Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 42
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de compostos não-voláteis em diferentes cultivares de cafeeiro produzidas na região sul de Minas Gerais - DOI: 10.4025/actasciagron.v31i1.6629 Agronomy
Malta, Marcelo Ribeiro; EPAMIG; Chagas, Sílvio Júlio de Rezende; EPAMIG.
O presente trabalho teve como objetivo avaliar os teores de trigonelina, ácidos clorogênicos (5-ACQ) e cafeína em grãos de diferentes cultivares de cafeeiro (Coffea arabica L.). As cultivares avaliadas foram coletadas na Fazenda Experimental da Epamig em Lavras, Estado de Minas Gerais, no ano agrícola de 2005/2006. O delineamento experimental utilizado foi um inteiramente casualizado constando de oito cultivares de café com três repetições. Foram avaliadas as cultivares: Oeiras MG 6851, Acaiá Cerrado MG 1474, Catuaí Vermelho IAC 99, Rubi MG 1192, Topázio MG 1190, Mundo Novo IAC 379/19, Catucaí Amarelo 2 SL e Catuaí Amarelo IAC 62. Após a colheita dos cafés por derriça manual no pano, estes foram lavados e submetidos ao processo de descascamento e...
Palavras-chave: 5.01.03.04-0 Produção de Mudas Coffea arabic; Melhoramento; Composição química; Ácido clorogênico; Cafeína; Trigonelina. Coffea Arabica; Breeding; Chemical composition; Chlorogenic acids; Caffeine; Trigonelline.
Ano: 2009 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/6629
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação dos teores de cafeína em clones de erva mate por cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa (CG-EM). Repositório Alice
MÜLLER, J. H. dos A.; AMBONI, R. D. de M. C.; HELM, C. V..
2010
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ilex paraguariensis; Cafeína; Extração; CG-EM.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/873818
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação físico-química de cafés torrados e moídos, de diferentes marcas comerciais, da região sul de Minas Gerais Ciênc. Tecnol. Aliment.
Licciardi,Renata; Pereira,Rosemary Gualberto F. A.; Mendonça,Luciana Maria Vieira Lopes; Furtado,Elisângela Ferreira.
A manutenção das características sensoriais de uma determinada marca de café torrado e moído, a cada produção de um novo lote, tem sido uma das maiores dificuldades enfrentadas pelas torrefadoras, devido à heterogeneidade da matéria-prima utilizada na elaboração dos blends. A composição química do café cru é responsável pelos atributos sensoriais da bebida, que são formados durante o processo de torração e variações nestes componentes acarretam bebidas diferenciadas. Com base neste fato, amostras de onze marcas comerciais de café torrado e moído, comercializadas na região Sul de Minas Gerais, foram coletadas nos meses de janeiro, abril e julho, e avaliadas quanto aos teores de extrato aquoso, extrato etéreo e cafeína. Os resultados demonstraram existir...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Café torrado; Cafeína; Extrato aquoso; Extrato etéreo; Qualidade.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612005000300006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Bebida mista com propriedade estimulante à base de água de coco e suco de caju clarificado Ciênc. Tecnol. Aliment.
Carvalho,Joelia Marques de; Maia,Geraldo Arraes; Figueiredo,Raimundo Wilane de; Brito,Edy Sousa de; Garruti,Deborah dos Santos.
Na indústria de bebidas, uma alternativa para acrescentar valor nutricional ou simplesmente desenvolver novos sabores é a mistura de diferentes sucos de frutas na formulação de bebidas mistas. Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de uma bebida à base de água de coco e suco de caju clarificado (cajuína), com adição de cafeína, conferindo-lhe propriedades estimulantes. Foram avaliadas cinco formulações, com diferentes proporções de cajuína, tendo sido padronizados previamente o pH, teor de sólidos solúveis e cafeína. As formulações foram submetidas à caracterização físico-química (pH, sólidos solúveis, acidez, açúcares redutores, não redutores e totais e vitamina C), análises microbiológicas e avaliação sensorial de aceitação (atributos de cor,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bebidas não-alcoólicas; Vitamina C; Cajuína; Cafeína; Avaliação sensorial; Frutas tropicais.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612005000400030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Bebidas energizantes: características de consumo e ingesta de cafeína en adultos jóvenes en Argentina Acta Toxicol. Argent.
Carnevali de Falke,Susana; Degrossi,María Claudia.
El objetivo de este estudio fue estimar la ingesta diaria media de cafeína a través del consumo de bebidas energizantes (BE) como única fuente, en una población de adultos jóvenes, entre las edades de 18 a 40 años, en Argentina. En el período de marzo a octubre de 2013, los participantes completaron un cuestionario de administración indirecta a través de la web. El 73,8 % de los encuestados consumió BE al menos una vez en el último año y el 74,9 % de éstos la mezcló con alcohol. La ingesta media de cafeína fue de 0,12 mg/kg/día en el total de la muestra, alcanzando valores medios de 0,65 mg/kg/día para los consumidores crónicos y de 5,81 mg/kg/única ocasión para los consumidores agudos. La alta proporción de encuestados que manifestó consumir la mezcla de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bebidas energizantes; Cafeína; Ingesta diaria; Adultos jóvenes.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1851-37432015000300001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cafeína exógena inibe o desenvolvimento in vitro de embriões de Coffea arabica L. e Coffea canephora PIERRE. Repositório Alice
ROSA, S. D. V. F. da; SANTOS, C. G. dos; PAIVA, R.; GUIMARÃES, R. M.; VEIGA, A. D.; MELO, L. Q. de..
2003
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Cafeína; Coffea arabica L.; Coffea canephora Pierre; Germinação; Embrião.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/908984
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caffeinated and decaffeinated mate tea: effect of toasting on bioactive compounds and consumer acceptance. Repositório Alice
DUARTE, M. M.; TOMASI, J. de C.; HELM, C. V.; AMANO, E.; LAZZAROTTO, M.; GODOY, R. C. B. de; NOGUEIRA, A. C.; WENDLING, I..
O estudo objetivou analisar a influência da tosta da erva-mate nos teores de compostos bioativos de diferentes genótipos e a aceitação por consumidores de chá mate cafeinados e descafeinado. A influência da tosta foi estudada a partir de 11 genótipos e uma amostra controle, determinando-se a capacidade antioxidante, compostos fenólicos totais, metilxantinas e ácidos cafeoilquínicos, antes e após a tosta. Nos testes de aceitação foram avaliados cinco chás descafeinados e seis cafeinados, separadamente, e duas amostras controle (produtos comerciais), provadas por 110 consumidores. O processo de tosta influenciou negativamente nos teores de compostos bioativos dos chás, bem como houve diferença entre os genótipos. Para cafeína, EC49 e EC37 apresentaram os...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Ácido cafeoilquínico; Metilxantina; Mate tea; Erva-mate; Ilex Paraguariensis; Composto Fenólico; Cafeína.
Ano: 2020 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1124449
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracteres agronômicos e industriais de clones de guaranazeiro. Repositório Alice
NINA, N. V. dos S.; VEIGA JUNIOR, V. F. da; ATROCH, A. L..
O guaraná, entre muitas espécies amazônicas, possui potencial nacional e internacional, por ser a fonte vegetal com maior teor de cafeína e propriedades energéticas, medicinais e industriais. Verifica-se a necessidade de quantificação de substâncias de interesse industrial, como metilxantinas, relacionando-as à produtividade agronômica. Nesse sentido, este trabalho visa selecionar clones de guaranazeiro com atributos desejáveis em relação a caracteres agronômicos e industriais em diferentes ambientes.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Cafeína; Adaptabilidade; Estabilidade; Metilxantinas; Divergência genética.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1053045
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização cromática, química e físico-química de bebidas energéticas e isotônicas comercializadas em Fortaleza, CE. Repositório Alice
VERAS NETO, J. G.; OLIVEIRA, M. E. B. de; NASCIMENTO, R. F. do.
2010
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Cafeína; Cor; Composição química; Minerais.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/882347
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização cromática, química e físico-química de bebidas energéticas e isotônicas comercializadas em Fortaleza-CE. Repositório Alice
VERAS NETO, J. G.; OLIVEIRA, M. E. B. de; NASCIMENTO, R. F. do..
2010
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Bebidas energéticas; Isotônicos; Mineirais; Cafeína.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/875782
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização de acessos do banco de germoplasma de café da Epamig em relação ao ácido clorogênico, trigonelina e cafeína. Repositório Alice
SETOTAW, T. A.; NUNES, C. F.; SOUZA, C. S. de; SALGADO, S. L.; CARVALHO, G. R.; REZENDE, J. C. de; PEREIRA, A. A.; CANÇADO, G. M. de A..
O banco de germoplasma de café da EPAMIG contém acessos muito importantes para o programa de melhoramento de Coffea arabica, os quais necessitam de caracterização em relação aos ácidos orgânicos e cafeína. Portanto, esse trabalho objetivou avaliar 64 acessos de C. arabica, C. canephora var. Robusta e Híbrido de Timor mantidos no banco de germaplasma localizado na Fazenda Experimental da EPAMIG no município de Patrocínio/MG. A avaliação foi baseada na quantificação do ácido clorogênico, trigonelina e cafeína por meio da determinação empregando HPLC Perkins Elmer com ?UV/VIS detector?. Detectou-se variabilidade em relação ao ácido clorogênico, trigonelina e cafeína entre acessos de café arábica e os outros acessos do banco de germoplasma. Isso evidencia a...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ácidos orgânicos; Cromatografia líquida de alta eficiência; Cafeína; Caffeine; Organic acids; Coffea arabica; High performance liquid chromatography.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1036538
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostos bioativos e atividade antioxidante do café (Coffea arabica L.) Ciência e Agrotecnologia
Abrahão,Sheila Andrade; Pereira,Rosemary Gualberto Fonseca Alvarenga; Duarte,Stella Maris da Silveira; Lima,Adriene Ribeiro; Alvarenga,Dalila Junqueira; Ferreira,Eric Batista.
Conduziu-se este trabalho, com a proposta de avaliar o potencial antioxidante de dois padrões da bebida do café (rio e mole), verdes e torrados, utilizando modelos in vitro. Foram determinados o teor de fenólicos totais, ácido clorogênico (ácido 5-cafeoilquínico) e cafeína das bebidas. A avaliação in vitro do potencial antioxidante foi investigada pelos métodos de captação do radical DPPH e pelo poder redutor de metais. Os dois padrões de bebida do café analisados não apresentaram diferenças quanto aos parâmetros cor, ácido clorogênico e cafeína. Observou-se que houve redução nos valores de ácido clorogênico à medida que os grãos foram torrados. O café verde bebida rio apresentou maior teor de fenólicos totais que o café bebida mole. Nos grãos torrados não...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Qualidade da bebida; Compostos fenólicos; Ácido clorogênico; Cafeína; Capacidade antioxidante; Poder redutor.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000200020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostos bioativos em café integral e descafeinado e qualidade sensorial da bebida. Repositório Alice
ABRAHÃO, S. A.; PEREIRA, R. G. F. A.; LIMA, A. R.; FERREIRA, E. B.; MALTA, M. R..
O objetivo deste estudo foi determinar a qualidade sensorial de café (Coffea arabica) descafeinado e integral, os níveis de compostos bioativos, antes e após a torração, e a estabilidade destes após a extração da bebida. A análise sensorial foi realizada por meio do método oficial brasileiro de classificação do café. As análises de cafeína, trigonelina e ácido clorogênico foram realizadas por cromatografia líquida de alta eficiência. O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso, em parcelas subdivididas com quatro tipos de café, cinco tempos de análise e três repetições. Na análise sensorial, foi observado que as características sensoriais, presentes na amostra integral, foram perdidas após o processo de descafeinação. Na variável concentração...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Coffea arabica; Acido clorogênico; Cafeína; Trigonelina.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/125719
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostos bioativos em café integral e descafeinado e qualidade sensorial da bebida PAB
Abrahão,Sheila Andrade; Pereira,Rosemary Gualberto Fonseca Alvarenga; Lima,Adriene Ribeiro; Ferreira,Eric Batista; Malta,Marcelo Ribeiro.
O objetivo deste estudo foi determinar a qualidade sensorial de café (Coffea arabica) descafeinado e integral, os níveis de compostos bioativos, antes e após a torração, e a estabilidade destes após a extração da bebida. A análise sensorial foi realizada por meio do método oficial brasileiro de classificação do café. As análises de cafeína, trigonelina e ácido clorogênico foram realizadas por cromatografia líquida de alta eficiência. O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso, em parcelas subdivididas com quatro tipos de café, cinco tempos de análise e três repetições. Na análise sensorial, foi observado que as características sensoriais, presentes na amostra integral, foram perdidas após o processo de descafeinação. Na variável concentração...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácido clorogênico; Cafeína; Trigonelina.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2008001200022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostos não voláteis em cafés da região sul de minas submetidos a diferentes pontos de torração Ciência e Agrotecnologia
Rodarte,Mirian Pereira; Abrahão,Sheila Andrade; Pereira,Rosemary Gualberto Fonseca Alvarenga; Malta,Marcelo Ribeiro.
O processo de torração do café induz alterações físicas, químicas e sensoriais na matéria-prima, cuja intensidade e tipo dependem, principalmente, da composição química dos grãos e do tempo e temperatura utilizados na execução do mesmo. Este processo promove a degradação, formação e volatilização de vários compostos. Comercialmente, existem cafés torrados e moídos em diferentes pontos de torração, os quais originam bebidas com diferentes propriedades sensoriais e nutricionais. Os compostos trigonelina, ácidos clorogênicos e cafeína interferem no sabor e aroma do café. A trigonelina e os ácidos clorogênicos vêm sendo estudados também quanto ao aspecto nutricional, uma vez que esses compostos possuem ação benéfica à saúde. Esses compostos são solúveis em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: CLAE; Torração; Trigonelina; Ácidos clorogênicos; Cafeína.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000500024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Consumo excesivo de cafeína y eventuales poblaciones de riesgo Acta Toxicol. Argent.
Carnevali de Falke,Susana; Degrossi,María Claudia.
La cafeína (1,3,7-trimetilxantina), es uno de los componentes alimentarios más consumidos y estudiados. Aunque un consumo moderado no implica riesgos para la salud, un ingesta excesiva puede conducir a efectos adversos, tales como ansiedad, irritabilidad, palpitaciones e insomnio. Con el propósito de caracterizar el riesgo para la salud en mujeres adultas de 18 a 70 años en Argentina, se abordaron los siguientes objetivos: determinar el contenido de cafeína en cinco bebidas disponibles en el mercado argentino y con estos datos y otros de fuentes bibliográficas estimar la ingesta media diaria de esta sustancia en dicha población para establecer si existen grupos en riesgo, estudiar la relación de dicha ingesta con el lugar de residencia y determinar el...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cafeína; Ingesta diaria; Mate; Riesgo.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1851-37432017000300001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle genético dos teores de polifenóis totais, taninos e cafeína em progênies de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) cultivadas em três classes de solos. Infoteca-e
STURION, J. A.; CORREA, G.; RESENDE, M. D. V. de; CARDOZO JUNIOR, E. L.; DONADUZZI, C. M..
A herdabilidade no sentido restrito, em nível de média, foi estimada, por ocasião da segunda poda, aos 4 anos de idade para teores de polifenóis totais, cafeína e tanino em 16 progênies de meios-irmãos de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) plantadas em três classes distintas de solo. As estimativas obtidas foram de alta magnitude, indicando que as características avaliadas podem ser melhoradas pela seleção de progênies. Com base em estimativas de correlações genéticas entre locais, conclui-se que o teor de cafeína pode ser melhorado com sucesso para os três locais, pela seleção de progênies em apenas um local, enquanto que o melhoramento para tanino e polifenóis totais deve ser efetuado em nível local.
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Erva mate; Ilex paraguariensis; Variação genética; Herdabilidade; Seleção; Polifenol; Tanino; Cafeína; Mate; Espécie nativa; Genética.
Ano: 2004 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/287300
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento in vitro de bananeira 'Ouro' após poliploidização com antimitóticos PAB
Borges,Viviane Peixoto; Marques,Thiago de Santana; Reis,Alda Silva dos; Oliveira,Neuza Helena Carvalho de; Jesus,Jamily Almeida de; Silveira,Daniela Garcia; Santos-Serejo,Janay Almeida dos; Silva,Sebastião de Oliveira e; Ledo,Carlos Alberto da Silva.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi caracterizar o desenvolvimento in vitro de bananeira 'Ouro' após poliploidização com antimitóticos. Explantes foram submetidos aos seguintes tratamentos, por 24 e 48 horas: amiprofos-metil (APM), a 0, 10, 20, 30, 40 e 60 μmol L-1; cafeína, a 3, 6, 9 e 12 g L-1; e colchicina, a 2,5 mmol L-1. Avaliaram-se sobrevivência, número de brotos, altura do broto principal e número de raízes. As concentrações intermediárias foram as mais promissoras nos dois tempos de exposição, para APM, e no de 24 horas para cafeína. As maiores concentrações de APM e cafeína afetam negativamente o desenvolvimento in vitro dos explantes.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Musa acuminata; Amiprofos-metil; Cafeína; Colchicina.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2016001001789
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação de aditivos, aldeídos furânicos, açúcares e cafeína em bebidas por cromatografia líquida de alta eficiência: validação de metodologias Ciênc. Tecnol. Aliment.
Aquino,Francisco Wendel Batista de; Amorim,Adriany G. Nascimento; Prata,Laércio Favilla; Nascimento,Ronaldo Ferreira do.
Metodologias cromatográficas foram adaptadas e validadas para a determinação dos compostos cafeína, furfural, 5-hidroximetilfurfural (5-HMF), sacarina, benzoato de sódio, glicose, frutose, ácido cítrico e ácido ascórbico em cajuínas, xaropes de guaraná, refrigerantes e sucos de fruta produzidos no Ceará. Constatou-se que 66% das cajuínas apresentam baixa qualidade por causa do processo de cozimento, enquanto que para refrigerantes 12% excederam o limite de benzoato de sódio permitido pela legislação brasileira e 29% apresentaram adição ilegal de sacarina. As metodologias foram validadas em função da precisão intralaboratorial, recuperação experimental, linearidade da curva analítica, limite de detecção e de quantificação para cada composto estudado. A...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: CLAE; Aditivos; Aldeídos furânicos; Cafeína; Alimentos.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612004000100007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação de metil-xantinas em alimentos por cromatografia líquida de alta eficiência. Infoteca-e
CASTRO, I. M. de; MELLO, J. S. da R. de..
2002
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Qualidade; Alimento; Méetodo de análise; Cafeína; Teobromina; Teofilina; Cromatografia líquida de alta eficiência.
Ano: 2002 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/415527
Registros recuperados: 42
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional