteus mirabilis (1,5%). As provas de susceptibilidade aos antimicrobianos revelaram que amicacina e gentamicina (70,2%), ampicilina (59,5%) e cloranfenicol...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Endometrite; Etiologia; Antibiótico.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09351999000300002
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional