Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 9
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cortisol sérico e glicemia em cadelas tratadas com tramadol e submetidas à ovário-histerectomia Ciência Rural
Caldeira,Fátima Maria Caetano; Oliveira,Humberto Pereira; Melo,Eliane Gonçalves; Martins,Claudia; Vieira,Marilisa Souza; Silva,Cristiano Nicomedes da.
O tramadol é um analgésico opióide usado em medicina veterinária, embora existam poucos estudos sobre este fármaco. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito analgésico promovido pela administração do tramadol, mensurando o cortisol sérico e a glicemia de cadelas. Para isso, foram utilizadas 15 fêmeas, submetidas a ovário-histerectomia sob anestesia geral com isofluorano. Os animais foram divididos em três grupos. Grupo 1 (Tep) receberam tramadol pela via epidural (1,0mg kg-1 diluído em água bidestilada ao volume final de 3,0mL) e, após 15 minutos, 3,0mL de água bidestilada pela via intravenosa. No grupo 2 (Tiv), foi administrado 3,0mL de água bidestilada pela via epidural e, após 15 minutos, tramadol pela via intravenosa (1,0mg kg-1 diluído em água...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cortisol sérico; Glicemia; Tramadol; Epidural; Intravenoso; Cão; Analgesia; Anestesia; Ovário-histerectomia.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782006000100023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos cardiorrespiratórios da metadona, pelas vias intramuscular e intravenosa, em cadelas submetidas à ovariossalpingo-histerectomia Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Pereira,D.A.; Marques,J.A.; Borges,P.A.; Batista,P.A.C.S.; Oliveira,C.A.; Nunes,N.; Lopes,P.C.F..
A metadona é um opioide pouco utilizado na medicina veterinária, e há, ainda, questionamentos quanto ao seu uso. Desse modo, comparou-se o emprego da metadona, administrada pelas vias IM e IV, e avaliaram-se seus efeitos sobre as características cardiorrespiratórias e os tempos de extubação e recuperação em cadelas submetidas à ovariossalpingo-histerectomia. Utilizaram-se 16 cadelas, pré-medicadas com levomepromazina, 0.6mg/kg, IM. Após 20 minutos, a indução anestésica foi feita com propofol, 5mg/kg, IV, e a manutenção com isoflurano. Transcorridos 10 minutos, os animais receberam metadona, 0.3mg/kg, pelas vias IM - grupo GIM - e IV - grupo GIV. As mensurações das frequências cardíaca (FC) e respiratória (FR), pressão arterial média (PAM), temperatura...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cadela; Anestesia; Analgesia; Metadona; Ovário-histerectomia.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352013000400005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Neoplasias mamárias em cadelas: influência hormonal e efeitos da ovario-histerectomia como terapia adjuvante Ciência Rural
Fonseca,Cláudia Sampaio; Daleck,Carlos Roberto.
As neoplasias mamarias constituem aproximadamente 50% dos tumores diagnosticados em cadelas. Apesar dosharmónios sexuais femininos desempenharem papel fundamental no desenvolvimento desses tumores em mamíferos, o valor da supressão hormonal pela ovário-histerectomia como auxiliar no tratamento do tumor de mama em caninos permanece controverso. Discute-se ainda se a realização da ovário-histerectomia após o diagnóstico influencia ou não o crescimento e progressão do tumor na glândula afetada ou em outras glândulas mamarias. O objetivo desta revisão é discutir alguns aspectos relacionados à influência hormonal na etiologia de tumores mamarias em cadelas, assim como o valor terapêutico da castração, quando realizada no momento da mastectomia.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tumor de mama; Cadelas; Harmónios esteróides sexuais; Mastectomia; Ovário-histerectomia.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000400030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ovário-histerectomia: estudo experimental comparativo entre as abordagens laparoscópica e aberta na espécie canina. II- Evolução clínica pós-operatória Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Malm,C.; Savassi-Rocha,P.R.; Gheller,V.A.; Oliveira,H.P.; Lamounier,A.R.; Foltynek,V..
Avaliou-se a evolução clínica pós-operatória de 30 cadelas sem raça definida, durante sete dias, aleatoriamente distribuídas em dois grupos de 15 animais, submetidas à ovário-histerectomia (OVH) pelas abordagens laparoscópica (grupo I) e aberta (grupo II). Avaliaram-se os parâmetros de comportamento, fisiológicos e de complicações na ferida cirúrgica. Foi utilizada uma escala descritiva para avaliação da dor e das complicações pós-operatórias. Não foram encontradas diferenças significativas entre os grupos quanto às variáveis: locomoção, postura, interferência na ferida cirúrgica, tensão abdominal, vocalização, apetite, evacuação, freqüências cardíaca e respiratória e temperatura corporal. Quando as variáveis de comportamento e fisiológicas foram avaliadas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cadela; Laparoscopia; Ovário-histerectomia; Dor pós-operatória.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352005000800006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ovário-histerectomia: estudo experimental comparativo entre as abordagens laparoscópica e aberta na espécie canina- III. estresse pela análise do cortisol plasmático Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Malm,C.; Savassi-Rocha,P.R.; Gheller,V.A.; Oliveira,H.P.; Lamounier,A.R.; Foltynek,V..
Avaliou-se o estresse pós-operatório, durante sete dias, em 30 cadelas, aleatoriamente distribuídas em dois grupos de 15 animais submetidos à ovário-histerectomia (OVH) pelas abordagens laparoscópica (grupo I) e aberta (grupo II). Os grupos foram comparados mediante dosagens do cortisol plasmático. Não se observou aumento do cortisol plasmático no pré-operatório imediato (tempo 1) e quando o animal estava sob anestesia geral imediatamente antes do procedimento cirúrgico (tempo 2). Nos dois grupos houve aumento do cortisol apenas no período intra-operatório (tempo 3) e uma hora após o retorno anestésico (tempo 4), sendo maior nas cadelas submetidas à OVH por laparoscopia. No pós-operatório, os níveis de cortisol das cadelas de ambos os grupos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cadela; Laparoscopia; Ovário-histerectomia; Estresse; Cortisol.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352005000500003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ovário-histerectomia: estudo experimental comparativo entre as abordagens laparoscópica e aberta na espécie canina. Intra-operatório-I Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Malm,C.; Savassi-Rocha,P.R.; Gheller,V.A.; Oliveira,H.P.; Lamounier,A.R.; Foltyneck,V..
Avaliou-se, de forma prospectiva, a ovário-histerectomia (OVH) nas abordagens laparoscópica e aberta, mediante a comparação de parâmetros intra-operatórios como tempo cirúrgico, complicações (hemorragia, lesões viscerais e vasculares), dificuldades técnicas e custos. Foram utilizadas 30 cadelas, sem raça definida, com peso entre 6,5 e 19,0kg, aleatoriamente distribuídas em dois grupos de 15 animais. Os animais do grupo I foram submetidos à OVH laparoscópica enquanto os do grupo II à OVH aberta. O tempo cirúrgico médio na abordagem laparoscópica foi significativamente maior (61,6± 14,15 minutos) quando comparada com a aberta (21,13±4,3 minutos), enquanto que o grau de sangramento foi menor na laparoscopia. Foram observadas lesão no baço com agulha de Veress...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Laparoscopia; Ovário-histerectomia; Cadela.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000400006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ovário-histerectomia laparoscópica em felinos hígidos: estudo comparativo de três métodos de hemostasia Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Schiochet,F.; Beck,C.A.C.; Silva,A.P.F.F.; Contesini,E.A.; Alievi,M.M.; Stedile,R.; Pinto,V.; Yamazaki,P.H.; Jurinitz,D.F.; Pellizari,M..
Foram avaliadas 24 gatas, hígidas, sem raça definida, distribuídas em três grupos de oito animais. Descreveu-se o acesso laparoscópico para ovariossalpingo-histerectomia (OSH) e comparou-se o uso do eletrocautério bipolar (grupo I), do clipe de titânio (grupo II) e da ligadura com fio de sutura (grupo III) para a oclusão dos vasos ovarianos e uterinos. Hemorragia e enfisema subcutâneo foram as principais complicações observadas no transoperatório e hematoma subcutâneo e deiscência de sutura, as do pós-operatório. O procedimento cirúrgico e a técnica operatória mostraram-se viáveis nos três grupos. O uso do eletrocautério bipolar apresentou vantagens na comparação com os outros métodos de hemostasia.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gata; Ovário-histerectomia; Laparoscopia.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000200013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ovário-histerectomia vídeo-assistida com único portal em cadelas: estudo retrospectivo de 20 casos Ciência Rural
Silva,Marco Augusto Machado; Batista,Priscila Andréa Costa dos Santos; Pogianni,Franco Metzker; Silva,Miguel Ladino; Munerato,Marina Salles; Flores,Fabíola Neiderauer; Borges,Paula Araceli; Ribeiro,Alexandre Pinto; Nunes,Newton; Toniollo,Gilson Hélio.
O objetivo do presente estudo foi avaliar retrospectivamente as 20 primeiras ovário-histerectomias vídeo-assistidas com único portal (SPVA-OSH), realizadas por um cirurgião não proficiente nessa técnica. Vinte cadelas foram submetidas à laparoscopia para SPVA-OSH, com o auxílio de um endoscópio de 10mm, com canal de trabalho de 5mm, inserido por um trocarte, posicionado na região pré-púbica, e coagulação bipolar. O tempo cirúrgico médio foi de 22,95±5,17 minutos. Os cinco primeiros procedimentos consumiram mais tempo cirúrgico do que os demais. A abordagem aos pedículos ovarianos direito e esquerdo foram as etapas que apresentaram maior tempo de execução. Houve complicação leve ou moderada em seis (30%) das 20 cadelas operadas. As complicações foram:...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ovário-histerectomia; Laparoscopia; Caninos; Técnica cirúrgica.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Perfil lipoprotéico de cadelas submetidas à ovário-histerectomia com e sem reposição estrogênica Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Schmidt,C.; Lopes,M.D.; Silva,M.C.; Fighera,R.A.; Souza,T.M..
Doze cadelas mestiças, adultas, foram submetidas à ovário-histerectomia e posteriormente distribuídas em dois grupos de seis animais. Um dos grupos recebeu estrógenos naturais conjugados na dose de 0,01mg/kg, via oral, a cada 48 horas, durante 12 meses, e o outro serviu como controle. A cada 60 dias foram realizadas colheitas de sangue e obtidos os valores de colesterol total, triglicerídeos, HDL, LDL e VLDL. Houve elevação do colesterol total e do LDL nas fêmeas sem reposição de hormônio. No grupo que recebeu estrógenos houve elevação do HDL. A ovário-histerectomia influenciou significativamente o perfil lipoprotéico; a reposição com estrógenos foi capaz de preservar esse perfil nas cadelas castradas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Ovário-histerectomia; Colesterol; Lipoproteínas; Estrógeno.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000400005
Registros recuperados: 9
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional