Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Armazenamento de pitangas sob atmosfera modificada e refrigeração: II - qualidade e conservação pós-colheita Rev. Bras. Frutic.
Santos,Adriana Ferreira dos; Silva,Silvanda de Melo; Mendonça,Rejane Maria Nunes; Filgueiras,Heloísa Almeida Cunha.
Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de atmosfera modificada (AM) na conservação pós-colheita de pitangas colhidas nos estádios de maturação e início da pigmentação (IP), vermelho-alaranjado (VA) e vermelho predominante (VP) e armazenadas a 10 e a 14 ºC (90 ± 1%UR) e condições ambientes (23± 2 ºC e 85 ± 2%UR). O uso de AM associada à refrigeração resultou em menores perdas de massa, incidência de fungo e enrugamento. A AM também permitiu um aumento de quatro dias na vida útil pós-colheita, mantendo a qualidade acima do limite de aceitação durante oito dias, para pitangas do estádio VA mantidas sob refrigeração. Em conjunto, pitangas colhidas no estádio de maturação vermelho-alaranjado apresentaram melhor potencial de armazenamento, quando...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Eugenia uniflora; Estádio de maturação; Podridão; Enrugamento; Aparência geral.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452006000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ARMAZENAMENTO REFRIGERADO DE AMEIXAS `REUBENNEL' (Prunus salicina Lindl.): EFEITOS DO ESTÁDIO DE MATURAÇÃO E DO POLIETILENO Scientia Agricola
Kluge,R.A.; Bilhalva,A.B.; Cantillano,R.F.F..
Para verificar os efeitos do estádio de maturação e da embalagem de polietileno, ameixas `Reubennel' foram colhidas em dois estádios de maturação: verde (25-50% de coloração vermelha) e semimaduro (50-75% de coloração vermelha) e armazenadas à 0oC e 90-95% UR por 14, 28 e 42 dias (+ 3 dias de comercialização simulada à 25-26oC). A metade das frutas foi embalada em sacos de polietileno perfurado. O polietileno reduziu as perdas de peso das frutas durante o armazenamento, sem afetar outros parâmetros de qualidade estudados (firmeza de polpa, sólidos solúveis totais, acidez total titulável e relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável). As frutas deste cultivar conservaram-se bem até 42 dias e o melhor estádio de maturação para o armazenamento foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Polietileno; Estádio de maturação; Frigoconservação; Ameixas.
Ano: 1996 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161996000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cinética de degradação in situ das silagens de capim Andropogon gayanus produzidas em três idades de corte Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Ribeiro Junior,G.O.; Velasco,F.O.; Faria Júnior,W.G.; Teixeira,A.M.; Machado,F.S.; Magalhães,F.A.; Jayme,D.G.; Gonçalves,L.C..
A idade ao corte é considerada o principal fator a afetar o valor nutritivo das forragens. Objetivou-se avaliar e comparar a cinética de degradação ruminal da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra insolúvel em detergente neutro (FDN) das silagens de capim Andropogon gayanus obtidas em três diferentes idades de corte (56, 84 e 112 dias). As amostras das silagens secas e trituradas (5 mm) foram incubadas em sacos de nylon no rúmen por 0, 6, 12, 24, 48 e 72 h. Os parâmetros da cinética de degradação das silagens de cada tratamento (3 silagens) em cada animal (5 vacas) foram determinados pelo modelo: y = a + b(1 − e−c(t−L)). Os parâmetros gerados pela equação foram analisados como blocos inteiramente ao acaso, sendo que as idades de corte foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradação ruminal; Estádio de maturação; Forrageira tropical; Forragem conservada.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352014000601883
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição bromatológica de silagens de milho produzidas com diferentes densidades de compactação R. Bras. Zootec.
Velho,João Pedro; Mühlbach,Paulo Roberto Frenzel; Nörnberg,José Laerte; Velho,Ione Maria Pereira Haygert; Genro,Teresa Cristina Moraes; Kessler,Julcemar Dias.
O experimento foi conduzido em delineamento completamente casualizado com o objetivo de avaliar o efeito da densidade de compactação, 500 kg (médio) e 600 kg (alto) de matéria verde por metro cúbico de massa ensilada, na qualidade final da silagem em relação ao material original. A ensilagem de milho safrinha foi realizada no dia 18/05/2004 em minissilos, com quatro repetições por grau de compactação, quando os grãos de milho se encontravam no estádio ½ leitoso ½ farináceo. As densidades de compactação afetaram significativamente os teores de açúcares solúveis (1,60 <FONT FACE=Symbol>´</FONT> 2,15% da MS), matéria orgânica do resíduo insolúvel em etanol a 80% (76,02 <FONT FACE=Symbol>´</FONT> 71,53% da MS), carboidratos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amido; Carboidrato; Estádio de maturação; FDN; Proteína; NDT.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982007000700011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservação pós-colheita de mangaba em função da maturação, atmosfera e temperatura de armazenamento Ciênc. Tecnol. Aliment.
Santos,Adriana Ferreira dos; Silva,Silvanda de Melo; Mendonça,Rejane Maria Nunes; Alves,Ricardo Elesbão.
Nesse trabalho, avaliou-se a influência de Atmosfera Modificada (AM) por filme de PVC na conservação pós-colheita de mangabas colhidas nos estádios de maturação Verde (V), início da pigmentação amarela (IP) e fruto amarelo com leves manchas vermelhas (AV) e armazenadas sob refrigeração (10 ± 0,5 ºC e 90 ± 2% UR) e sob condições ambientes (23 ± 2 ºC e 75 ± 2% UR). O uso de AM associada à refrigeração resultou em menores perdas de massa fresca, permitiu a manutenção da vida útil pós-colheita dos frutos durante 15 dias, mantendo a aparência geral acima do limite de aceitação pelo consumidor, para os três estádios de maturação avaliados. Mangabas colhidas no estádio de maturação verde não desenvolveram a coloração característica e apresentaram visível...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Hancornia speciosa; Filme de PVC; Estádio de maturação; Qualidade pós-colheita; Armazenamento refrigerado; Frutas nativas.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612009000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fisiologia do dano pelo frio em ciriguela (Spondias purpurea L.) Rev. Bras. Frutic.
Martins,Laesio Pereira; Silva,Silvanda de Melo; Alves,Ricardo Elesbão; Filgueiras,Heloísa Almeida Cunha.
O objetivo desse estudo foi avaliar a influência do estádio de maturação, temperatura e tempo de exposição na ocorrência de dano pelo frio (DF) em ciriguela. Para a avaliação do estádio de maturação menos suscetível a DF, foram colhidos frutos nos estádios breaker (B), início da pigmentação amarela (IP), amarelo predominante (AP) e expostos a temperaturas de 9,5 ºC, 10,5 ºC e 14,5 ºC, durante 1; 3 e 5 dias. Para a avaliação do desenvolvimento de DF em frutos no estádio AP, foram testadas 10 temperaturas, variando de 14,5 ºC a 5 ºC. Os frutos no estádio B apresentaram sintomas irreversíveis de DF a 14,5 ºC, após 3 dias, enquanto no estádio IP esses sintomas foram severos, após 5 dias. Para o estádio AP, nenhum sintoma de DF foi verificado entre 9,5 ºC e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estádio de maturação; Refrigeração; Pós-colheita.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
INFLUÊNCIA DO ESTÁDIO DE MATURAÇÃO E DA COBERTURA COM POLIETILENO NA CONSERVAÇÃO DE TOMATES FRIGORIFICADOS Scientia Agricola
KLUGE,R.A; RODRIGUES,D.S; KALIL,G.P.C; RUSSO,R; LUCAS,M.B; MINAMI,K.
O efeito do estádio de maturação (verde, rosa e vermelho) e da embalagem (com polietileno perfurado, com polietileno selado e sem polietileno) sobre a conservação por refrigeração de tomates `Santa Clara', foi estudado em frutos armazenados por 7, 14 e 21 dias a 13 ± 0,5oC e 80 ± 10% UR (+ 2 dias de comercialização simulada sob temperatura ambiente). A coloração dos frutos aumentou ao longo do armazenamento e comercialização para os três estádios, independente da embalagem utilizada. O uso de sacos de polietileno, principalmente selado, foi importante para a redução das perdas de peso dos frutos, não havendo efeito do estádio de maturação sobre esta variável. As podridões aumentaram substancialmente aos 21 dias de armazenamento para os estádios rosa e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Polietileno; Estádio de maturação; Armazenamento; Tomate.
Ano: 1996 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161996000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do estádio de maturação e do armazenamento pós-colheita na germinação e desenvolvimento inicial do maracujazeiro-amarelo Rev. Bras. Frutic.
Negreiros,Jacson Rondinelli da Silva; Wagner Júnior,Américo; Álvares,Vírginia de Souza; Silva,José Osmar da Costa e; Nunes,Endson Santana; Alexandre,Rodrigo Sobreira; Pimentel,Leonardo Duarte; Bruckner,Claudio Horst.
O maracujazeiro está entre as principais fruteiras cultivadas no País, sendo a propagação por sementes o método predominante na produção de mudas. Para obtenção de sementes de boa qualidade, um dos aspectos que devem ser considerados é o momento de sua coleta, que pode ser determinada pelo estádio de desenvolvimento do fruto. O objetivo deste trabalho foi verificar a influência do estádio de maturação dos frutos e de armazenamento pós-colheita sobre a germinação e o desenvolvimento inicial de maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa). O trabalho foi realizado na Universidade Federal de Viçosa (MG). As sementes utilizadas foram extraídas de frutos em três estádios de maturação (estádio 1 - verde começando a alterar sua coloração para amarela;...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Passiflora edulis; Maracujá; Estádio de maturação.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452006000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mancha fisiológica do mamão: uma perspectiva de obtenção de material genético tolerante Rev. Bras. Frutic.
Oliveira,Jurandi Gonçalves de; Pereira,Messias Gonzaga; Martelleto,Luiz Aurélio Peres; Ide,Carlos David.
A ocorrência do distúrbio fisiológico conhecido como "Mancha Fisiológica do Mamão" (MFM) tem comprometido a qualidade do mamão (Carica papaya L.) produzido no Brasil. A obtenção de material genético tolerante à MFM faz parte das estratégias de ação de médio a longo prazo para minimizar os prejuízos decorrentes da ocorrência desse distúrbio. No presente trabalho, buscou-se avaliar a tolerância de vinte e dois híbridos de mamão à ocorrência da MFM, na região norte do Estado do Rio de Janeiro. Os frutos foram colhidos de um ensaio de competição instalado na Estação Experimental da PESAGRO-Rio, no município de Macaé-RJ. O ensaio consistiu de quatro repetições, num delineamento em blocos ao acaso, sendo que cada parcela foi constituída de oito plantas. Os dados...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estádio de maturação; Laticíferos; Melhoramento do mamoeiro; Variabilidade genotípica.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452005000300028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Parâmetros relevantes na determinação da velocidade terminal de frutos de café AGRIAMBI
Couto,Sandra M.; Magalhães,Anderson C.; Queiroz,Daniel M. de; Bastos,Itaciane T..
No desenvolvimento de máquinas de separação movidas a fluxos de ar, o conhecimento da velocidade terminal de um produto e das impurezas associadas é de importância fundamental. Neste trabalho, investigou-se o comportamento dos valores da velocidade terminal de frutos de café (variedades Catuaí e Híbrido Timor) em função dos parâmetros (a) estádio de maturação do produto na colheita ("verde" e "cereja"); (b) época de colheita; (c) variedade; (d) teor de umidade dos frutos e (e) número de frutos contidos na amostra usada para as determinações da velocidade. A análise dos resultados mostrou que os valores das velocidades terminais foram influenciados, significativamente, pelo teor de umidade do produto, estádio de maturação dos frutos e tamanho das amostras...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Coffea arábica L.; Velocidade terminal; Teor de umidade; Estádio de maturação.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662003000100023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Qualidade pós-colheita de cultivares de bananeira do grupo 'maçã', na região de Belém - PA Rev. Bras. Frutic.
Carvalho,Ana Vânia; Seccadio,Lara Lima; Mourão Júnior,Moisés; Nascimento,Walnice Maria Oliveira do.
O presente trabalho teve por objetivo realizar a caracterização física e físico-química de três cultivares de bananeira do subgrupo 'Maçã', em diferentes estádios de maturação, bem como a avaliação sensorial dos frutos maduros. Os cachos de banana das cultivares Caipira, Thap Maeo e BRS Tropical foram colhidos no estádio 2 de coloração da casca (verde-maduro) e armazenados sob condição ambiente, sendo avaliados com relação ao comprimento e diâmetro dos frutos, firmeza, pH, sólidos solúveis, acidez titulável, açúcares redutores, não redutores e totais da polpa neste mesmo estádio, e à medida que atingiam os graus 3; 5 e 7 de coloração da casca. Os frutos completamente maduros foram ainda analisados quanto à aceitação sensorial, por meio dos atributos aroma,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Musa spp; Estádio de maturação; Caracterização físico-química; Análise sensorial.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452011000400007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sachês absorvedores de etileno na pós-colheita de maçãs 'Royal Gala' Rev. Bras. Frutic.
Amarante,Cassandro Vidal Talamini do; Steffens,Cristiano André.
A redução dos níveis de etileno no ambiente de armazenamento é importante na preservação da qualidade pós-colheita de frutos. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de sachês contendo pellets (10g) impregnados com absorvedor de etileno à base de permanganato de potássio (KMnO4), na preservação da qualidade pós-colheita de maçãs 'Royal Gala' armazenadas em câmara fria e em temperatura ambiente. O emprego de um ou dois sachês de produto, durante o armazenamento refrigerado convencional (dois meses a 0±0,5ºC/90-95% de UR) dos frutos, acondicionados em caixas de 18kg, envoltos em filme de polietileno de alta densidade (30µm), reduziu a concentração de etileno no interior da embalagem. Isto ocasionou maior retenção de cor verde na casca e de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Malus domestica Borkh.; Permanganato de potássio; Estádio de maturação; Armazenamento; Qualidade de frutos.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452009000100011
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional