Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 26
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade antibacteriana, antioxidante e tanante de subprodutos da uva Ciência Rural
Rotava,Rui; Zanella,Irineo; Silva,Leila Picolli da; Manfron,Melânia Palermo; Ceron,Carla Speroni; Alves,Sydney Hartz; Karkow,Ana Kátia; Santos,João Paulo Aquino.
O objetivo neste trabalho foi determinar-se in vitro a atividade antibacteriana, antioxidante e tanante de subprodutos da uva (Vitis vinifera) para seu aproveitamento como ingredientes alternativos na indústria avícola e na conservação de alimentos. Compostos polares foram extraídos da semente de uva desengordurada, em solução contendo acetona, água e ácido acético, resultando em 10,3% de rendimento de extrato de semente de uva desengordurada (ESUD). O ESUD apresentou alta atividade antibacteriana in vitro contra cepas de S. aureus e E. coli, mas não contra cepas de Salmonella sp. A atividade antioxidante do ESUD foi comparável ao ácido ascórbico. A atividade tanante foi considerada baixa para a semente de uva e alta para o ESUD.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Atividade antimicrobiana; Atividade antioxidante; Subprodutos da uva; Taninos.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000300051
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade antimicrobiana e antioxidante do óleo essencial de ho-sho (Cinnamomum camphora Ness e Eberm Var. Linaloolifera fujita) Ciênc. Tecnol. Aliment.
Cansian,Rogério Luis; Mossi,Altemir José; Oliveira,Débora de; Toniazzo,Geciane; Treichel,Helen; Paroul,Natalia; Astolfi,Viviane; Serafini,Luciana Atti.
Este trabalho teve como objetivo determinar a atividade antimicrobiana e antioxidante do óleo essencial de Ho-Sho. O principal componente do óleo essencial obtido a partir de folhas da planta submetidas ao processo de hidrodestilação foi o linalol (80 a 95% m/m). O óleo essencial mostrou atividade antimicrobiana para todos os microrganismos testados, com exceção de Pseudomonas aeruginosa. A maior atividade antimicrobiana do óleo essencial sobre as bactérias testadas foi observada sobre Xanthomonas campestris (33,0 mm) e a menor sobre Yersinia enterocolitica (10,5 mm). Para a concentração inibitória mínima (CIM), observou-se que todos os microrganismos apresentaram-se susceptíveis ao óleo essencial de Ho-Sho. A variação das CIM para as bactérias...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Atividade antimicrobiana; Atividade antioxidante; Cinnamomum camphora.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612010000200014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade antioxidante de frutas do cerrado Ciênc. Tecnol. Aliment.
Roesler,Roberta; Malta,Luciana Gomes; Carrasco,Luciana Cristina; Holanda,Roseane Barata; Sousa,Clélia Alves Socorro; Pastore,Glaucia Maria.
Annona crassiflora (araticum), Solanum lycocarpum (lobeira), Eugenia dysenterica (cagaita), Caryocar brasilense (pequi) e Swartzia langsdorfii (banha de galinha) são frutas do bioma cerrado, conhecidas e consumidas principalmente por populações nativas dessa região. Nesse estudo, as diferentes frações dos frutos acima descritos (polpa, semente e casca) foram avaliadas por meio de extratos aquosos e etanólicos. Alguns extratos mostraram altíssimos conteúdos de compostos fenólicos e foram escolhidos para avaliação do potencial em seqüestrar radicais livres por meio do modelo 2,2 difenil-1-picril hidrazil (DPPH). Os melhores resultados foram: extrato aquoso e etanólico de casca de pequi (IC50 igual a 9,44 e 17,98 µg.mL-1 respectivamente), extrato etanólico de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Frutas tropicais; Cerrado; Atividade antioxidante; DPPH; Fenóis.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade antioxidante de pimentas do gênero Capsicum Ciênc. Tecnol. Aliment.
Costa,Luciene Mendonça da; Moura,Neusa Fernandes de; Marangoni,Cristiane; Mendes,Caroline Eliza; Teixeira,Alexandre de Oliveira.
Foi avaliada a atividade antioxidante pelo Sistema β-caroteno/Ácido Linoleico, ensaio do radical DPPH• (2,2-difenil-1-picrilhidrazila), do extrato bruto (EB) e frações hexânica (FH), clorofórmica (FC) e acetato de etila (FA) das pimentas malagueta (C. frutescens), cambuci (C. baccatum var. pendulum), cumari (C. baccatum var praetermissum) e pimentão magali (C. annuum var. annuum). As concentrações de capsaicinoides e de fenólicos totais presentes nas pimentas também foram determinadas. Os resultados obtidos demonstraram que as FC e FA das pimentas apresentaram maior concentração de fenólicos totais e capsaicinoides, sendo que a pimenta cumari foi a espécie com maior concentração destes compostos. A melhor atividade antioxidante pelo Sistema...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Capsicum; Pimentas; Atividade antioxidante.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612010000500009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade antioxidante do beta-caroteno e da vitamina A. Estudo comparativo com antioxidante sintético Ciênc. Tecnol. Aliment.
PASSOTTO,José Afonso; PENTEADO,Marilene De Vuono Camargo; MANCINI-FILHO,Jorge.
Foi avaliada a atividade antioxidante da vitamina A na forma de acetato de retinol e de seu principal precursor, o beta-caroteno, adicionados a um sistema de óleo de soja previamente sensibilizado à oxidação. Os parâmetros utilizados como grau de atividade oxidativa foram: índice de peróxidos, teores de malonaldeído durante os intervalos de 24 a 72 horas, e perfil dos ácidos linoléico e linolênico após 144 horas de oxidação. Pelos resultados pode-se verificar que o retinol apresentou atividade antioxidante superior ao beta-caroteno. As determinações das atividades antioxidantes foram comparadas à do butilhidroxitolueno (BHT). A eficiência antioxidante da vitamina A e do beta-caroteno foram proporcionais às suas resistências à decomposição no sistema...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Beta-caroteno; Vitamina A; Acetato de retinol; Atividade antioxidante.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20611998000100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade antioxidante e correlações com componentes bioativos de produtos comerciais de cupuaçu Ciência Rural
Santos,Gerusa Matias; Maia,Geraldo Arraes; Sousa,Paulo Henrique Machado; Figueiredo,Raimundo Wilane; Costa,José Maria Correia; Fonseca,Ana Valquíria Vasconcelos.
O cupuaçu é considerado um importante fruto tipicamente amazônico e apresenta polpa ácida, agradável e de aroma característico. Esses atributos de qualidade o colocam no ranking das exportações de frutas. No Brasil, o cupuaçu é consumido principalmente na forma de polpa congelada. Os estudos com marcas comerciais de polpa de cupuaçu que correlacionaram a atividade antioxidante aos níveis de compostos bioativos mostraram que a capacidade de sequestro de espécies radicalares, pelo método do radical ABTS, apresentou correlação positiva com os compostos fenólicos e não com os carotenoides e a vitamina C. Porém, todas as marcas avaliadas apresentaram diferenças significativas quanto aos teores de vitamina C, carotenoides e capacidade antioxidante total...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Theobroma grandiflorum; Compostos fenólicos; Carotenóides; Vitamina C; Atividade antioxidante; ABTS.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000700024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da atividade antioxidante dos compostos fenólicos naturalmente presentes em subprodutos do pseudofruto de caju (Anacardium occidentale L.) Ciênc. Tecnol. Aliment.
Broinizi,Priscila Regina Bolelli; Andrade-Wartha,Elma Regina Silva de; Silva,Ana Mara de Oliveira e; Novoa,Aléxis Jesús Vidal; Torres,Rosângela Pavan; Azeredo,Henriette Monteiro Cordeiro; Alves,Ricardo Elesbão; Mancini-Filho,Jorge.
O presente trabalho teve como proposta avaliar a capacidade antioxidante do bagaço e do extrato bruto concentrado (EBC) do pedúnculo de caju, tendo em vista o seu aproveitamento. O potencial antioxidante dos extratos aquoso (EAq) e alcoólico (EAlc) e das frações de ácidos fenólicos livres (AFL) e esterificadas (solúvel AFS e insolúvel AFI) desses subprodutos do pedúnculo de caju clone CCP-76 foi avaliado em sistema beta-caroteno/ácido linoléico, pelo teste de varredura de radical livre [2,2 difenil-1-pricril-hidrazil (DPPH•)] e de Rancimat. Além do mais, o conteúdo de fenólicos totais e o perfil de ácidos fenólicos foram determinados usando-se o reagente de Folin-Ciocateau e por cromatografia gasosa, respectivamente. O EAq e a fração AFL dos subprodutos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pseudofruto de caju; Ácidos fenólicos; Atividade antioxidante; Sistema modelo beta-caroteno/ácido linoléico; DPPH•; Rancimat.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000400035
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da atividade antioxidante e identificação dos ácidos fenólicos presentes no bagaço de maçã cv. Gala Ciênc. Tecnol. Aliment.
Soares,Marcia; Welter,Lucas; Gonzaga,Luciano; Lima,Alessandro; Mancini-Filho,Jorge; Fett,Roseane.
No processamento da maçã para obtenção do suco, ocorre a formação de uma elevada quantidade de resíduo, representado pelas cascas e sementes, no qual são encontradas diversas substâncias, como os compostos fenólicos, aos quais são atribuídas as propriedades antioxidantes. Este estudo teve como objetivo avaliar o conteúdo de compostos fenólicos totais e a atividade antioxidante in vitro de extratos e frações de ácidos fenólicos livres, esterificadas solúveis e esterificadas insolúveis, obtidos por diferentes solventes, a partir do resíduo da maçã cv. Gala pelos métodos DPPH (2,2-difenil-1-picrilhidrazilo) e ABTS [2,2'-azino-bis (3-etilbenzotiazolin) 6-ácido sulfônico], além da identificação dos ácidos fenólicos por cromatografia gasosa. O sistema acetona...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bagaço de maçã cv. Gala; Atividade antioxidante; Ácidos fenólicos.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612008000300032
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do potencial antioxidante e extração subcrítica do óleo de linhaça Ciênc. Tecnol. Aliment.
Galvão,Elisângela Lopes; Silva,Débora Cristina Fernandes da; Silva,Jamile Oliveira da; Moreira,Ana Vládia Bandeira; Sousa,Elisa Maria Bittencourt Dutra de.
As sementes de linhaça são ricas em ácidos graxos essenciais, fibras e compostos fenólicos, que exercem atividade antioxidante. O presente trabalho propôs a obtenção do óleo de linhaça a partir de diferentes métodos de extração (solvente orgânico e com CO2 subcrítico), a observação da presença de compostos com potencial antioxidante nas sementes, utilizando a Cromatografia em Camada Delgada (CCD) e ainda, a avaliação da efetividade através da co-oxidação de substratos do sistema β-caroteno/ácido linoléico. Para a CCD, foram utilizados os reveladores β-caroteno/ácido linoléico e cloreto férrico/ferricianeto de potássio. Para a atividade antioxidante foram feitas medidas espectrofotométricas de soluções contendo o sistema oxidante β-caroteno/ácido linoléico,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Linhaça; Métodos de extração; Atividade antioxidante; Β-caroteno.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612008000300008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação dos efeitos da radiação gama na conservação da qualidade da polpa de amora-preta (Rubus spp. L.) Rev. Bras. Frutic.
Silva,Michele Paula da; Gomes,Flavia dos Santos; Freire Junior,Murillo; Cabral,Lourdes Maria Corrêa.
A amora-preta é uma fruta que vem despertando a atenção de produtores e consumidores devido ao seu sabor agradável, cor atrativa e por apresentar em sua composição elevado teor de compostos bioativos. O grande entrave para consumo e a comercialização dos frutos da amoreira é sua elevada taxa respiratória, o que reduz sua vida útil. Uma alternativa viável para o aproveitamento econômico dessas frutas consiste em sua industrialização, podendo ser congeladas, enlatadas, processadas na forma de polpa, ou na forma de sucos e geleias. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da radiação gama na conservação da polpa de amora. A irradiação foi realizada no laboratório de irradiação gama do Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), em uma...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Antocianinas; Atividade antioxidante; Rubus spp.; Vida útil de prateleira; Radiação gama.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000300013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Capacidade antioxidante e composição química da casca de maracujá (Passiflora edulis) Ciência Rural
Cazarin,Cinthia Baú Betim; Silva,Juliana Kelly da; Colomeu,Talita Cristina; Zollner,Ricardo de Lima; Maróstica Junior,Mário Roberto.
O objetivo do estudo foi avaliar a composição centesimal da farinha obtida da casca do maracujá e sua atividade antioxidante in vitro, buscando viabilizar suas potencialidades para incorporação em produtos alimentares. Os frutos foram higienizados, as cascas foram separadas da polpa, secas em estufa com circulação de ar e moídas para obtenção de uma farinha. Foi determinada a composição centesimal e os polifenóis presentes na casca foram extraídos por três metodologias, tendo sido quantificados o teor de fenóis totais e a atividade antioxidante por três métodos distintos (sequestro do radical 2,2-difenil-1-picrilhidrazil - DPPH, capacidade antioxidante de redução do ferro - FRAP e capacidade de absorção do radical oxigênio - ORAC). Os resultados mostram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Passiflora edulis; Casca do maracujá; Fibra dietética; Compostos fenólicos; Atividade antioxidante.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782014000901699
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características físico-químicas e propriedades funcionais tecnológicas do bagaço de mirtilo fermentado e suas farinhas Rev. Bras. Frutic.
Goldmeyer,Bruna; Penna,Neidi Garcia; Melo,Ângela; Rosa,Claudia Severo da.
A industrialização de frutas permite que os consumidores usufruam seus benefícios funcionais; porém, na maioria das vezes, o processamento produz resíduos industriais que normalmente não são aproveitados. Desta forma, o bagaço do mirtilo é um subproduto da fermentação que geralmente é desprezado na natureza, originando poluição ambiental. Este trabalho objetivou a caracterização físico-química, a determinação da atividade antioxidante, antocianinas e polifenóis do fruto de mirtilo, bagaço de mirtilo proveniente da produção de bebidas fermentadas e da farinha obtida deste bagaço, bem como as propriedades funcionais tecnológicas e a estabilidade microbiológica destas farinhas. As farinhas do fruto e do bagaço foram obtidas a partir da desidratação em estufa...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Atividade antioxidante; Antocianina; Polifenóis.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000400025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização das propriedades funcionais do jambolão. Infoteca-e
VIZZOTTO, M.; PEREIRA, M. C..
bitstream/item/30458/1/boletim-79.pdf
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Sysygium cumuni; Atividade antioxidante; Composto fenólogico; Antocianinas.; Fruta Tropical; Jambolão..
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/746899
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Chá verde brasileiro (Camellia sinensis var assamica): efeitos do tempo de infusão, acondicionamento da erva e forma de preparo sobre a eficiência de extração dos bioativos e sobre a estabilidade da bebida Ciênc. Tecnol. Aliment.
Nishiyama,Márcia Fernandes; Costa,Maria Aparecida Ferreira; Costa,Andréa Miura da; Souza,Cristina Giatti Marques de; Bôer,Cinthia Gandolfi; Bracht,Cissa Kelmer; Peralta,Rosane Marina.
Os estudos do chá verde brasileiro (Camellia sinensis var assamica) ainda são escassos quando comparados aos realizados com chás verdes produzidos em outros países. Os objetivos deste trabalho foram avaliar os efeitos do tempo de infusão, forma de acondicionamento da erva (a granel ou em sachês) e forma de preparo da bebida na extração dos biativos do chá verde brasileiro e na estabilidade da bebida obtida. Foram avaliados os parâmetros sólidos solúveis e compostos fenólicos extraídos, bem como as propriedades antioxidantes da bebida pelo método DPPH (radicais 2,2-difenil-1-picrilhidrazil). Os dados obtidos evidenciam que o uso da erva a granel sob agitação e tempo de infusão de 5 minutos foi a condição mais propícia para a extração dos bioativos do chá...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Atividade antioxidante; Chá verde brasileiro; Compostos fenólicos; Estabilidade.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612010000500029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição fenólica e atividade antioxidante de resíduos agroindustriais Ciência Rural
Melo,Priscilla Siqueira; Bergamaschi,Keityane Boone; Tiveron,Ana Paula; Massarioli,Adna Prado; Oldoni,Tatiane Luiza Cadorin; Zanus,Mauro Celso; Pereira,Giuliano Elias; Alencar,Severino Matias de.
Atualmente, são produzidas milhões de toneladas de resíduos provenientes do processamento agroindustrial. Muitos deles são ricos em compostos bioativos sendo potenciais fontes naturais dessas substâncias. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o teor de compostos fenólicos totais, a atividade antioxidante e a composição fenólica de três resíduos gerados por agroindústrias brasileiras: bagaço de uva Isabel (BI) (Vitis labrusca), bagaço de uva Verdejo (BV) (Vitis vinifera) e bagaço de goiaba (BG) (Psidium guajava). Os resultados do teor de compostos fenólicos totais (mg GAE g-1) encontrados nos extratos etanólicos e aquosos dos resíduos foram, respectivamente: BV (20,94±0,46; 8,03±0,43)> BI (16,57±0,19; 4,41±0,01)> BG (3,41±0,09; 1,88±0,06)....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Resíduos agroindustriais; Compostos fenólicos; Atividade antioxidante; DPPH ●; ABTS ●; Auto-oxidação do sistema beta-caroteno/ácido linoléico; CG-EM.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000600027
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição química de três variedades de gergelim. Infoteca-e
FREITAS, M. N. de; BARROS, M. E. S.; FIRMINO, P. de T.; ARRIEL, N. H. C..
Gergelim (Sesamum indicum L.) é um alimento muito apreciado pelo consumidor, principalmente por suas alegações de funcionalidade e aspectos nutritivos. Dessa forma, este estudo objetivou conhecer a composição química de três variedades de gergelim, que são exploradas em cultivos comerciais no Brasil. Desse modo, determinaram-se alguns constituintes químicos e avaliaram-se os compostos fenólicos e a atividade antioxidante de variedades de sementes de gergelim de coloração bege e preta. O valor energético e a atividade antioxidante foram similares para as variedades testadas. O teor de fenólicos foi maior no gergelim preto. Assim, os resultados indicam que as sementes avaliadas são nutritivas, apresentam propriedades funcionais e constituem boa fonte de...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Caracterização química; Compostos fenólicos; Atividade antioxidante; Sesamum Indicum; Gergelim; Teste de Sementes; Sesamum.
Ano: 2018 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1091165
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostos bioativos presentes em amora-preta (Rubus spp.) Rev. Bras. Frutic.
Ferreira,Daniela Souza; Rosso,Veridiana Vera de; Mercadante,Adriana Zerlotti.
A amora-preta (Rubus spp.), pequena fruta de clima temperado, possui coloração atraente, variando do vermelho púrpura ao azul, devido ao elevado teor de antocianinas. As antocianinas, juntamente com os carotenoides, compõem os pigmentos naturais, majoritários encontrados em diversas frutas. Diversos estudos têm relatado a importância destes pigmentos naturais como protetores e/ou inibidores de doenças degenerativas, porém são escassos os estudos sobre compostos bioativos presentes em amora-preta cultivada no Brasil. Os objetivos do presente estudo foram identificar as antocianinas e os carotenoides presentes em amora-preta, determinar os conteúdos totais de compostos fenólicos, carotenoides, flavonoides, antocianinas totais, monoméricas, poliméricas e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pigmentos; Antocianinas; Compostos fenólicos; Carotenoides; Atividade antioxidante.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostos funcionais presentes em bulbilhos de alhos armazenados sob refrigeração, provenientes de cultivos no Brasil e na China Ciência Rural
Silva,Ester Yoshie Yosino da; Moretti,Celso Luiz; Mattos,Leonora Mansur.
O objetivo desta pesquisa foi determinar o teor de compostos funcionais presentes em bulbilhos de alho das cultivares 'Caçador' e 'Peruano', originárias do Brasil, e da cultivar 'Jinxiang', proveniente da China, durante o armazenamento pós-colheita até sessenta dias. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x5 (três cultivares de alho x 5 períodos de armazenagem), com três repetições, sendo a unidade experimental composta por 10 bulbos de alho. Os bulbos foram armazenados à temperatura de 22±1°C e umidade relativa de 70±2% e analisados quinzenalmente para teores de alicina, compostos fenólicos e atividade antioxidante pelo sistema -caroteno/ácido linoléio. De maneira geral, verificou-se que as propriedades...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Allium sativum; Alicina; Compostos organossulfurados; Atividade antioxidante; Compostos fenólicos.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010001200023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Condições de secagem de uma pasta de anchoita modificada enzimaticamente na oxidação lipídica, lisina disponível e atividade antioxidante do produto Ciência Rural
Moraes,Kelly de; Pinto,Luiz Antônio de Almeida.
O objetivo do trabalho foi analisar as condições da secagem convectiva de uma pasta de anchoita (Engraulis anchoita) modificada enzimaticamente, através da metodologia de superfícies de resposta, sendo as respostas consideradas: a oxidação lipídica (TBA), a redução da lisina disponível e a perda da atividade antioxidante específica. A pasta de anchoita modificada foi obtida por hidrólise enzimática da fração muscular (filés) do pescado por Neutrase®. Foram avaliadas na operação de secagem, a temperatura do ar (60, 70 e 80°C) e a espessura das amostras (1,5; 2,5 e 3,5mm). A análise estatística da secagem mostrou efeitos significativos da temperatura do ar e da espessura das amostras (P<0,05) nas respostas. A melhor condição de secagem foi obtida na...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Atividade antioxidante; Engraulis anchoita; Enzima; Oxidação lipídica; Secagem convectiva.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782013000300026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Constituintes químicos, fenóis totais e atividade antioxidante de Sterculia striata St. Hil. et Naudin Acta Amazonica
Costa,Danielly Albuquerque; Chaves,Mariana Helena; Silva,Wisllan Cesar Santos; Cost,Charllyton Luis Sena.
A investigação fitoquímica das cascas do caule de Sterculia striata St. Hil. et Naudin, através de métodos cromatográficos, conduziu ao isolamento dos esteróides sitosterol, estigmasterol e sitosterol-3-O-β-D-glicopiranosídeo, além de quatro triterpenóides pentacíclicos, o lupeol, 3-β-O-acil lupeol, lupenona e ácido betulínico. As estruturas desses compostos foram identificadas por análise dos espectros de RMN ¹H e 13C e comparações com dados da literatura. Para determinação do teor de fenóis totais do extrato etanólico de S. striata utilizou-se o reativo Folin Ciocalteu, enquanto na avaliação da atividade antioxidante empregou-se o radical livre DPPH. Este é o primeiro trabalho descrevendo o estudo químico com as cascas do caule desta espécie.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sterculia striata; Esteróides; Triterpenóides; Atividade antioxidante.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672010000100026
Registros recuperados: 26
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional