Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Absorção e acúmulo de cádmio e seus efeitos sobre o crescimento relativo de plantas de aguapé e de salvínia Rev. Bras. Fisiol. Veg.
OLIVEIRA,JURACI ALVES DE; CAMBRAIA,JOSÉ; CANO,MARCO ANTONIO OLIVA; JORDÃO,CLÁUDIO PEREIRA.
A absorção e acúmulo de Cd e seus efeitos sobre o crescimento relativo foram estudados em aguapé (Eichhornia crassipes (Mart.) Solms) e salvínia (Salvinia auriculata Aubl.), em solução nutritiva. O aguapé absorveu quantidade significativamente maior de Cd do que a salvínia, tendo a diferença aumentado com o tempo de exposição ao Cd. O Km da absorção de Cd, estatisticamente igual nas duas espécies aquáticas quando as folhas contatavam a solução nutritiva, tornou-se maior em salvínia quando se impediu fisicamente que as folhas contatassem a solução de absorção. O Vmax de absorção de Cd, por outro lado, foi sempre maior em salvínia, independentemente do contato ou não das folhas com a solução nutritiva. A quantidade de Cd adsorvido e absorvido aumentou com a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Metais pesados; Tolerância a cádmio; Plantas aquáticas.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-31312001000300008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações ultraestruturais de Azolla caroliniana, e Lemna gibba expostas a atrazine. Repositório Alice
GUIMARÃES, F. P.; KARAM, D.; AGUIAR, E..
2006
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Plantas aquáticas; Células Microscopia eletrônica de varredura.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/490297
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização da qualidade de água e sedimento na UHE Americana relacionados à ocorrência de plantas aquáticas Planta Daninha
Velini,E.D.; Negrisoli,E.; Cavenaghi,A.L.; Corrêa,M.R.; Bravin,L.F.N.; De Marchi,S.R.; Trindade,M.L.B.; Arruda,D.P.; Padilha,F.S..
Este trabalho foi realizado na UHE Americana, pertencente à Companhia Paulista de Força e Luz, e faz parte de um projeto de pesquisa e desenvolvimento realizado em conjunto com a Faculdade de Ciências Agronômicas (UNESP) de Botucatu. Foram realizadas amostragens de água e sedimento nos meses de outubro e dezembro de 2003 e fevereiro, abril e junho de 2004. Selecionaram-se seis pontos de coleta no reservatório, sendo cinco a montante da barragem e um a jusante. Levantamentos de flora foram realizados nos meses de dezembro de 2003 e abril e julho de 2004, sendo constatados elevados teores de nitrogênio e fósforo nas amostras de água, com valores médios de 3,867 mg L-1 para nitrato, 0,706 mg L-1 para amônia, 1,372 mg L-1 para nitrito e 151,979 µg L-1 para...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Qualidade de água; Sedimentos; Reservatório.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Checklist das macrófitas aquáticas do Pantanal, Brasil Acta Botanica
Pott,Vali Joana; Pott,Arnildo.
O Pantanal, por ser alagável, é ambiente favorável ao desenvolvimento de muitas plantas aquáticas. Para atender demandas de levantamentos florísticos regionais, fez-se a listagem das macrófitas aquáticas do Pantanal, com base em coletas depositadas nos Herbários CPAP (EMBRAPA), COR (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), CH (Universidade Federal de Mato Grosso) e K (Kew). Até o momento, foram levantadas 242 espécies, distribuídas em 106 gêneros e 54 famílias. As famílias mais numerosas são Poaceae (22 espécies), Cyperaceae(17), Leguminosae e Scrophulariaceae(14), Alismataceae e Onagraceae(13), Pontederiaceae(11), Lentibulariaceae(10), Characeae(9), emnaceae, Malvaceae e Nymphaeaceae(8). A maioria das demais famílias apresentam uma ou duas espécies...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Hidrófito; Área úmida; Flora; Pantanal.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061997000200010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle químico de Typha subulata em dois estádios de desenvolvimento Planta Daninha
Silva,J.R.V.; Martins,D..
O objetivo deste trabalho foi avaliar o controle químico de plantas de taboa em dois estádios fenológicos de desenvolvimento, ou seja, no estádio de pleno desenvolvimento vegetativo de 0,50 a 0,70 m e no estádio de florescimento. Os herbicidas e as doses utilizadas foram: imazapyr a 250, 500 e 750 g ha-1 com 0,5% de Aterbane; imazapyr a 250, 500 e 750 g ha-1 com 0,01% de Silwet; glyphosate a 3.360 e 4.320 g ha-1 com 0,5% de Aterbane; glyphosate a 3.360 e 4.320 g ha-1 com 0,01% de Silwet, além de uma testemunha sem aplicação de herbicidas. Os tratamentos foram instalados em delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os herbicidas foram aplicados com um pulverizador costal, munido de barra com duas pontas de jato plano XR...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Taboa; Plantas aquáticas; Herbicida; Surfatante.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582004000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de equipamentos para o mapeamento de áreas infestadas por macrófitas aquáticas imersas Planta Daninha
Corrêa,M.R.; Bravin,L.F.N.; Velini,E.D.; Baio,F.H.R.; Galo,M.L.B.T..
Foi desenvolvido um conjunto de equipamentos com o objetivo de mapear as áreas infestadas por macrófitas aquáticas, auxiliando operações de manejo mecânico, as quais são realizadas por uma colhedora desenvolvida especificamente para essa finalidade. O conjunto de equipamentos foi constituído por um GPS com programa de correção diferencial, acoplado a um palmtop, um sistema com dois teclados ligados em dataloggers e um transdutor de deslocamento linear LT. O GPS, através do palmtop, proporcionava o mapeamento da área de deslocamento, auxiliando o operador na movimentação da máquina, otimizando a operação e evitando, dessa forma, a sobreposição das faixas de coleta na área a ser manejada. Um dos teclados monitorava a movimentação e operação da colhedora,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Controle mecânico; GPS.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000200014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dinâmica da comunidade de macrófitas aquáticas no reservatório de Santana, RJ Planta Daninha
Pitelli,R.L.C.M.; Toffaneli,C.M.; Vieira,E.A.; Pitelli,R.A.; Velini,E.D..
Apesar da importância na dinâmica dos ecossistemas aquáticos, as macrófitas podem formar densas e extensas colonizações em corpos hídricos cujos equilíbrios ecológicos foram rompidos. Nessas condições, essas plantas promovem uma série de problemas que as tornam alvos de controle. Para elaboração de planos adequados de manejo dessa vegetação, é fundamental o conhecimento das dinâmicas relativas das populações que a compõem. O objetivo deste trabalho foi realizar levantamentos mensais da composição específica da comunidade de macrófitas que coloniza o reservatório de Santana, localizado no município de Piraí/RJ, monitorando 97 pontos georreferenciados, abrangendo toda a lâmina d'água. Foram identificadas 41 espécies, inseridas em 21 famílias botânicas. As...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Levantamento; Populações; Multivariada.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582008000300001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência da concentração de inóculo e da idade da planta na intensidade de doença causada por Fusarium graminearum em Egeria densa e E. najas Trop. Plant Pathol.
Borges Neto,Carlos R.; Gorgati,Cláudia Q.; Pitelli,Robinson A..
Um isolado de Fusarium graminearum estudado na UNESP/Campus de Jaboticabal, onde foi comprovada sua eficácia no controle de Egeria densa e E. najas, macrófitas aquáticas submersas. Para estudar o efeito de diferentes concentrações do inóculo na severidade de doença, foram conduzidos experimentos em incubadoras para BOD, com concentrações variando em um décimo, de 0,1 até 1,4 g/l de arroz moído colonizado com F. graminearum. Para verificar os possíveis efeitos da idade da planta sobre a severidade de doença, plantas com, no mínimo 35 cm, de comprimento foram excisadas em segmentos correspondentes às idades de crescimento. Os tratamentos com concentrações de inóculo a partir de 0,5 g/l apresentaram sintomas. Todos os tratamentos inoculados com o fungo, nas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biocontrole; Plantas aquáticas; Fatores bióticos.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-41582004000300007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do fotoperíodo e da temperatura na intensidade de doença causada por Fusarium graminearum em Egeria densa e E. najas Planta Daninha
Borges Neto,C.R.; Gorgati,C.Q.; Pitelli,R.A..
Um isolado de Fusarium graminearum vem sendo estudado na UNESP, campus de Jaboticabal, como agente de controle biológico de Egeria densa e de E. najas, plantas aquáticas submersas que causam problemas em reservatórios de hidrelétricas. O presente trabalho teve por objetivo estudar os efeitos do fotoperíodo e da temperatura no controle dessas plantas em condições de laboratório. A cada dois dias foram avaliados os sintomas nas plantas inoculadas com F. graminearum, atribuindo-se notas de severidade da doença, por um período de oito dias após a inoculação. Também foi avaliado o crescimento das plantas por meio do ganho de massa fresca, expresso em porcentagem. A maior severidade da doença foi observada quando ambas as espécies foram mantidas no escuro, e a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biocontrole; Plantas aquáticas; Fatores abióticos.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000300008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do fotoperíodo e da temperatura na intensidade de doença causada por Fusarium graminearum em Egeria densa e E. najas Trop. Plant Pathol.
Borges Neto,Carlos R.; Gorgati,Cláudia Q.; Pitelli,Robinson A..
Um isolado de Fusarium graminearum vem sendo estudado na UNESP, Campus de Jaboticabal, como agente de controle biológico de Egeria densa e E. najas, macrófitas aquáticas submersas, muito problemáticas em reservatórios de hidrelétricas. O presente trabalho teve por objetivo estudar os efeitos do fotoperíodo (0; 4; 8 e 12 h diárias de luz) e da temperatura (15 ºC, 20 ºC, 25 ºC, 30 ºC e 35 ºC) no controle destas plantas em condições de laboratório. A cada dois dias foram avaliados os sintomas nas plantas inoculadas com F. graminearum, atribuindo-se notas de severidade de doença, por um período de oito dias após a inoculação. Também foi avaliado o crescimento das plantas por meio do ganho de massa fresca, expresso em porcentagem. A maior severidade de doença...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biocontrole; Plantas aquáticas; Fatores abióticos.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-41582004000300002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Insetos aquáticos associados a macrófitas da região litoral da represa do Ribeirão das Anhumas (município de Américo Brasiliense, São Paulo, Brasil) Biota Neotropica
Peiró,Douglas Fernando; Alves,Roberto da Gama.
As pesquisas sobre insetos aquáticos vem sendo muito difundidas nos últimos anos. Entretanto, existem lacunas sobre o conhecimento de suas relações com macrófitas aquáticas. O objetivo deste trabalho foi analisar a composição e estrutura da entomofauna associada a seis gêneros de macrófitas da represa do Ribeirão das Anhumas (Américo Brasiliense/SP), avaliar as categorias funcionais tróficas dos insetos, comparar as similaridades faunísticas entre os períodos de coletas e entre as macrófitas através das analises PSC (similaridade) e ACP (Análise de Componentes Principais), além de estabelecer a relação entre peso úmido/seco das macrófitas e a fauna associada. Identificamos 1173 espécimes pertencentes a 26 famílias distribuídas em sete ordens. As macrófitas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Entomofauna aquática; Plantas aquáticas; Ambiente lêntico; Região Neotropical.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032006000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento florístico da comunidade de macrófitas aquáticas das grandes do PPBIO - RR. Repositório Alice
ARAÚJO, M. da C. R.; PAIVA, R. M. S.; PACOBAHYBA, L.; CHAGAS, E. A.; LOCATELLI, G..
2012
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Plantas aquáticas.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/949986
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Macrófitas aquáticas de ilhas flutuantes (baceiros) nas sub-regiões do Abobral e Miranda, Pantanal, MS, Brasil Acta Botanica
Pivari,Marco Otávio; Pott,Vali Joana; Pott,Arnildo.
A associação entre as formas biológicas flutuante e epífita, relacionadas a macrófitas aquáticas, constitui o que se chama genericamente de ilha flutuante. Esta denominação é aplicada ao estabelecimento de uma ou mais epífitas sobre indivíduos vivos de espécies flutuantes, como sinônimo de camalotal ou, ainda, para se referir à vegetação flutuante que se desenvolve sobre um solo orgânico em decomposição (histossolo). Realizou-se o levantamento das espécies presentes em cinco baceiros nas sub-regiões pantaneiras do Abobral e Miranda e o estabelecimento das similaridades florísticas entre estes, a fim de evidenciar aspectos da dinâmica sucessional de ilhas flutuantes. Foram encontradas 66 espécies de macrófitas aquáticas epífitas, distribuídas em 27...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Florística; Sucessão aquática; Ilha flutuante; Pantanal.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062008000200023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Macrófitas aquáticas do Município de General Carneiro, Paraná, Brasil Biota Neotropica
Cervi,Armando Carlos; Bona,Cleusa; Moço,Maria Cecília de Chiara; von Linsingen,Leonardo.
Foi realizado o estudo florístico das macrófitas do Município de General Carneiro, localizado no sul do Estado do Paraná, entre as coordenadas 26º 19' 37"/ 26º 26' 40" S e 51º 26' 51"/ 51º 19' 14" W. Os locais de coleta foram as fazendas São Pedro, São Pedro II, Santa Cândida e Lageado Grande, entre os Rios São Pedro, São João, São Manoel, Iratim, Lajeado Grande e Neno. Com a finalidade de se conhecer a flora dos rios e lagoas da região foram realizadas coletas aleatórias das macrófitas entre 2004 e 2006. Os exemplares encontram-se depositados no herbário UPCB e MBM. Registraram-se 45 famílias, 42 de angiospermas, 70 gêneros e 117 espécies. Os ambientes aquáticos são caracterizados floristicamente pelas Cyperaceae, representada por 22 táxons, o que...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Hidrófitas; Plantas aquáticas; Levantamento florístico; Cyperaceae; Poaceae.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032009000300022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Monitoramento de problemas com plantas aquáticas e caracterização da qualidade de água e sedimento na UHE Mogi-Guaçu Planta Daninha
Cavenaghi,A.L.; Velini,E.D.; Negrisoli,E.; Carvalho,F.T.; Galo,M.L.B.T.; Trindade,M.L.B.; Corrêa,M.R.; Santos,S.C.A..
Este trabalho foi realizado na UHE Mogi-Guaçu, pertencente à AES Tietê S.A. Levantamento de plantas aquáticas e amostragem de água e sedimento foram realizados em julho de 2001 (estação seca), novembro de 2001 (início da estação chuvosa) e março de 2002 (final da estação chuvosa). Foram feitas 846 análises de água e 516 de sedimento, avaliando-se 47 características da água e 41 do sedimento. Espécies marginais e flutuantes foram as principais infestantes do reservatório, merecendo destaque as espécies Brachiaria subquadripara, Eichornia crassipes, Polygonum lapathifolium, Panicum rivulare, Salvinia auriculata e Pistia stratiotes. A turbidez e conseqüente baixa transmissão de luz pela coluna d'água impossibilitaram o desenvolvimento de plantas submersas....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Qualidade de água; Sedimentos; Reservatório.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
pH foliar e deposição de gotas de pulverização em plantas daninhas aquáticas: Brachiaria mutica, Brachiaria subquadripara e Panicum repens Planta Daninha
Costa,N.V.; Martins,D.; Rodella,R.A; Costa,L.D.N.C..
A diversidade morfológica da superfície foliar existente entre as espécies de plantas e a presença de estruturas foliares, como tricomas, estômatos, cutícula e ceras, podem exercer grande influência na aderência e deposição das gotas de pulverização, assim como na absorção do herbicida. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho foi estudar, em plantas daninhas aquáticas emersas (Brachiaria mutica, Brachiaria subquadripara e Panicum repens), o pH foliar, bem como a área de molhamento de gotas de pulverização na superfície foliar adaxial e abaxial. O experimento foi conduzido no Núcleo de Pesquisas Avançadas em Matologia - NUPAM, pertencente à Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu/SP - UNESP. As plantas foram cultivadas em caixas d'água no campo,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Glyphosate; PH foliar; Adjuvantes e molhamento.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Remoção mecânica de plantas aquáticas: análise econômica e operacional Planta Daninha
Antuniassi,U.R.; Velini,E.D.; Martins,D..
A remoção de plantas aquáticas tem sido utilizada como opção ao controle químico e biológico, em razão de restrições ambientais em algumas regiões brasileiras. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um modelo para análise econômica e operacional da remoção mecânica de plantas aquáticas, visando realizar estudo econômico comparativo com o controle químico. A operação foi estudada num reservatório de uma usina de bombeamento em Barra do Piraí-RJ. O sistema consiste de retroescavadeiras instaladas em balsas, usadas para cortar as plantas e liberá-las no fluxo de água. Antes da tomada d'água existe uma barreira flutuante que intercepta as plantas, as quais são removidas por um guindaste fixo nas margens. As plantas são armazenadas por algum tempo e depois...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas aquáticas; Remoção mecânica; Custos.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582002000400004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso de imagens de radar para o cálculo da produção primária de plantas aquáticas nas várzeas da Amazônia Acta Amazonica
Costa,Maycira.
A área da planície de inundação da Amazônia é estimada em 300 000km² e sua produtividade primária em 1,17 x 10(14) g C yr-1. Deste total de área e produtividade, estimativas sugerem que 43% e 62%, respectivamente, são atribuídos às plantas aquáticas. Estas estimativas variam de acordo com o pulso de inundação. Por exemplo, durante o período de seca as plantas terrestres (herbáceas) geralmente ocupam áreas que apresentam plantas aquáticas na cheia. A área e a produtividade destes ecossistemas são informações essenciais para a compreensão da dinâmica biogeoquímica da Amazônia. Imagens de satélites (radar) combinadas com amostragem de campo foram utilizadas para estimar a biomassa e mapear a área de cobertura de plantas aquáticas emergentes para calcular a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Imagens de satélite radar; Produção primária; Plantas aquáticas; Várzea.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672005000200005
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional