Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 43
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise estrutural da floresta tropical úmida do município de Alta Floresta, Mato Grosso, Brasil Acta Amazonica
Malheiros,Antonio Francisco; Higuchi,Niro; Santos,Joaquim dos.
Este trabalho teve como objetivo estudar a composição e estrutura de um estrato arbóreo da floresta tropical úmida em Alta Floresta - MT, determinando os padrões de semelhança com outras regiões da Amazônia brasileira. O estudo foi realizado em uma área de 2 hectares, dividida em 20 parcelas de 10x 100m, onde foram mensurados a altura e o DAP ≥ 10 cm de todos os indivíduos. Para avaliação do grau de similaridade entre a composição florística e estrutura arbórea de Alta Floresta com as nove regiões pertencentes à Amazônia Legal brasileira, utilizou-se o método de agrupamento hierárquico aglomerativo com ligações pela média dos grupos (UPGMA), por meio do índice de Sorensen (qualitativo). Para a ordenação, foi utilizado o mesmo programa, utilizando a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Estrutura; Similaridade; Amazônia mato-grossense; Alta Floresta.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672009000300008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Analysis of growth form types and floristic composition due to past disturbance and plantation management in the SHIFT experimental area. Infoteca-e
PREISINGER, H.; SIQUEIRA, M. do S. G.; COELHO, L. F..
bitstream/item/180630/1/ID-79940-29-45.pdf
Tipo: Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Composição florística.
Ano: 1993 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1093721
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos estruturais da comunidade arbórea em remanescentes de floresta estacional decidual, em Corumbá, MS, Brasil Rev. Bras. Bot.
Lima,Michele Soares de; Damasceno-Júnior,Geraldo Alves; Tanaka,Marcel Okamoto.
(Aspectos estruturais da comunidade arbórea em remanescentes de floresta estacional decidual, em Corumbá, MS, Brasil). Um estudo comparativo da estrutura da comunidade arbórea entre dois remanescentes de floresta decídua foi conduzido em diferentes altitudes: florestas deciduais de terras baixas (FEDTB) e submontana (FEDSM), localizados em Corumbá, MS, Centro Oeste brasileiro. Amostraram-se indivíduos arbóreos com CAP ³ 15 cm, utilizando-se método de quadrantes. Foram demarcados 80 pontos em FEDTB e em FEDSM 78 pontos foram distribuídos por altitude: 180 m (18 pontos), 220, 260 e 300 m de altitude (20 pontos cada). Em FEDTB foram amostradas 34 espécies, sendo que Calycophyllum multiflorum Griseb., Ceiba pubiflora (A. St.-Hil.) K. Schum. e Anadenanthera...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Fitossociologia; Floresta decídua; Gradiente altitudinal.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042010000300007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos fitossociológicos de um fragmento da floresta natural de Astronium balansae engl., no município de Bossoroca, RS Ciência Rural
Boligon,Alexandra Augusti; Longhi,Solon Jonas; Murari,Augusto Bolson; Hack,Cristiano.
Este estudo objetivou conhecer a composição florística e a estrutura fitossociológica de um fragmento da Floresta Natural de Astronium balansae Engl., no município de Bossoroca, RS, Brasil. Foram demarcadas 7 unidades amostrais de 10x100m (1000m2) onde observou-se a ocorrência de 476 indivíduos com Circunferência à Altura do Peito (CAP) = 30cm, distribuídos em 35 espécies e 25 famílias. As espécies mais características e importantes da floresta foram Astronium balansae, Myrcianthes pungens, Patagonula americana, Eugenia uniflora e Parapiptadenia rigida. As famílias Myrtaceae, Meliaceae e Euphorbiaceae foram as mais representativas do fragmento florestal estudado. O valor do Índice de diversidade de Shannon foi 3.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Fitossociologia; Pau-ferro.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782005000500014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biodiversity of vegetation in the Atlantic Forest of Paraibuna river trail – State Park of Mountain Range Sea Sci. Agrar.Paran. / SAP
Marmontel, Caio Vinicius Ferreira; Rodrigues, Valdemir A..
The Atlantic Forest wealth an cherish of animal and plant species, and have the high test levels of biodiversity on the plant. We aimed to characterize the floristic composition of the arboreous vegetation of the Atlantic Forest in Rio Paraibuna belonging Core Cunha to the State Park of Mountain Range Sea. 10 plots were marked with size of 25 m² each and recorded all woody tree species with DBH greater than or equal 5 cm. In the survey of native tree species were sampled 90 live individuals distributed in 19 botanical families, 26 genres and 28 species identified, with a diameter class in the standard of native forests. The family with bigger abundance faugh Myrtaceae and species Cyathea delgadii e Nectandra lanceolata individuals with bigger numbers. The...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Diversidade; Floresta de Araucária; Floresta Ombrófila Densa..
Ano: 2013 URL: http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/6312
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características da estrutura de uma floresta de terra firme em Porto Velho, Rondônia. Infoteca-e
BENTES-GAMA, M. M.; LEAL, G. S.; BARROS, J. de O.; LOPES, R. H.; ZAMORA LÓPEZ, G. F.; SILVEIRA, J. C. da.
O objetivo deste trabalho foi estudar a estrutura de um fragmento de floresta ombrófila aberta com a finalidade de ampliar o sistema de informações sobre a tipologia florestal no estado de Rondônia. A área de estudo está localizada no campo experimental da Embrapa em Porto Velho, Rondônia. O levantamento ocorreu em uma parcela permanente de 300 x 300 m (9 ha), subdivida em 100 sub-parcelas de 30 x 30m (0,09 ha), nas quais foram inventariados todos os indivíduos com Diâmetro a Altura do Peito - DAP = 15 cm. Foram registrados 2.327 indivíduos arbóreos, distribuídos em 99 espécies, 66 gêneros e 30 famílias botânicas, com uma diversidade H' = 3,63. A família Caesalpinaceae foi a que concentrou o maior número de indivíduos (460). Já as espécies que se...
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Composição florística; Fitossociologia.; Inventário Florestal; Sclerolobium Paniculatum..
Ano: 2009 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/710383
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização fitossociológica do estrato arbóreo em um remanescente de floresta estacional semidecidual, em Montenegro, RS Ciência Rural
Longhi,Solon Jonas; Brena,Doádi Antônio; Scipioni,Marcelo Callegari; Giacomolli,Leonardo Zanella; Deliberali,Gustavo; Longhi,Régis Villanova; Mastella,Tarso.
O presente trabalho foi realizado em um remanescente de Floresta Estacional Semidecidual antropizado, localizada nas coordenadas 29° 49'S e 52° 25'W, nas proximidades do pólo petroquímico no município de Montenegro (RS), Brasil, com o objetivo de conhecer seus aspectos florísticos e fitossociológicos. A amostragem foi sistemática constituída de 21 faixas com 10m de largura e comprimento variável de acordo com a extensão da floresta, distantes entre si em 80m, onde foram distribuídas parcelas contíguas de 10 x 10m (100m²). Foram avaliados indivíduos que apresentavam circunferência à altura do peito (CAP)>15cm, totalizando 3.854 indivíduos (1,83ha), distribuídos em 81 espécies, 59 gêneros e 32 famílias. As famílias botânicas mais representativas na...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Sucessão; Espécies florestais.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000600021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparações florísticas e estruturais entre comunidades de palmeiras em fragmentos de floresta primária e secundária da Área de Proteção Ambiental Raimundo Irineu Serra - Rio Branco, Acre, Brasil Acta Amazonica
Carvalho,Anelena Lima de; Ferreira,Evandro José Linhares; Lima,Joanna Marie Tucker.
O presente estudo compara a composição e estrutura das comunidades de palmeiras da Área de Proteção Ambiental Raimundo Irineu Serra - APARIS, localizada no perímetro urbano do Município de Rio Branco-Acre. Foram selecionadas três áreas de floresta secundária em estágios sucessionais distintos: 7,5 anos, 27,5 anos, 37,5 anos de idade, e um fragmento de floresta primária. Em cada área foram instaladas cinco parcelas de 20 X 20m, onde foram analisadas a composição florística, estrutura horizontal e estrutura populacional das palmeiras. Foram identificados 1.034 indivíduos, incluídos em 12 gêneros e 19 espécies de palmeiras. A área de floresta primária apresentou maior diversidade. Na análise da estrutura populacional de cada área, comprovamos a existência de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Arecaceae; Composição florística; Estrutura populacional; Fragmentos florestais; Floresta secundária.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672010000400004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição de espécies vasculares de campo sujo e campo úmido em área de cerrado, Itirapina - SP, Brasil Rev. Bras. Bot.
Tannus,João L.S.; Assis,Marco Antonio.
Foi estudada a composição florística de uma área de cerrado na região de Itirapina - SP (22°15'43''-50'' S e 47°53'- 54' W), onde ocorrem fisionomias de campo sujo e campo úmido. Visando estabelecer uma melhor distinção entre estas fisionomias, foi realizado o levantamento florístico que incluiu coletas em excursões mensais no período de março de 1998 a abril de 1999, além de coletas esporádicas a partir de maio de 1999 até dezembro de 2001. Adicionalmente foi realizado um levantamento junto ao Herbário Rioclarense (HRCB) de todas as coletas provenientes desta área. Os resultados foram analisados em função da ocorrência das espécies nas fisionomias (campo sujo e campo úmido), e por componente florístico (herbáceo-subarbustivo e arbustivo-arbóreo). Foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Campo sujo; Campo úmido; Cerrado; Composição florística; Itirapina.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042004000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística da floresta semidecídua de altitude do Parque Municipal da Grota Funda (Atibaia - Estado de São Paulo) Acta Botanica
Meira Neto,João Augusto Alves; Bernacci,Luís Carlos; Grombone,Maria Thereza; Tamashiro,Jorge Yoshio; Leitão Filho,Hermógenes de Freitas.
Foi desenvolvido um estudo florístico no Parque Municipal da Grota Funda, município de Atibaia, estado de São Paulo (46º25'W e 23º10'S), uma região montanhosa situada entre 900 e 1 400m de altitude. O clima é caracterizado por duas estações: uma quente e úmida, de outubro a março, e uma seca e fria, de abril a agosto, com ocorrência comum de geadas. O solo arenoso apresenta baixa fertilidade, e elevada acidez superficial. A pesquisa foi desenvolvida de abril de 1987 a novembro de 1988, e foram coletadas e identificadas 415 espécies, sendo 362 dicotiledóneas, pertencentes a 84 famílias e 224 gêneros, e 53 monocotiledôneas, pertencentes a 15 famílias e 43 gêneros. A riqueza específica observada em Atibaia pode ser atribuída à diversidade de ambientes, à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Florestas de altitude.
Ano: 1989 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061989000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística da regeneração natural de área de cerrado sensu stricto e sub-bosque de clones de eucalipto Sci. Agrar.Paran. / SAP
Aguiar, Bruno Aurélio Campos; Camargo, Marília Oliveira; Ferreira, Rômullo Quirino de Souza; Teixeira, Paulo Ricardo; Souza, Priscila Bezerra de.
O Cerrado é o segundo bioma mais importante do Brasil, conhecido principalmente devido a sua biodiversidade, dentre os estados brasileiros o Tocantins se destaca por possuir a maior quantidade de remanescentes deste bioma. O objetivo desse trabalho foi avaliar a composição florística da regeneração natural de uma área de cerrado sensu stricto (c.s.s) e o sub-bosque de dois povoamentos de Eucalyptus urocam (E. uc) e E. urograndis (E. ug), além de comparar a riqueza e diversidade das espécies e a similaridade entre as áreas. Esse estudo foi conduzido na zona rural do município de Aliança do Tocantins (TO), nos limites da propriedade privada Nossa Senhora Aparecida. Foram instaladas aleatoriamente três parcelas amostrais de 20 x 50 m em três áreas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Engenharia Florestal; Composição florística; Cerrado.
Ano: 2019 URL: http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/20330
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística da Unidade Regional de Pesquisa florestal Centro-Sul, Colombo - PR (resultados parciais). Infoteca-e
ROTTA, E..
bitstream/item/215493/1/circ-tec05.pdf
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Composição florística; Paraná; Brasil; Manejo; Inventário.
Ano: 1981 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/291022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística de capoeiras baixas no município de Igarapé-Açu no estado do Pará. Infoteca-e
DENICH, M..
bitstream/item/58262/1/DOCUMENTOS-39-CPATU.pdf
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Composição florística; Microregião Bragantina; Pará; Brasil; Secundary vegetation; Floristical composition; Survey; Brushwood.; Capoeira; Levantamento; Vegetação Secundária.; Amazonia..
Ano: 1986 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/382578
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística de epífitos vasculares no estreito de Augusto César, Floresta Estacional Decidual do Rio Uruguai, RS, Brasil Rev. Bras. Bot.
Rogalski,Juliana M.; Zanin,Elisabete M..
O presente estudo foi desenvolvido em Floresta Estacional Decidual do Rio Uruguai, com vegetação alterada por corte seletivo, no estreito Augusto César, RS. O levantamento da composição florística dos epífitos vasculares foi efetuado ao longo da mata ciliar. As espécies registradas foram classificadas em categorias baseadas na relação com o forófito e posição no mesmo. Foram registradas 70 espécies, pertencentes a 30 gêneros e oito famílias. A maioria das espécies foi classificada como holoepífito característico. A maior riqueza de espécies foi registrada nos ramos primários.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Epífitas vasculares; Estratificação vertical.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042003000400014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística de uma floresta semidecídua montana na Serra de São José, Tiradentes, Minas Gerais Acta Botanica
Oliveira-Filho,Ary Teixeira de; Machado,José Nivaldo de Menezes.
Um levantamento florístico das espécies arbustivas e arbóreas (diâmetro na base do caule > ou = 5 cm) foi realizado na floresta semidecídua montana que ocorre nos contrafortes da serra de São José, Tiradentes, MG. O levantamento incluiu as espécies encontradas no interior de 95 parcelas de 10 x 10 m bem como aquelas coletadas fora da área amostrai. É apresentada uma relação de 277 espécies pertencentes a 67 famílias botânicas. A presente listagem é comparada quantitativamente com outros levantamentos florísticos realizados nos estados de Minas Gerais e São Paulo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Floresta semidecídua montana; Minas Gerais; Brasil.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição Florística do estrato arbóreo da Floresta Estacional Semidecidual na Planície Aluvial do rio Doce, Linhares, ES, Brasil Acta Botanica
Rolim,Samir Gonçalves; Ivanauskas,Natália Macedo; Rodrigues,Ricardo Ribeiro; Nascimento,Marcelo Trindade; Gomes,José Manoel Lúcio; Folli,Domingos Antônio; Couto,Hilton Thadeu Zarate do.
Este trabalho apresenta a flora de espécies arbóreas e palmeiras na floresta estacional semidecidual na planície aluvial do rio Doce, uma área de cerca de 20.000 ha, a partir de Linhares (ES) até próximo à foz no oceano atlântico. Foram determinadas 408 espécies (27 classificadas em gênero) e 59 famílias, entre arbóreas e palmeiras. Por meio da análise de agrupamento, foi evidenciado que a floresta do rio Doce é muito semelhante floristicamente à floresta estacional dos tabuleiros terciários, que estas se agrupam com as florestas estacionais do rio Doce em MG e que, por sua vez, todas estas se agrupam com as florestas ombrófilas do sul da Bahia, sendo o conjunto nitidamente separado das outras formações ombrófilas costeiras. Foram encontradas dezenas de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rio Doce; Floresta atlântica; Floresta de tabuleiro; Composição florística; Cacau.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062006000300005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística e análise fitossociológica do componente arbustivo-arbóreo de um remanescente florestal no Agreste Paraibano Acta Botanica
Pereira,Israel Marinho; Andrade,Leonaldo Alves de; Barbosa,Maria Regina de V.; Sampaio,Everardo. V. S. B..
O levantamento florístico e fitossociológico dos componentes arbóreo-arbustivos, em uma área de floresta no agreste paraibano, foi feito utilizando-se 30 parcelas de 10 x 20m, distribuídas por todo remanescente, e tomando-se os dados de altura total e diâmetro do caule ao nível do solo (DNS) de todos os indivíduos existentes nas parcelas, inclusive os mortos ainda de pé, com altura <FONT FACE=Symbol>³</FONT> 1m e DNS <FONT FACE=Symbol>³</FONT> 3cm. Foram registrados 1952 indivíduos, pertencentes a 22 famílias, 38 gêneros e 54 espécies. As famílias de maior destaque, com relação ao número de espécies e indivíduos foram: Mimosaceae (6); Euphorbiaceae (6); Caesalpiniaceae (5) e Rubiaceae (5). A densidade total, área basal total,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fitossociologia; Agreste; Paraíba; Composição florística; Floresta seca.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística e estrutura do componente arbóreo de uma floresta altimontana no município de Camanducaia, Minas Gerais, Brasil Rev. Bras. Bot.
França,Glauco S.; Stehmann,João R..
Investigou-se a composição florística e a estrutura fitossociológica em 0,75 ha de floresta altimontana, a 1.900 m s.n.m., localizada na divisa dos municípios de Camanducaia e Gonçalves, na Serra da Mantiqueira. Essa área situa-se no maior remanescente de mata da região, que abriga diversas nascentes de rios cujas águas abastecem várias cidades do sul de Minas Gerais e de São Paulo. O levantamento fitossociológico foi realizado em 15 parcelas de 5 × 100 m, onde todos os indivíduos com circunferência do tronco à altura do peito (ca. 1,30 m) > 15 cm foram registrados, tendo seus diâmetros medidos e alturas estimadas. O levantamento florístico registrou a presença de 66 espécies arbóreas pertencentes a 29 famílias, muitas delas típicas de formações...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Estrutura fitossociológica; Floresta tropical montana.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042004000100003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diatomáceas (Bacillariophyceae) em marismas no sul do Brasil Acta Botanica
Silva,Juliana Gonçalves da; Torgan,Lezilda Carvalho; Cardoso,Luciana de Souza.
Nas marismas do sul do Brasil a comunidade de diatomáceas é desconhecida. Este estudo visa avaliar a composição, a riqueza e a β-diversidade desta comunidade com base em amostras coletadas em cinco pontos georeferenciados, entre as coordenadas 31º59'18.60"S - 52º14'58.50"W e 32º06'49.74"S - 52º09'22.57"W, em janeiro de 2002 e março de 2008, no estuário da laguna dos Patos. Esta comunidade esteve composta por 64% de diatomáceas salobras, 24% de marinhas e 16% de dulcícolas e esteve representada por 24 famílias, 36 gêneros e 50 táxons específicos e intra-específicos. Não houve variação na composição das espécies indicada pela diversidade-β (1,05). Com base na estimativa de riqueza Chao2, a comunidade de diatomáceas se mostrou representativa das marismas do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição florística; Riqueza; Subtropical; Β-diversidade.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062010000400008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diferenças florísticas e estruturais entre duas cotas altiduninais da Floresta Ombrófila Densa Submontana Atlântica, do Parque Estadual da Serra do Mar, município de Ubatuba/SP, Brasil Biota Neotropica
Gomes,José Ataliba Mantelli Aboin; Bernacci,Luís Carlos; Joly,Carlos Alfredo.
Este estudo apresenta a análise comparativa entre duas áreas da Floresta Atlântica Ombrófila Densa Submontana, em Ubatuba (SP), Brasil e testa a hipótese de que diferenças em altitude podem representar alterações na composição florística e estrutura fitossociológica. As duas parcelas de um hectare (100 x 100 m) foram instaladas a 190 (PLOT G) e 350 m (PLOT I) acima do nível do mar, sendo amostrados e identificados todos os indivíduos, exceto lianas, com DAP (Diâmetro à Altura do Peito) &gt; 4.8 cm. No total, foram encontradas 252 espécies, pertencentes a 134 gêneros e 53 famílias, a diversidade H' de 4,425 nats/indivíduos e 103 espécies (41% do total) em comum entre as duas áreas. Mas, entre as 10 principais espécies em dominância absoluta apenas duas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Diversidade arbórea; Mata Atlântica; Composição florística; Riqueza de espécies; Gradiente altitudinal; Projeto Temático BIOTA Gradiente Funcional.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032011000200013
Registros recuperados: 43
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional