Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 32
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise bayesiana para modelos de degradabilidade ruminal Ciência Rural
Savian,Taciana Villela; Muniz,Joel Augusto; Sáfadi,Thelma; Silva,Fabyano Fonseca e.
Neste estudo, utilizou-se a metodologia bayesiana para ajustar os modelos de ORSKOV & MCDONALD (1979) e MCDONALD (1981) a conjuntos de dados simulados e a um conjunto de dados de porcentagem de degradação da fibra em detergente neutro da gramínea coastcross (Cynodon dactylon x Cynodon nlemfuensis), ao longo do tempo. As amostras das distribuições marginais a posteriori dos parâmetros foram obtidas por meio dos métodos de Monte Carlo com cadeias de Markov (MCMC), especificamente, os algoritmos Amostrador de Gibbs e Metropolis-Hastings. A metodologia bayesiana mostrou-se eficiente, sendo avaliada e comprovada pelo estudo de simulação, que apresentou estimativas bem próximas ao valor paramétrico. As estimativas obtidas para os parâmetros dos modelos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Modelo não linear; Degradabilidade in situ; Métodos MCMC; Inferência bayesiana.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000700033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição química e cinética da degradação ruminal de gramíneas do gênero Cynodon em diferentes idades ao corte - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i2.1221 Animal Sciences
Ferreira, Geane Dias Gonçalves; UFRPE; Santos, Geraldo Tadeu dos; UEM; Cecato, Ulysses; UEM; Cardoso, Elyzabeth da Cruz; Universidade Federal Rural da Amazonia.
O experimento teve por objetivos avaliar a composição química, estimar a energia metabolizável, a digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) e da matéria orgânica (DIVMO) com o uso do rúmen artificial desenvolvido pela Ankom e, também determinar a degradabilidade in situ da MS (DEMS) de três cultivares do gênero Cynodon (Tifton 44, Tifton 85 e Coast-cross), colhidos com idades de 21, 42 e 63 dias no verão. Para a degradabilidade in situ utilizou-se três vacas com fístulas ruminais, com tempos de incubação de 96, 48, 12, 6 e 0 hora. No entanto, o tempo 0 foi determinado através da lavagem dos sacos com água em máquina de lavar roupas. Utilizou-se o delineamento experimental de parcelas subdivididas (gramíneas como parcelas e idade ao corte como...
Palavras-chave: 5.04.04.00-8 Pastagem e Forragicultura Coast-cross; Digestibilidade in vitro; Degradabilidade in situ; Energia metabolizável; Tifton 5.04.04.00-8 Pastagem e Forragicultura.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1221
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido das silagens de seis genótipos de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench), com e sem tanino no grão, ensilados no estádio de grão farináceo. Repositório Alice
CASTRO NETO, A.G. de; MOLINA, L.R.; RODRIGUEZ, N.M.; GONCALVES, L.C.; BORGES, I.; SOUSA, B.M. de; RODRIGUES, J. A. S..
Este experimento foi conduzido para avaliar o valor nutricional (fibra detergente neutro e fibra detergente acido) de seis genotipos de sorgo para silagem, com e sem tanino no grao, colhidos no estadio de grao farinaceo, utilizando a tecnica da degradabilidade "in situ". Seis silagens de genotipos de sorgo foram utilizadas: BR 303, BR 304, BR 601 e AG 2006 (sem tanino no grao) e BR 700 e R 701 (com tanino no grao). Quatro bovinos machos, canulados no rumen foram utilizados. Os tempos de incubacao foram: 6, 12, 24, 48, 72 e 96 horas. Utilizou-se o tempo zero (t0) para calculo da solubilidade das silagens. A silagem do sorgo BR 303 apresentou os melhores resultados para a media de desaparecimento da FDN e da FDA as 96 horas de incubacao, seguida pela do BR...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Sorgo; Materia seca; Silagem; Tanino; Proteina bruta; Degradabilidade in situ.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/474446
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da jurema Preta (Mimosa tenuiflora ) oriunda de caatinga raleada e enriquecida. Repositório Alice
BRITO, T. M.; ARAÚJO, A. R.; ROGERIO, M. C. P.; RODRIGUEZ, N. M.; BORGES, I.; MOTA, C. M.; POMPEU, R. C. F. F.; SOUZA, F. S..
Resumo: Objetivou-se avaliar a degradação in situ da Jurema preta. Foram estimados os valores da degradação potencial e efetiva da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro. A jurema preta apresenta bom potencial de degradação para matéria seca e fibra em detergente neutro, já para a proteína bruta, parece haver necessidade de ação enzimática pós rúmen para que seja melhor aproveitada. [In situ degradability of jurema preta (Mimosa tenuiflora) in thinned and enriched caatinga rangelands]. Abstract: We aimed with this manuscript to present the evaluation of in situ degradability of Jurema preta in thinned and enriched caatinga. Were estimated the potential and effective degradation of dry matter, crude protein and neutral detergent fiber....
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Semiárido; Mimosa tenuiflora; Degradabilidade in situ; Caatinga raleada; Panicum maximum; Jurema preta; Nutriente; Planta forrageira; Rúmen; Ovino; Semiarid zones; Rumen degradability; Deblossoming; Feed crops; Sheep.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1035663
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da matéria seca de forrageiras tropicais obtidas em diferentes épocas de corte Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Rodrigues,A.L.P.; Sampaio,I.B.M.; Carneiro,J.C.; Tomich,T.R.; Martins,R.G.R..
Estimou-se a degradabilidade in situ de 10 forrageiras tropicais em três idades ao corte (21, 42 e 63 dias) e em três tempos de incubação (6, 24 e 96h). As forrageiras utilizadas foram: Andropogon gayanus cv. Planaltina, Brachiaria brizantha (acessos 3401, 3413 e 3451 CPAC), Cenchrus ciliaris (acessos 79119, 79146, 79148, 80199 e 81302 CPATSA) e Panicum maximum (3616 CPAC). Os acessos de B. brizantha, P. maximum e A. gayanus apresentaram os maiores valores de degradabilidade da matéria seca e os de C. ciliaris os valores mais baixos. Todas as forrageiras apresentaram queda no desaparecimento da matéria seca com o avanço da idade. Os acessos de Brachiaria brizantha 3413 e 3451 apresentaram as maiores degradabilidades efetivas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bovino; Degradabilidade in situ; Forrageira.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000500014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da matéria seca e da proteína bruta das silagens de seis genótipos de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench), com e sem tanino no grão, ensilados no estádio de grão farináceo Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Molina,Lívio Ribeiro; Rodriguez,Norberto Mario; Gonçalves,Lúcio Carlos; Borges,Iran; Sousa,Breno Mourão de; Rodrigues,José Avelino Santos; Lara,Alexandre Cotta.
Este experimento foi conduzido para avaliar o valor nutricional (matéria seca e proteína bruta) de seis genótipos de sorgo para silagem, com e sem tanino no grão, colhidos no estádio de grão farináceo, utilizando a técnica da degradabilidade in situ. Seis silagens de genótipos de sorgo foram utilizadas: BR 303, BR 304, BR 601 e AG 2006 (sem tanino no grão) e BR 700 e BR 701 (com tanino no grão). Quatro bovinos machos, canulados no rúmen foram utilizados. Os tempos de incubação foram: 6, 12, 24, 48, 72 e 96 horas. Utilizou-se o tempo zero (t0) para cálculo da solubilidade das silagens. A silagem do sorgo BR 304 apresentou os melhores resultados para a média de desaparecimento da MS e da PB às 96 horas de incubação, seguida pela do AG 2006. O tanino presente...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Silagem de sorgo; Degradabilidade in situ; Tanino; Matéria seca; Proteína bruta.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962002000500003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da matéria seca e da proteína bruta de seis genótipos de sorgo ensilados no estádio de grão pastoso. Repositório Alice
MOLINA, L.R.; RODRIGUEZ, N.M.; GONCALVES, L.C.; BORGES, L.; SOUSA, B.M.; RODRIGUES, J. A. S..
2002
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Degradabilidade in situ; Materia seca; Proteina bruta; Silagem; Sorgo; Tanino.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/473785
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in Situ da Matéria Seca e Proteína Bruta das Silagens de Seis Genótipos de Sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) em Diferentes Estádios de Maturação R. Bras. Zootec.
Molina,Lívio Ribeiro; Gonçalves,Lúcio Carlos; Rodriguez,Norberto Mário; Rodrigues,José Avelino Santos; Ferreira,José Joaquim; Castro Neto,Agenor Getúlio de.
Com o objetivo de avaliar a degradabilidade in situ da matéria seca e proteína bruta das silagens de seis híbridos de sorgo em diferentes estádios de maturação, foram utilizados quatro novilhos mestiços de holandês-zebu, fistulados no rúmen, alimentados com feno de gramínea à vontade. As amostras de silagens foram secas e moídas em peneiras de 5 mm, e 5 g das mesmas foram colocadas em sacos de náilon de 12 x 18 cm e tamanho de poros de 50 µm, que foram introduzidos nas fístulas dos bovinos. Após diferentes períodos de incubação (6, 12, 24, 48, 72 e 96 horas depois), os sacos de náilon foram removidos, as amostras de um mesmo híbrido, animal e período de incubação foram transformadas em um "pool" homogêneo, moído em peneira de 1 mm e armazenado para...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade in situ; Matéria seca; Proteína bruta; Silagem.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982002000100017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da silagem de quatro genótipos de sorgo com e sem tanino: I - Matéria seca e proteína bruta Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Campos,W.E.; Saturnino,H.M.; Sousa,B.M.; Borges,I.; Gonçalves,L.C.; Ferreira,P.M.; Carvalho,A.U..
Avaliaram-se a degradabilidade in situ da matéria seca (MS) e da proteína bruta (PB) da silagem de quatro genótipos de sorgo, dois com tanino (CMS XS 210 e BR 701) e dois sem tanino (CMS XS 214 e BR007) em um delineamento de blocos inteiramente ao acaso, com três repetições (animais), em arranjo de parcelas subdivididas. Os genótipos constituíram as parcelas e os tempos de digestão as subparcelas. O genótipo CMS XS 210 apresentou menor degradabilidade da MS em relação aos demais e os genótipos que continham tanino (CMS XS 210 e BR 701) apresentaram menores degradabilidades da PB em relação aos que não o continham.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade in situ; Matéria seca; Proteína bruta; Sorgo; Tanino.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352003000200013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da silagem de quatro genótipos de sorgo com e sem tanino. II. Fibra detergente neutro, fibra detergente ácido, hemicelulose e celulose. Repositório Alice
CAMPOS, W. E.; SATURNINO, H. M.; SOUSA, B. M.; GONCALVES, L. C.; BORGES, I.; RODRIGUES, J. A. S.; CARVALHO, A. U.; FERREIRA, P. M..
Avaliaram-se a degradabilidade in situ da fibra detergente neutro (FDN), fibra detergente ácido (FDA), hemicelulose e celulose da silagem de quatro genótipos de sorgo, dois com tanino (CMS XS 210 e BR 701) e dois sem tanino (CMS XS 214 e BR007) em um delineamento de blocos inteiramente ao acaso, com três repetições (animais) em arranjo de parcelas subdivididas. Os genótipos constituíram as parcelas e os tempos de desaparecimento as subparcelas. O genótipo BR 701 apresentou maior degradação da FDN e da FDA até 24h de incubação e da hemicelulose até 48h, sendo os valores semelhantes após esses tempos. Não houve diferença entre genótipos e entre tempo quanto aos valores de desaparecimento da celulose.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Degradabilidade in situ; Fibra; Celulose; Hemicelulose; Sorgo; Tanino.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/487875
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da silagem de quatro genótipos de sorgo com e sem tanino: II - Fibra detergente neutro, fibra detergente ácido, hemicelulose e celulose Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Campos,W.E.; Saturnino,H.M.; Sousa,B.M.; Gonçalves,L.C.; Borges,I.; Rodrigues,J.A.S.; Carvalho,A.U.; Ferreira,P.M..
Avaliaram-se a degradabilidade in situ da fibra detergente neutro (FDN), fibra detergente ácido (FDA), hemicelulose e celulose da silagem de quatro genótipos de sorgo, dois com tanino (CMS XS 210 e BR 701) e dois sem tanino (CMS XS 214 e BR007) em um delineamento de blocos inteiramente ao acaso, com três repetições (animais) em arranjo de parcelas subdivididas. Os genótipos constituíram as parcelas e os tempos de desapareceimento as subparcelas. O genótipo BR 701 apresentou maior degradação da FDN e da FDA até 24h de incubação e da hemicelulose até 48h, sendo os valores semelhantes após esses tempos. Não houve diferença entre genótipos e entre tempo quanto aos valores de desaparecimento da celulose.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade in situ; Fibra; Celulose; Hemicelulose; Sorgo; Tanino.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352003000400010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ de matéria seca e da proteína bruta das silagens de seis genótipos de sorgo com e sem tanino no grão, ensilados no estádio de grão farináceo. Repositório Alice
GONCALVES, L.C.; MOLINA, L.R.; RODRIGUES, N.M.; BORGES, I.; RODRIGUES, J. A. S.; SOUSA, B.M.; LARA, A.C..
2002
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Silagem; Sorgo; Degradabilidade in situ; Tanino; Materia seca; Proteina bruta.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/485815
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ do bagaço de cana-de-açúcar para pequenos ruminantes de raças naturalizadas do Nordeste brasileiro. Repositório Alice
GOMES, G. M. F.; VASCONCELOS, A. M.; EGITO, A. S. do.; LIMA, A. R.; CARNEIRO, J. da C.; LANDIM, A. V.; FONTELES, N. L. O.; SALLES, H. O. S..
Resumo: Com o crescimento da indústria sucroalcooleira, buscam-se alternativas de uso dos resíduos gerados por ela. Os pequenos ruminantes de raças naturalizadas do Nordeste brasileiro mostram-se como grupos potenciais para que seja utilizado o bagaço de cana-de-açúcar (BCA) nas dietas. Nesse contexto, objetivou-se determinar a degradabilidade ruminal in situ da matéria seca (MS) e da fibra em detergente neutro (FDN) do BCA e os parâmetros ruminais em caprinos Moxotó e ovinos Morada Nova, fistulados no rúmen. Contidos em sacos de náilon, 3g de BCA foram incubados no rúmen nos tempos seis, 24 e 96 horas, determinando-se o conteúdo de MS e FDN nos resíduos obtidos. Nos tempos zero, seis e 12 horas após a primeira refeição, mediram-se no líquido ruminal pH e...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Degradabilidade in situ; In situ degradability; Caprino; Ovino; Rúmen; Fibra; Resíduo; Materia seca; Bagaço; Subproduto; Cana-de-açúcar; Goat; Sheep; Fiber; Rumen; Residue; Rumen degradability; Sugarcane byproducts.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/971597
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade potencial da matéria seca e da proteína bruta das silagens de seis genótipos de sorgo com e sem tanino no grão colhidos em estadio de grão leitoso. Repositório Alice
RODRIGUES, J. A. S.; MOLINA, L.R.; RODRIGUEZ, M.N.; GONCALVES, L.C.; BORGES, I.; SOUSA, B.M..
2002
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Degradabilidade in situ; Materia seca; Proteina bruta; Silagem; Sorgo; Tanino.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/473795
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade potencial e efetiva in situ da MS, PB e FDN do sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia). Repositório Alice
SILVA, H. P.; ARAÚJO, A. R.; RODRIGUEZ, N. M.; ROGERIO, M. C. P.; BORGES, I.; FERNANDES, F. E. P.; SOUSA, F. S.; PINTO, A. M. de L..
Para a sustentabilidade da produção animal na caatinga, deve-se atentar a preservação e valor nutritivo das espécies mais consumidas pelos animais. Assim, o objetivo desse trabalho foi avaliar a degradabilidade potencial (DP) e efetiva (DE) da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra em detergente neutro (FDN) do sabiá (Mimosa caesalpiniefolia).
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Fibra em detergente neutro; Degradabilidade in situ; Planta nativa; Rúmen; Caatinga; Fistula; Mimosa caesalpiniaefolia; Sabiá; Alimento alternativo; Proteína bruta; Matéria seca.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1059914
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade ruminal dos componentes nutricionais de híbridos de sorgo com capim-sudao em comparação a outras forrageiras de corte. Repositório Alice
TOMICH, T.R.; RODRIGUES, J. A. S.; TOMICH, R.G.P.; PEREIRA, L.G.R.; GONCALVES, L.C..
2004
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Cana-de-acucar; Capim-elefante; Sorgo de corte; Degradabilidade in situ.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/488159
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradação ruminal da matéria seca de clones de capim-elefante em função da relação folha/colmo R. Bras. Zootec.
Mello,Alexandre Carneiro Leão de; Lira,Mário de Andrade; Dubeux Júnior,José Carlos Batista; Santos,Mércia Virginia Ferreira dos; Ferreira,Rinaldo Luiz Caraciolo; Cunha,Márcio Vieira da.
Objetivou-se com este trabalho avaliar a influência da relação folha/colmo (F/C) na degradabilidade in situ da MS (DISMS) de clones de capim-elefante. Foram estudados dois grupos de clones de capim-elefante: GRUPO I - Cameroon, Mercker México, Três Rios, Elefante de Pinda e Guaçu/IZ, de alta relação F/C; e GRUPO II - CE 08 A.D., Taiwan A-25, Goiano, CE 03 A.D. e Merc., de baixa relação F/C. Amostras pré-secas e moídas da planta inteira, colhidas aos 60 dias de crescimento no período seco, foram incubadas no rúmen de dois bovinos mestiços nos períodos de 0, 6, 12, 24, 48, 72 e 96 horas, para determinação da DISMS e de suas características. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, em parcelas subdivididas. Não houve diferença...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade in situ; Morfologia; Período seco.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982006000500009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradação ruminal de silagem de capim-elefante com adição de vagem de algaroba triturada Rev. Ciênc. Agron.
Rêgo,Aníbal Coutinho do; Paiva,Paulo César de Aguiar; Muniz,Joel Augusto; van Cleef,Eric Haydt Castello Branco; Machado Neto,Otávio Rodrigues.
Esta pesquisa foi realizada visando-se avaliar a degradação ruminal da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra em detergente neutro (FDN) de silagens de capim-elefante colhido aos 70; 90 e 110 dias após rebrota, com inclusão de 0; 5; 10 e 15% de vagem de algaroba triturada, com base na matéria natural, em delineamento inteiramente casualizado arranjado em parcelas subdivididas. Amostras de cada silagem foram incubadas no rúmen de duas vacas Jersey por 3; 6; 12; 24; 48; 72 e 96 h, sendo os saquinhos referentes ao tempo zero apenas lavados em água para determinação da fração solúvel. Não houve interação (P > 0,05) tempo de incubação x inclusão de vagem de algaroba x idade de corte para degradabilidade da MS, embora tenha ocorrido interação destes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade in situ; Ensilagem; Pennisetum purpureum; Prosopis juliflora.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902011000100025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desaparecimento in situ da matéria seca, proteína bruta e fração fibrosa das silagens de híbridos de sorgo (Sorghum bicolor (L). Moench) Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Serafim,M.V.; Borges,I.; Gonçalves,L.C.; Rodriguez,N.M.; Rodrigues,J.A.S..
Avaliou-se a digestibilidade in situ de três variedades de sorgo, utilizando-se três bovinos machos, mestiços de Holandês × Zebu, fistulados no rúmen. Os períodos de incubação utilizados foram 6, 12, 24, 48, 72 e 96h. No período de incubação de 96h, o desaparecimento da matéria seca (MS) foi de 70,8, 66,1 e 67,9% para os híbridos BR303, BR601 e BR700, respectivamente. Nas outras frações o desaparecimento no período de 96h foi de: proteína bruta 73,4, 63,9 e 59,0%; fibra em detergente neutro 57,6, 53,8 e 52,7%; fibra em detergente ácido, 57,7, 53,0 e 53,0%; celulose, 64,0, 58,8 e 58,2%, hemicelulose, 57,4, 54,8 e 52,3%, respectivamente para os híbridos BR303, BR601 e BR700. Os maiores valores para o híbrido 303 provavelmente se devem à sua maior porcentagem...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Silagem; Sorgo; Rúmen; Degradabilidade in situ.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352000000600014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dietas contendo silagem de milho (Zea maiz L.) e feno de capim-Tifton 85 (Cynodon spp.) em diferentes proporções para bovinos. Repositório Alice
CAVALCANTE, A. C. R.; PEREIRA, O. G.; VALADARES FILHO, S. de C.; RIBEIRO, K. G.; GARCIA, R..
Avaliaram-se o consumo, a digestibilidade, o pH e concentração de amônia ruminais e a taxa de passagem em bovinos alimentados com dietas contendo feno de capim-tifton 85 (TIF) e silagem de milho (SM) em diferentes proporções. Utilizaram-se quatro animais castrados, com peso médio de 523kg, fistulados no rúmen, distribuídos em um quadrado latino 4 x 4, recebendo 60% de volumoso e 40% de concentrado, na base da matéria seca. O volumoso consistiu das seguintes proporções (%): 100 TIF:0 SM; 67 TIF:33 SM; 33 TIF:67 SM e 0 TIF:100 SM. Os consumos de matéria seca (MS), de matéria orgânica (MO) e de matéria orgânica digestível (MOD), de proteína bruta (PB), de fibra em detergente neutro (FDN) e de carboidratos totais (CHOT) e digeríveis (CHOD) não foram...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Minas Gerais; Brasil; Bovino; Degradabilidade in situ; Digestibilidade; Consumo; Mantença; Taxa de passagem.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/888764
Registros recuperados: 32
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional