Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações morfológicas e funcionais dos rins de cães com insuficiência renal crônica Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Bueno de Camargo,M.H.; Moraes,J R.E.; Carvalho,M.B.; Ferraro,G.C.; Palmeira Borges,V..
Alterações morfológicas de 11 casos de cães com insuficiência renal foram caracterizadas e classificadas de acordo com os padrões estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde para seres humanos. Glomerulonefrite esclerosante difusa foi diagnosticada em 82,0% dos animais e nefrite intersticial crônica nos 18,0% restantes. Os tipos e freqüência das lesões identificadas foram similares às encontradas na literatura para a insuficiência renal crônica.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Glomerulonefrite; Glomerulopatia; Insuficiência renal; Nefrite.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352006000500013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito inibidor do soro urêmico sobre o metabolismo oxidativo dos neutrófilos de cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Barbosa,T.S; Mori,C.K; Ciarlini,P.C.
Foi testada a hipótese de que, à semelhança do que ocorre em humanos, os componentes do soro urêmico inibem o metabolismo oxidativo dos neutrófilos de cães. Para isto, o sangue total de 10 cães foi incubado com soro homólogo urêmico e não urêmico e posteriormente comparado quanto à produção neutrofílica de superóxido estimada pelo método citoquímico de redução do tetrazólio nitroazul (NBT). A produção de superóxido gerada pelo metabolismo oxidativo dos neutrófilos tratados com soro urêmico apresentou significante redução (P<0,05) em relação aos tratados com plasma autólogo e homólogo com níveis normais de ureia. Concluiu-se que os componentes presentes no soro urêmico inibem ex vivo o metabolismo oxidativo dos neutrófilos de cães portadores de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Tetrazólio nitroazul; Insuficiência renal; Superóxido.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352010000600009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fragilidade osmótica eritrocitária em gatos acometidos por hepatopatias e gatos com insuficiência renal Ciência Rural
Elias,Fernanda; Lucas,Sílvia Regina Ricci; Hagiwara,Mitika Kuribayashi; Kogika,Márcia Mery; Mirandola,Regina Mieko Sakata.
A fragilidade osmótica eritrocitária (FOE) avalia a resistência osmótica das células vermelhas em concentrações decrescentes de solução salina. A resistência depende da forma, volume, tamanho, conteúdo de hemoglobina e meia vida dos eritrócitos, e pode ser alterada por vários fatores fisiológicos ou patológicos. Existem poucos relatos sobre a FOE em gatos. O objetivo deste estudo foi avaliar a FOE em gatos hígidos, com enfermidades hepáticas e naqueles com insuficiência renal. Foram estudados 27 animais divididos em três grupos. A hemólise 50% foi notada de forma similar em todos os grupos. Em 100% de hemólise, os eritrócitos de gatos com insuficiência renal e doença hepática mostraram maior fragilidade osmótica, embora esses animais apresentassem maiores...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gatos; Colesterol; Enfermidade hepática; Insuficiência renal; Eritrócitos.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782004000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Lesões extra-renais de uremia em 72 cães Ciência Rural
Dantas,Antônio Flávio Medeiros; Kommers,Glaucia Denise.
Entre 1986 e 1995 foram diagnosticados 72 casos (4,43%) de uremia de um total de 1.623 cães necropsiados no setor de Patologia Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria - RS. Sinais clínicos de uremia foram descritos em 58 cães (80,55%), com predomínio de vômito, anorexia, diarréia e apatia. As lesões extra-renais de uremia foram mais evidentes, em ordem decrescente, nos sistemas digestivo, respiratório, cardiovascular, endócrino e ósseo. As lesões mais freqüentes foram gastropatia urêmica (79,16%), pneumopatia urêmica (49,27%) e endocardite mural do átrio esquerdo associada à arteriopatia degenerativa no miocárdio (34,72%). Em 70 casos a uremia era de origem renal, correspondendo a 16,27% de 430 cães com lesões renais primárias. Dois cães...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Uremia; Insuficiência renal; Doenças de cães.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781997000200022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso de cetoanálogo na terapia da insuficiência renal canina Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Veado,J.C.C.; Oliveira,J.; Menezes,J.M.C.; Guimarães,P.T.C..
The efficacy of keto acids and essential amino acids on a two-year-old female dog, Labrador, suffering from Leishmaniasis and acute renal failure was evaluated by clinical and laboratorial analyses based on urea and creatinine dosages. An improving in the animal general condition and an increasing in the appetite, activity and weight gain, were observed and favorably contributed to the treatment of the primary disease. Ketoanalogueswere oraly administered during 76 days and the levels of urea and creatinine remained within acceptable limits, even after this period of time. Ketoanaloguescontributed positively for the treatment of acute renal failure and appears to be an important alternative for the leishmaniasis treatment.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Cão; Insuficiência renal; Cetoanálogos; Cetoácidos; Terapia nutricional; Leishmaniose.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352002000500015
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional