Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 9
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
CURVAS DE DESSORÇÃO E CALOR LATENTE DE VAPORIZAÇÃO PARA AS SEMENTES DE MILHO PIPOCA (Zea mays) AGRIAMBI
Corrêa,Paulo César; Christ,Divair; Martins,José Helvecio; Mantovani,Bárbara Heliodora Machado.
RESUMO O objetivo deste trabalho foi determinar as curvas de umidade de equilíbrio higroscópico e o calor latente de vaporização para as sementes de milho pipoca (Zea mays). O teor de umidade inicial das sementes era 23% b.u. As sementes foram submetidas a dessorção, sob diversas condições de temperatura (20, 30, 40 e 50°C) e umidade relativa do ar (30, 40, 50, 60, 70, 80 e 90%) com três repetições, até atingirem a umidade de equilíbrio. A temperatura e a umidade relativa do ar foram controladas por meio de uma unidade condicionadora de ar "Aminco-Air". Os seguintes modelos matemáticos foram ajustados aos dados experimentais: Henderson, Henderson modificado, Chung-Pfost, Copace e Sigma-Copace; as constantes dessas equações foram obtidas por regressão,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Milho pipoca; Equilíbrio higroscópico; Calor latente de vaporização.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43661998000100075
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DESORPTION ISOTHERMS OF SUGAR BEET SEEDS Engenharia na Agricultura
Corrêa, Paulo Cesar; Oliveira, Gabriel Henrique Horta de; Oliveira, Ana Paula Lelis Rodrigues de; Goneli, André Luis Duarte; Botelho, Fernando Mendes.
Physical and chemical alterations of agricultural products may occur during storage, leading to quantitative and qualitative losses. Thus, knowledge regarding the relationship between the product and temperature (T) and relative humidity (RH) of the environment is required in order to diminish these possible alterations. Being that stated, this work aimed to determine the most adequate mathematical model to represent the equilibrium moisture content (Xeq) of sugar beet seed, cv. “Chata do Egito”, at different T and RH. Xeq was achieved by means of static method, using saturated saline solutions, attaining RH values between 11 and 96 %. Seeds were placed inside of dissectors containing the saline solutions, afterwards stored at BOD chambers under different...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Armazenamento Beta vulgaris; Equilíbrio higroscópico; Modelagem matemática.
Ano: 2016 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/619
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dessorção e calor isostérico em polpa de manga AGRIAMBI
Silva,Manassés M. da; Gouveia,Josivanda P. G. de; Almeida,Francisco de A. C..
A polpa da manga (Mangifera indica L.) foi submetida ao processo de dessorção, sob condições de temperatura a 20, 40 e 60 ºC e umidade relativa do ar variando de 29,3 a 82,3%, até atingir a umidade de equilíbrio. Posteriormente, cinco modelos matemáticos de sorção (BET, GAB, Halsey, Oswin e Smith) foram ajustados aos dados experimentais com a finalidade de se obter os parâmetros desses modelos e escolher aquele que melhor representasse as isotermas, para o cálculo do calor isostérico de sorção. A escolha do melhor ajuste deu-se em função do coeficiente de determinação (R²) e do desvio médio relativo (P). De acordo com os resultados o modelo de GAB foi o que melhor se ajustou às isotermas de dessorção e os demais modelos também se ajustaram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Isotermas; Equilíbrio higroscópico; Mangifera indica L..
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662002000100022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação do equilíbrio higroscópico e do calor isostérico do bagaço de cana-de-açúcar REA
Teixeira,Luciana P.; Andrade,Ednilton T. de; Espíndola,Jéssica Z.; Pereira,Roberto G..
Com o intuito de analisar a dinâmica de sorção e a energia necessária para a vaporização da água na desidratação do bagaço da cana-de-açúcar, o presente trabalho teve como objetivo a determinação de seu equilíbrio higroscópico e calor isostérico, a partir de diferentes condições controladas de temperatura (20; 40; 55 e 70 ºC) e umidade relativa do ar (10; 12; 17; 18; 30; 40; 45; 50; 60 e 85%), assim como avaliar, entre diversos modelos descritos na literatura, o que melhor represente o comportamento de sorção. Como resultado, foi verificado que o modelo que melhor se ajustou aos dados empíricos do processo de sorção do bagaço de cana-de-açúcar foi o Modelo de Henderson Modificado, com coeficiente de determinação de 0,972, enquanto o calor isostérico...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bagaço de cana-de-açúcar; Equilíbrio higroscópico; Calor isostérico.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-69162015000300555
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Gráfico psicrométrico com curvas de equilíbrio higroscópico de grãos. Infoteca-e
CAMPELO JUNIOR, J.H.; PRIANTE FILHO, N.; ALBUQUERQUE, M.C.F.; MONTEZUMA, A.M.N.; BATISTA, J.M.; MENDONCA, M.M.D.; CAMPANHOLA, C.; RINALDI, C.; SCHMALTZ, J.R.; SILVEIRA, G.C.; CANEPPELE, C.; MENDONCA, E.A.F. de; SILVA, P.M. da; DOMINGUES, A.N..
O objetivo do presente trabalho e fornecer uma apresentação gráfica do uso pratico do equilíbrio higroscópico baseado na teoria do potencial da água. A metodologia de calculo baseou-se no modelo simplificado de equilíbrio higroscópico descrito por CAMPELO JUNIOR (2). As curvas correspondentes a diversas umidades de arroz, milho, soja, assim como de potenciais escolhidos arbitrariamente foram locadas em gráficos psicrométricos. Uma das informações praticas obtidas a partir dos gráficos e a determinação do aumento de temperatura para secagem de grãos em silos ou barcaças a baixas temperaturas. Verificou-se que as umidades indicadas para armazenagem de arroz, milho, e soja correspondem ao potencial de - 127 atm.
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Água; Potencial; Equilíbrio higroscópico; Curva; Grão; Arroz; Milho; Soja; Secagem; Temperatura; Umidade.
Ano: 1986 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/9933
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Isotermas de dessorção das sementes de nabo forrageiro obtidas pelos métodos dinâmico e estático AGRIAMBI
Sousa,Kelly A. de; Resende,Osvaldo; Costa,Lílian M..
Propôs-se, com este trabalho, determinar as isotermas de dessorção das sementes de nabo forrageiro e ajustar modelos matemáticos aos dados experimentais obtidos pelos métodos estático e dinâmico e verificar a possibilidade de utilização de um único modelo para ambos os métodos. Os teores de água de equilíbrio foram determinados pelo método dinâmico para as temperaturas de 25, 30, 35 e 40 ºC e atividades de água para cada temperatura, entre 0,27 a 0,82. No método estático foram utilizados dessecadores contendo as amostras e soluções salinas saturadas que foram colocadas em câmaras B.O.D. mantidas nas mesmas temperaturas. Aos dados experimentais foram ajustados modelos matemáticos disponíveis na literatura. Segundo os parâmetros estatísticos de análise, o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Oleaginosa; Equilíbrio higroscópico; Modelagem matemática; Identidade de modelos.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662013000200013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Isotermas e calor isostérico de sementes de Buchenavia capitata (Vahl) Eichler Rev. Ciênc. Agron.
Costa,Lílian Moreira; Resende,Osvaldo; Oliveira,Daniel Emanuel Cabral de; Sousa,Kelly Aparecida de.
RESUMODiante da importância do conhecimento da higroscopicidade e do calor isostérico para as operações de secagem e armazenamento, objetivou-se neste trabalho determinar as isotermas de dessorção de sementes de Buchenavia capitata (Vahl) Eichler, bem como ajustar diferentes modelos matemáticos aos dados experimentais, selecionando aquele que melhor representa o fenômeno e, assim, utilizá-lo para determinar o calor isostérico de dessorção. Para obtenção do teor de água de equilíbrio higroscópico utilizaram-se as sementes de B. capitata com teor de água inicial de 13,16 ± 0,17% base seca (b.s.). Para obtenção das isotermas de dessorção das sementes, utilizou-se o método estático indireto, sendo a atividade de água (aw) determinada por meio do equipamento...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Modelagem matemática; Equilíbrio higroscópico; Atividade de água.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902015000300516
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modelagem matemática da atividade de água em polpa cítrica peletizada AGRIAMBI
Corrêa,Paulo C.; Afonso Júnior,Paulo C.; Andrade,Ednilton T. de.
Considerando-se a importância na formulação de rações mais elaboradas e de elevada qualidade nutricional para alimentação de animais objetivou-se, através deste trabalho, determinar as curvas de atividade de água para polpa cítrica peletizada, a qual foi submetida à dessorção e adsorção sob quatro condições de temperatura (20, 25, 30 e 35 ºC) e quatro umidades relativas do ar (50, 60, 70 e 80%) com três repetições, até a umidade de equilíbrio. A temperatura e a umidade relativa do ar (atividade de água) foram controladas por meio de uma unidade condicionadora de ar "Aminco-Aire". O modelo de Chen-Clayton com suas constantes determinadas para descrever as curvas de equilíbrio higroscópico da polpa cítrica peletizada, apresentou ajuste satisfatório aos dados...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Polpa cítrica peletizada; Equilíbrio higroscópico; Atividade de água.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662001000200018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
SECAGEM NATURAL DE GERGELIM E DETERMINAÇÃO DA UMIDADE DE EQUILÍBRIO AGRIAMBI
Almeida,Francisco de Assis Cardoso; Fonseca,Katia Simone; Gouveia,Josivanda Palmeira Gomes de.
RESUMO A secagem natural consistiu na exposição das plantas à luz solar. Este processo foi conduzido até que as sementes atingissem teor de umidade de aproximadamente 6% b.u. Os teores de umidade de equilíbrio foram determinados utilizando-se soluções de ácido sulfúrico, com 98% de pureza, para uma faixa de umidade relativa de 17 a 85%. As amostras eram armazenadas em potes herméticos contendo as respectivas soluções e levadas a incubadoras com temperatura controlada de 20, 30 e 40º C ± 1º C. Para o ajuste das isotermas de sorção foram testados os modelos de BET, GAB, Halsey e Oswin, com a finalidade de se obter os seus coeficientes por meio de regressão não linear. Ante os resultados, concluiu-se a necessidade de 35 dias para as sementes atingirem a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Secagem natural; Equilíbrio higroscópico; Semente; Sesamum indicum.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43661999000300343
Registros recuperados: 9
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional